26/01/2009

"I would like to leave this city
This old town don't smell too pretty and
I can hear the warning signs runnin' around my mind..."


Há coisa de um ano e meio atrás, eu ouvia essas linhas e pensava no quanto elas faziam sentido. Foi quando eu realmente virei fã do Oasis.




Sabem, acho que o fato de eu conhecer tantas e tantas bandas e, com isso, muitas músicas, é porque estou sempre à busca de alguma que me traduza. E, nessa época, percebi que o Oasis me traduzia. E ainda traduz... "Half The World Away" foi a primeira confirmação. E, no mesmo estilo, "Part of the Queue". Digo, não é aquela "descobri uma música feita pra mim!", mas sim "descobri uma banda feita pra mim!". Não é puxar saco... Muita coisa vinda dos Gallaghers me decepciona. Mas, ao mesmo tempo, quando o Noel (principalmente) abre a boca pra cantar, é... Não sei dizer, é uma sensação de paz imensa...!


Digamos que, ao perceber isso, naquela época, "esqueci" um pouco da depressão que me abatia. Acho que foi a pior de todas (perdendo apenas pra depressão de quatro meses, quando me mudei pra cá). Se bem que não seria muito certo dizer que "esqueci" da depressão; creio que passar dias a fio escutando os (então) 6 CDs que eu tinha do Oasis, um atrás do outro, e outra tarde ouvindo 8 vezes seguidas a mesma música (Acquiesce) não signifique um estado de melhora, haha. Mas me ajudou, sim, eu parava de pensar no quanto minha vida era desgraçada e comecei a concentrar toda minha ociosidade no Oasis.


Estar descontente com a cidade; reconhecer que, sem um ao outro, não somos nada; impor que o amor é necessário pra não enlouquecermos; a auto-confiança, o ode à juventude eterna, o "dane-se" a quem te odeia... Tá tudo ali. E é tudo o que eu procurava, num lugar só.

E, pra demonstrar o quanto o Oasis indiretamente me deu forças pra que eu conseguisse terminar a faculdade em paz (?), no dia do baile entrei ao som de Supersonic.


:D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!