Pular para o conteúdo principal

Pandora: a Primeira Grande Gansa

("ganso" é como a gente chama aquela pessoa que se mete onde ninguém chamou u.u)

Entre um Stephen King e outro, resolvi dar uma folga no suspense pra ler um pouco sobre Mitologia. Não que as Mitologias Grega e Romana sejam assim contos de fadas, sem tragédias nem conspirações, mas pelo menos são história e história é cool.

Enfim, mal comecei a ler o livro e já tô deliciada com a quantidade de informação legal. Vou dividir com vocês a lenda de Pandora e sua famooosa caixa - que nem dela era...


Pois então, a história começa com Prometeu e Epimeteu, irmãos, deuses. Ambos estavam encarregados de criar o homem e dar a ele o que fosse necessário para que fosse superior aos outros animais, além de garantir que os animais conseguissem ser preservados. Epimeteu ficou de fazer o serviço, e Prometeu de aprovar ou não. Então Epimeteu, saltitante e serelepe, caprichou na obra - deu ao homem coragem, força, rapidez e essas coisas, além de acessórios que hoje em dia já saíram de linha, como asas em alguns, garras em outros, até uma carapaça num outro e tal. Mas quando chegou a vez de turbinar o homem, Epimeteu viu que já tinha gastado tooodos os recursos que tinha. Então ele foi desesperado pedir ajuda ao irmão Prometeu, que foi com deusa Minerva (Sabedoria) até o céu e pegou um pouco de fogo, e o levou para o homem. Assim, o homem se tornou o único animal capaz de manipular o fogo - para subjugar animais, fazer ferramentas, aquecer a moradia, cunhar moedas e o escambau, o que o tornava superior em relação aos outros animais.

Tá, e o que Pandora tem a ver com isso tudo?

Pandora foi um presente de grego (trocadilho infame, HAHA) para os irmãos.

A lenda diz que Júpiter, o todo-poderoso dos deuses romanos, a fez e a mandou como castigo a Prometeu e a Epimeteu para puni-los pela ousadia de roubar o fogo do céu, e também ao homem, por ter aceitado. Ela foi a primeira mulher criada, e cada deus contribuiu um pouquinho para aperfeiçoá-la - Vênus a deu beleza, Mercúrio a deu persuasão, Apolo deu a música e etc etc etc. Assim pronta, foi oferecida a Epimeteu, que aceitou, embora seu irmão tivesse dito para que ele tomasse cuidado com os presentes de Júpiter.

Epimeteu tinha uma caixa onde guardava algumas coisas que ele não usou na criação do homem - coisas malignas, sentimentos ruins e doenças. Aí um dia a Pandorinha curiosinha e intrometidinha foi abrir a caixa pra ver o que tinha dentro, e então... Tchau, coisinhas malignas! o/


(Prometeu diz: "Puta que pariu, Pandora, que foi que tu fez?")

Tudo escapou da caixa e se espalhou pela terra, e quando ela conseguiu fechar a caixa, tudo o que ainda restava lá dentro era apenas a Esperança. Ou seja, moral bonitinha da história: Não importa o mal que nos ameace, a Esperança nunca nos deixa e, enquanto a tivermos, nenhum mal nos torna inteiramente desgraçados. Lindo, né? :)

Essa coisa de "primeira mulher" só dá em merda, não importa a religião, já repararam? Pandora, Eva... tudo a mesma coisa. Bicho curioso, essa tal de mulher.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:
BULFINCH, Thomas. "O Livro de Ouro da Mitologia: histórias de deuses e heróis". 27 ed.Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…