Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

Hoje eu tô a fim de falar xD

Paciência!

1. O mês ainda nem acabou e já li 4 livros! O_o
Tô na fase "Stephen King Incansavelmente", já tem alguns meses. Recomendo todos, mas vou falar sobre o que eu acabei esses dias, "A Zona Morta".


Com certeza quem ler isso já deve ter visto o filme ou a série que passava sob o nome de "O Vidente", se não me engano.
"A Zona Morta" conta sobre John Smith, um rapaz que um dia sofre um terrível acidente de carro e passa quase 5 anos em coma. Quando todos já perdiam as esperanças, ele acorda - e com uma estranha habilidade: ele podia ver o passado/futuro de quem o tocasse. Às vezes suas visões eram fortíssimas, mas ainda assim havia informações que ele não conseguia especificar, informações que ficavam perdidas no que ele mesmo chamava de "zona morta" do seu cérebro. Os médicos não conseguiam identificar o que o fez ter esse "poder"; muitos não acreditavam que ele realmente pudesse fazer isso, e muitos o evitavam, com medo. A v…

~♪~
Eu vi o mundo, ele era lindo
Mas então veio a chuva a arruinou tudo
Então eu tentei ser invisível
Isso era impossível
Mesmo para mim
Eu ri do amor
E foi um grande erro
Porque na falta disso
Eu o preenchi com ódio

Porque não há nada como o nada
É, não há nada como o nada absoluto

Eu tinha um cérebro para não pensar em nada
Mas então a chuva veio
E eu pensei demais
No mundo, como sempre
Eu caí profundamente num vazio
Tentei fazer com que tudo tivesse um sentido
Mas a chuva veio e bagunçou tudo

Porque não há nada como o nada
É, não há nada como o nada absoluto
Não há nada como o nada
Mas os meus dedos estão no gatilho
E eu vou desligar o mundo

Então o que me dá o direito de pensar
Que eu poderia jogar uma vida fora?
Mesmo que seja a minha
E o que te faz acreditar
Que você pode se afastar do amadurecimento?
Passando por cima de mim
Talvez perder ou salvar sua alma
É uma escolha de como você preenche o buraco

E a chuva veio...

Porque não há nada como o nada
É, não há nada como o nada absoluto
Não há nada como o nada
Ma…

Você Quer Ser Um Homem do Espaço?

~♫~
Não via seu rosto por aí desde que era criança
Você me traz de volta aquelas lembranças das coisas que fazíamos
Você se pendura por aí e sobe em árvores, fingindo voar
Você quer ser um homem do espaço e morar no céu?

Agora você tem não sei quantas contas pras pagar
E sei lá quantos filhos
E você já se esqueceu sobre as coisas que fazíamos
A cidade onde moramos te transformou num homem
E todos os seus sonhos foram lavados da areia

Mas está tudo bem, está tudo bem
Quem sou eu e quem é você para dizer o que está errado e o que está certo?
Você ainda se sente como eu?
Nós sentamos aqui e talvez então vejamos
Nós podemos conversar e achar coisas em comum
E podemos apenas esquecer sobre estarmos tristes
E podemos apenas esquecer da vida nessa cidade...

É engraçado como nossos sonhos mudam
À medida em que vamos envelhecendo
Você não quer mais ser homem do espaço nenhum
Você só quer o ouro
Os ladrões de sonhos estão só esperando
Mas se você quiser ser um homem do espaço, ainda há tempo

Mas está tudo bem, está t…

"I would like to leave this city
This old town don't smell too pretty and
I can hear the warning signs runnin' around my mind..."


Há coisa de um ano e meio atrás, eu ouvia essas linhas e pensava no quanto elas faziam sentido. Foi quando eu realmente virei fã do Oasis.




Sabem, acho que o fato de eu conhecer tantas e tantas bandas e, com isso, muitas músicas, é porque estou sempre à busca de alguma que me traduza. E, nessa época, percebi que o Oasis me traduzia. E ainda traduz... "Half The World Away" foi a primeira confirmação. E, no mesmo estilo, "Part of the Queue". Digo, não é aquela "descobri uma música feita pra mim!", mas sim "descobri uma banda feita pra mim!". Não é puxar saco... Muita coisa vinda dos Gallaghers me decepciona. Mas, ao mesmo tempo, quando o Noel (principalmente) abre a boca pra cantar, é... Não sei dizer, é uma sensação de paz imensa...!


Digamos que, ao perceber isso, naquela época, "esqueci" um pouco…