31/05/2009

Scotty ♥



Guitarrista/trompetista/vocalista do Reel Big Fish, vocalista/tecladista do The Littlest Man Band, Scott hoje completa 32 anos :)

O que eu tinha a dizer sobre ele, já disse aqui. Hoje, fiquem com esta música do The Littlest Man Band:

Always Sayin'

There's not a lot of difference between a foxhole and a grave
And knowing that you dug your ditch and climbed in anyway
Touch gloves take your corners and come out fighting when the bell rings
You don't get more points for all your suffering

So you closed your eyes and dreamed your heart to a safer place
And smiled for awhile with a brand new style and a change of pace
What a beautiful cover, a talk show makeover, and you'll lose some weight
But if you wanna get well, then why the hell do you hesitate?

Listen to yourself, the King of Hypocrites
Who do you think you are? You ain't fooling shit
But if you keep preaching then you might just believe it

[chorus]
You're always saying that it's all going better
Well, I've seen you and it needs to
God, I hope it's all going better for you
And you're saying that it tastes so much sweeter
Well, I've been there, and it's bitter
God, I wish I could feel sorry for you

A few bridges were burned while your back's been turned
But hey, that's life
You're getting used to the sickly, thick fog of indifference and you think that's alright
You don't need nobody to hold your hand
You don't need nobody, you're the littlest man
'Cause you don't trust anybody

There's still a withered sould that's now filled to the brim
With speeches you repeat that mean a lot to you
But not enough to get your ass off the floor and do it

[chorus]
You're always saying that it's all going better
Well, I've seen you and it needs to
God, I hope it's all going better for you
And you're saying that it tastes so much sweeter
Well, I've been there, and it's bitter
God, I wish I could feel sorry for you...


Pra quem curte um jazz, ouve aí :)



.

Não há muita diferença entre uma toca de raposa e um túmulo
E saber que você cavou sua própria vala e entrou nela, de qualquer maneira
Vista suas luvas, fique no seu canto e entre na briga quando a campainha tocar
Você não ganha mais pontos por todo o seu sofrimento

Então você fechou seu olhos e sonhou com um lugar mais seguro
E sorriu por um momento com um estilo novo e uma mudança de ritmo
Que linda máscara, uma maquiagem de TV, e você perdeu algum peso
Mas se você quer mesmo ficar bem, então por que você hesita?

Ouça a você mesmo, o Rei dos Hipócritas
Quem você pensa que é, não está enganando ninguém
Mas você continua pregando, então você deve acreditar nisso

[refrão]
Você está sempre dizendo que está tudo melhorando
Bom, eu tenho te visto, e na verdade precisa
Deus, eu espero que esteja tudo melhorando pra você
E você está sempre dizendo que agora tudo é mais doce
Bom, eu estive aí, e está mais amargo
Deus, eu queria poder sentir pena de você

Algumas pontes se queimaram enquanto você virou as costas
Mas, ei, está é a vida
Você está se acostumando à doente e espessa névoa de indireferença e acha que está tudo bem
Você não precisa de ninguém para segurar sua mão
Você não precisa de ninguém, você é o homem menor
Porque você não confia em ninguém

Ainda existe uma alma seca que agora está cheia até a borda
Com discursos que você repete e que significam muito para você
Mas não o suficiente para que você tire seu traseiro do chão e faça algo


[refrão]
Você está sempre dizendo que está tudo melhorando
Bom, eu tenho te visto, e na verdade precisa
Deus, eu espero que esteja tudo melhorando pra você
E você está sempre dizendo que agora tudo é mais doce
Bom, eu estive aí, e está mais amargo
Deus, eu queria poder sentir pena de você...

Sublinhado, alguns motivos pelos quais Scott tem um lugar especial nos meus conceitos :)

29/05/2009

Noel Gallagher, The Chief

(presente do pessoal maluco da rádio BBC, no último aniversário)

Há exatamente 42 anos atrás, na cidade de Longsight, em Manchester, na Inglaterra, ao som de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, nasce Noel Thomas David Gallagher (ok, não sei dizer com que peso nem altura).

Não vou me ater à biografia toda, porque ninguém vai ler. A infância difícil, numa família muito pobre da classe trabalhadora e com um pai violento; a adolescência problemática com drogas e pequenos furtos; a guitarra que ganhou da sua mãe; ser roadie do Inspiral Carpets; ser convidado pelo irmão mais novo para fazer parte da banda Rain (que ele tomou pra si, assumiu o posto de compositor oficial, mudou o nome e deu outro rumo pr'aquela merda - e assim surgiu o Oasis \o/); ser famoso do dia pra noite, fazer muito dinheiro, gastá-lo de maneira altamente inapropriada ("gastei libras e libras em carros e piscinas... Mas não sei nadar e nunca aprendi a dirigir"); o abuso de drogas nos 3 primeiros anos de carreira, a maneira como as largou sem maiores problemas (e continua livre delas há pelo menos 11 anos); casar, ser pai, se separar, casar (apesar de que não casooou oficialmente) de novo, ser pai de novo... E assim vai indo a vida de The Chief.

"Se a vida dele foi assim tão difícil, ele devia ser menos arrogante", ouço muita gente dizendo por aí. Não vou tomar posição em defesa dele ou do que ele diz ou faz. Muita coisa que ele diz me deixa frustrada, mas como fã que conhece e acompanha, tenho direito de arriscar alguns comentários.

Ponha-se na situação de alguém que num dia não tem nada, no outro dia tem tudo. Some-se a isso o fato de você não ser lá "instruído" o suficiente sobre como lidar com fama e dinheiro. O mundo todo exalta seu trabalho, te chama de gênio, lambe suas botas... Claro que você vai adorar isso tudo. Mas certas pessoas não sabem segurar a língua dentro da boca e soltam comentários dispensáveis, como muita coisa que Noel andou dizendo anos atrás que martelam até hoje na cabeça das pessoas... Coisas que atualmente não são mais ditas, coisas das quais ele já pediu desculpas publicamente, coisas que ele desmentiu, coisas que foram distorcidas. O grande problema nisso tudo é que, como todos sabemos, a mídia manipula. Clichê? Verdade! Botaram nas nossas cabeças que o "Noel Gallagher é um arrogante que só sabe falar mal de todos e se achar o melhor do mundo". Aí ele dá uma entrevista de meia hora falando de coisas mais relevantes, e o que a mídia faz? Divulga aquele momento, aquela frase fora de contexto que acaba com tudo. Não me refiro a uma única ocasião, mas a um geral que acontece até hoje. Noel tá envelhecendo, é uma pessoa madura, não tem mais nada a ver com aquele de 10 anos atrás. Acho que as pessoas deveriam deixar certas coisas em paz.



Um exemplo?

"Para mim, a música é algo muito pessoa e espiritual, vem de algum lugar da minha alma, está no ar... Eu não vou ao estúdio para provar que sou melhor guitarrista do que o Graham Coxon [do Blur] ou um compositor melhor do que o Thom Yorke [do Radiohead]. Eu acho que sou bom em muitas coisas, mas não brilhante. Sou um bom guitarrista, mas não ótimo, sou um bom letrista, mas não ótimo, tenho uma boa voz, mas não é grande coisa. Eu não sei porque existe essa conexão com as pessoas, não consigo explicar porque eles ficam o dia todo na frente do hotel gritando o meu nome. Mas também não posso julgá-los. Eu acho isso fascinante, porque não me vejo refletido na pessoa que eles veem em mim. Eles me veem como uma estrela, mas eu me vejo como uma pessoa bastante normal."

fonte: lanacion.com.ar, 06/05/09
[em entrevista concedida antes do show na Argentina, no começo do mês]


Aí né, não divulgam esse tipo de citação.

Não pretendo com isso tudo fazer com que vocês gostem dele nem nada. Expus fatos e só espero que alguns tipos de comentários viciosos diminuam... Conforme ficou bem claro na entrevista que ele deu ao Fantástico, algumas semanas atrás, ele ou a banda não precisam provar mais nada a ninguém. Não precisam de mais dinheiro e não precisam de mais fãs. Se ele ou a banda continuam fazendo o que fazem até hoje, é porque amam o que fazem, e somente isso. E, mesmo que atualmente nós fãs o estejamos chamando de "véia rabugenta" por causa de certas atitudes mal-humoradas de 'Mr. Monobrow' atualmente, ainda o amamos e esperamos o maldito álbum solo que ele já tá prometendo há anos ò_ó

.

Em tempo, o OasisNews disponibilizou hoje o download de 42 bootlegs do Oasis para download em altíssima qualidade, se alguém se interessar, corre lá. Pros da turnê acústica 'Noel-Gem' de 2006 eu pessoalmente sugeriria o de Toronto, mas não colocaram lá... Shame on you, Alisson!

De brinde, melhor resposta ever:
SPIN: Há muitas baladas clássicas do Oasis, mas às vezes as letras não estragam elas? “The Masterplan”, “Champagne Supernova”, “Don’t Look Back in Anger”. Você gostaria de ter usado mais tempo fazendo com que elas fizessem sentido? Noel: O que há de errado em “The Masterplan”?
Realmente, não vejo problema nela. Mas ri alto xD

Mentira. A melhor resposta ever foi esta:

Q.: What would you say to your fans if it was your last concert ever?
Noel: Ever?
Q.: Ever.
Noel: Ever, ever, ever? (pensa) "It was a f*cking pleasure. Thank you very much."




:)

28/05/2009

Uma nova canção (own *o*)

Seguinte, achei em alguns blogs uma brincadeirinha pra fazer com as músicas do seu player de escolha. Aquela velha história de colocar todas as músicas lá, deixar no modo aleatório e dar play. Nessa brincadeira, você teria que postar uma lista com as primeiras frases das 30 primeiras músicas que tocassem, sem pular, e seus amigos teriam que adivinhar que músicas eram.

Alterei as regras porque: 1) isso não tem graça e 2) ninguém saberia das minhas músicas porque eu tenho um gosto estranho por coisas desconhecidas em línguas exóticas. Então eu mudei o objetivo da coisa:

Você posta uma lista com as primeiras frases das 30 primeiras músicas que tocarem, sem pular, formando assim uma música nova \o/
Muito mais divertido. Fiz com a mano duas noites atrás e rimos muito; tem frases que deram muito certo juntas, e no final a "música nova" até acabava fazendo sentido.

Vamos lá para uma das minhas tentativas:

I was lost in this desert land
Like a ghost, emptiness haunted these years
Please wake me up, I feel like dreaming

She's got her halo and wings hidden under his eyes
These days everybody's got something to say to me
She opens up my bedroom's door
She's a killer, she's a keeper
If I needed someone to love, you're the one that I'd be thinking of

Is there a switch for that?
I'll tell you what you wanna know, but boy you better listen close
How can nobody play ska anymore?
What she said, she said to me, take me high on the montain side
Got some words I don't know, gotta sing a here I go

Is it my imagination or I have finally found something worth living for?
It took you seven years to learn my name
Maybe I would come and jump ship
I don't like you anymore
The graveyard is waiting

I need a message, I need a clue

Just closed your eyes, just got to sleep
Sixteen-years-old girl
Wake in the sweat again
Slipped through the front door

Who put the weight of the world on my shoulders?
It's over, I must have seen your face before

She called me late last night to say she loved me so
Stop making the eyes at me and I'll stop making the eyes at you
Please don't tell her I have a girlfriend

I hate the way that you've taken back everything you've given to me
Hold your head up high 'cause tomorrow you may die
Letra de efeito, não?
Segue abaixo a relação das músicas:

1. Desert Land, The Craftmen Club
2. Go West, Anti-Flag
3. Wake Me Up!, Elvis Jackson

4. Under The Gun, The Killers
5. My Life, The Forces of Evil
6. She Is..., Between The Trees
7. Ghostflowers, Otep
8. If I Needed Someone, The Beatles

9. Is There A Switch For That?, 1990s
10. Daddy's Eyes, The Killers
11. Fight, The Forces of Evil
12. Step Out, Oasis
13. The Kids Don't Like It, Reel Big Fish

14. Cigarettes & Alcohol, Oasis
15. Chinese Dogs, Dirty Pretty Things
16. Maybe I, The Littlest Man Band
17. I Don't Like You Anymore, The Last Shadow Puppets
18. The Choir, Arkells

19. My Sister Sam, Suburban Rhythm

20. And Forever, PAL
21. The Bright Lights of America, Anti-Flag
22. Given Up, Linkin Park
23. I'm Not The Sun, Arkells

24. Who Put The Weight of The World on My Shoulders?, Oasis
25. Untitled Track, Rx Bandits

26. Beer, Reel Big Fish
27. I Bet You Look Good on The Dancefloor, Arctic Monkeys
28. Please Don't Tell Her I Have A Girlfriend, Reel Big Fish

29. Going Nowhere, Oasis
30. Stand Your Ground, Rancid


Se alguém quiser fazer, faça! Às vezes sai cada coisa...

.

E aí, já viram o vídeo do post passado? Eu veria.

Bis bald o/

.

UPDATE

Vou colocar aqui a tradução, caso alguém boie :)

Eu estava perdido nessa terra deserta
Como um fantasma, o vazio assombrava estes anos
Por favor me acorde, parece que estou sonhando

Ela tem a auréola e as asas escondidos sob os olhos dele
Nos últimos dias todos tem algo a me dizer
Ela abre a porta do meu quarto
Ela é uma assassina, é uma guardiã
Se eu precisasse de alguém para amar, você seria aquela em quem eu pensaria

Existe um interruptor para isso?
Vou te dizer o que você quer saber, mas é bom você ouvir bem
Como pode ninguém mais tocar ska?
O que ela me disse me levou ao alto da montanha
Tenho umas palavras que não conheço, vou cantar um "lá vou eu"

É a minha imaginação ou finalmente achei algo pelo que vale a pena viver?
Você levou sete anos pra aprender meu nome
Talvez eu vá e pule do navio
Eu não gosto mais de você
O cemitério está esperando

Preciso de uma mensagem, preciso de uma pista

Acabou de fechar os olhos, acabou de dormir
Garota de dezesseis anos
Acordou suando de novo
Escorregou pela porta da frente

Quem colocou o peso do mundo sobre meus ombros?
Acabou, devo ter visto sua cara antes

Ela me ligou noite passada para dizer que me amava muito
Pare de olhar para mim que eu paro de olhar para você
Por favor, não diga a ela que tenho uma namorada

Odeio o jeito como você pegou de volta tudo o que me deu
Mantenha-se de cabeça erguida, porque amanhã você pode estar morto.


;)

27/05/2009

Andreas Crap

(queria muito saber porque ele foi escolher um codinome/nome artístico/nome científico -q tão não-condizente à realidade *pausa para babar*)


Último dos aniversários do OOMPH!, Crap (ou "o alemão bonitão", como minha mãe se refere a ele) completa 39 anos amanhã. Por que tô postando hoje? Porque amanhã tenho uma coisa engraçada pra postar, e depois de amanhã é um aniversário especial *.* Então xaráp e vejam o vídeo em que nosso amado salve-salve Andreas Crap mais sofre (acho que o motivo pelo qual gosto muito do OOMPH! é a total falta de auto-piedade nos vídeos):

(já adianto que o vídeo tem cenas fortes de violência, então se alguém frouxo por aqui não aguentar cenas explícitas de tortura... vai perder um vídeo muito bom xD)

OOMPH! Auf Kurs


.

Em tempo,

Hoje sonhei com um jacaré vermelho.
Alguém faz ideia do que isso possa significar? o.O

19/05/2009

Meme 5

(por que isso me lembrou do Mambo Nr. 5? :P)

Denny me passou, lá vamos nós o/

5 coisas de até R$ 5,00 sem as quais não posso viver:

• Canetas
• Gibis (dependendo do gibi, alguns custam mais :P)
• CDs virgens pra gravar coisas que eu baixo e não cabem no PC, rere
• Bobeiras engordativas, como salgadinhos ou bolachas, rere²
• Sucos em tardes quentes na rua :}

5 filmes favoritos:

• Jogos Mortais (SAW) - todos \o/
• X-Men - todos
• O Senhor dos Anéis - todos
• Madagascar - todos xD
• Filmes de terror asiáticos - todos hauhauhahu

5 músicas que adoro: (pqp)

Little By Little - Oasis (emocionante video ao vivo @ Finsbury Park, 2002)
Do Me A Favour - Arctic Monkeys (perfeito ao vivo @ Glastonbury, 2007)
Infected - Bad Religion (oficial)
S.R. (The Many Versions Of) - Reel Big Fish (versão exclusiva ao vivo @ House of Blues, 2003)
Be Safe - The Cribs (só áudio)

5 acontecimentos importantes da minha vida:

• Formatura em Ciências - Licenciatura Plena - Habilitação em Biologia (aposto que ninguém sabia que o nome todo do curso era esse, há xD)
• Show do Oasis em São Paulo xD
• Ganhar o Dig Out Your Soul numa promoção onde recebi mais de 150 votos de pessoas que não conheço, whoa \o/ (-q, foi um acontecimento feliz u.u)
• Foi mal, não consigo mesmo pensar em mais nada o.O

5 obsessões:

• Oasis @_@
• Reel Big Fish @_@
• Conhecer (e gostar de) bandas que ninguém nunca ouviu falar
• Lavar as mãos de 5 em 5 minutos
• Manter os posteres alinhados milimetricamente na parede.

5 lugares que quero conhecer:

• Canadá
• Alemanha ou Áustria
• Finlândia (e espero ver o Lordi na rua \o/)
• Itália
• Ok, Estados Unidos também seria legal.

5 fotos inspiradoras:









1. beatle-filosofia na estante do meu quarto;
2. Luiz no momento mais importante da minha vida;
3. Ingresso pro segundo momento mais importante da minha vida *.*
4. O que me proporcionou o terceiro momento mais importante da minha vida;
5. Só a foto mais estranha do Oasis ever, que me inspira gargalhadas xD

Das Ende.

17/05/2009

tonight I'm a rock'n'roll star ♪

Agora sim, falo do show.

(Denny, respondo sua maldição meme no próximo post!)

Dia 9 de maio de 2009, São Paulo, estacionamento do Anhembi.


Kérol e eu no ponto de ônibus esperando o Luiz chegar. Desencontro sucks, celular dando pau sucks, ônibus errado sucks. Luiz não chega, celular não pega, a gente pega o ônibus e vai. Será que o Lu não vai no show? Vai, sim. Ah, se vai.

E foi \o/
A gente chegou e ele já tava lá esperando :)

Como chegamos depois das 20h, já não havia fila na porta. Pulamos a parte mais emocionante. Já tinha começado a chover, vendedores de capa de chuva pra todos os lados. Kérol-Janaína preocupada com a carteirinha, e eu só preocupada em não assistir o show de binóculo. Tia-segurança me mandando esvaziar os bolsos. "Mas é só o troco do ônibus". "Desculpa, moça, são normas". Tudo bem, o que é um peido pra quem já tá cagado?

Dali a pouco, começa o Cachorro Grande. Ou como foi carinhosamente apelidado por nós, "Big Dog, a Banda do Vocalista Mudo". Fala sério, já tava chovendo consideravelmente forte, tudo o que a gente menos queria era aguentar instrumentais inacabáveis. Depois, deu pau no som e a gente só via a banda tocando, mas não ouvia nada. Foi bom, pelo menos dava pra conversar.

Aí eles saíram do palco, então começaram a tocar umas músicas legais, pra ir aquecendo a galera ensopada pela chuva. Bittersweet Symphony, do The Verve, God Save The Queen, do Sex Pistols... e muitas outras, mas não as guardei porque estávamos bastante preocupados com a poça d'água gigante sobre a qual nos localizávamos. E se caísse um raio ali? A gente tava bem do lado da antena...

Então, pontualmente às 22h, o Oasis entra no palco. Fuckin' in the Bushes. Vinheta com uma letra linda, quase escolhi ela pra tocar na minha formatura.
Quem entrou primeiro, não faço ideia. Por que todo mundo em São Paulo tem que ser mais alto que eu?

"Eu tenho um tênis da Wanessa Camargo :(", comento.
"G.G", me olha Kérol.
"É, ele tem um saltão plataforma, devia ter vindo com ele"
"Ah, bom o.O"

E como se não bastasse, os dois elementos na nossa frente eram trogloditas. Não, não trogloditas. Mas eram grandes e só faziam comentários desnecessários. Ah, como eu queria ver o palco... Mas dei uma de Robert nas fotos deles, então tive minha vingança :)

Lu gentilmente tirou as fotos por mim. Tava realmente dificil mirar o palco e acertar qualquer coisa que não fossem os holofotes. God save the telão, though. Deu pra ver o lindo modelito de mulher grávida do Liam.

"Qual é o problema entre o Oasis e São Paulo? Toda vez que viemos, chove". Também queria saber, Noel, sério :(

Aí a noite já começa nostálgica com Rock'n'Roll Star. Pulei 3 minutos e perdi o fôlego pro resto da noite. Maldita vida sedentária. Não. Eu ando 5km por dia, isso não é suficiente pra aguentar um show do Oasis?!

Aí vem Lyla ("antiga b-side", segundo algum jornalista ignorante que fez o review do show do Rio. Eu ri). Poxa, os caras da frente nem estavam cantando :(

Então vem The Shock of the Lightning, música do último álbum que eu sempre erro a letra (shame on me). Noel apresenta "the guy responsible for the rain", Jesus-- ops, Jay Darlington. Ah, o tecladista que parece Jesus :)

Depois o clássico dos clássicos só não tão clássico quanto Wonderwall, Cigarettes & Alcohol. Galera ficou louca. Assistir da pista rules, galera da área VIP só tava com medo de sair mal no telão (inclusive, lembrei agora da baranga da área VIP que apareceu no telão e o Lu muito sutilmente solta um "SAICU!". Eu ri de novo).

Então veio The Meaning of Soul, que é legal mas não precisava necessariamente estar na setlist. Aliás, essa música me fez lembrar da hora que alguém jogou algo na cara do Liam (coisa que eu só soube quando li as notícias no dia seguinte - nem ri. Ri sim, sem graça, mas ri), e ele disse algo como "... or you'll be wasting your time and wasting my time". Na hora, claro, a gente ali não entendeu. Legal mesmo foi o Noel ameaçar parar o show se continuassem jogando coisas e, como a gente não entendeu mesmo, geralzão gritando "UHUUUUUUUU \o/". Adoooro. Depois Liam dedicou a próxima música pra todos os "big guys", mas eu não lembro que música era, só lembro que não entendi, mesmo :P

Voltando, o palco ganha uma brisada iluminação verde e vermelha, pra começar a brisada To Be Where There's Life. Foi brisado.

E então finalmente a emoção maior do show, primeiro momento onde Noel assume os vocais. Acordes iniciais de Waiting For The Rapture, um "ownnn!" da Kérol e aquela voz apaixonante do Noel com o seu "I still don't know what I was waiting fooor...". Ownn, Kérol. Ownn mesmo! "Melhor música do show", solta o B1 na nossa frente. B2 olha e concorda, "Já posso morrer".


E pra emendar, lá vem The Masterplan. Galera louca. Foi emocionante, muito. "Não, essa foi a melhor música do show", retifica B1. "Agora sim, já posso morrer", junta o B2.

Então Liam volta com Songbird, o que me fez lembrar da conversa com a Kérol, na noite anterior. Sobre o video, sabem. Cabelo estranhão do Liam.

Aí veio o que eu achei a melhor música do show todo. Aqui vou perder a compostura e me empolgar mesmo. Slide Away. Nunca tinha dado muita importância a essa música, apesar de ser uma balada indiscutivelmente bonita. Só que ouvi-la em meio a 25 mil pessoas cantando em uníssono, todo mundo em volta de você emocionado e, putz, ver que todo mundo, não só você, prefere cantar os backings do Noel no final, ao invés do Liam repetindo "sliiiide awaaaay" até acabar... Meu, aquela galera toda cantando, gritando, chorando "don't know, I don't care, all I know is you can take me there" e daí só "take me there, take me there, take me there" cada vez mais empolgada, valeu pelo show todo!! Vai ser definitivamente a música que vai me fazer lembrar do show, sempre que a ouvir.

Então as coisas animam de novo com Morning Glory. Achei cool que até o som do helicóptero tava lá. "Os hómi, os hómi!". Não.

Depois, Ain't Got Nothin', que sempre vai me lembrar da época que ela vazou na internet e todo mundo falou mal. Ver a galera pirando com ela no show foi no mínimo controverso. Here's a song, sing along ♫, ele diz. E não é que funciona? Mas ainda acho que, do cd novo, eles podiam ter tocado Bag It Up ou The Turning. Enfim. "Igual no rádio!!!", grita o cara atrás de mim. Toca Ain't Got Nothin' no rádio? o.O

The Importance of Being Idle. Lembrei da minha mãe, ela adora essa música. E também é o meu vídeo favorito do Oasis.

I'm Outta Time sem "na nana nanaa..." no começo. Mas teve os isqueiros que a galera combinou no Orkut, e um princípio de incêndio, também. Foi rápido.

Então chega o momento esperado por pelo menos 50% dos presentes ali. Wonderwall. "ESSA EU CONHEÇO!!!", grita o mesmo fulano atrás da gente. Ironia?
"Pensei que essa música fosse do Jay-Z", diz o Lu. Precisava me lembrar? u.u

Depois o outro clássico, Supersonic. Música que vai eternamente me lembrar da formatura. Alguém muito empolgado lá atrás, "No one's gonna tell you what I'm on abooooooout!!!", assim mesmo, gradualmente. "O_o ... o_O", Kérol e eu nos olhando.

Aí o show acaba. Mentira. A banda volta pro palco. "Oooh, que surpresa!!", o mesmo cara. Oasis é tão previsível... Isso que dá manter a mesma setlist pra turnê inteira, acostumem-se a seus fãs serem sarcásticos :)

Don't Look Back in Anger. Acústica. Lembrei da mamãe de novo. "Essa música é tão linda... do que ela fala, Manu?". "Ahn... de nada :(". Nada contra versões acústicas, ainda mais do Noel, mas meu sonho era ver DLBIA ao vivo na versão original, com os solos poderosos e a galera fazendo reverência pro Noel (alguém lembrou do Familiar to Millions?). Mas foi lindo do mesmo jeito.

Falling Down, total psicodélica. Adoro. Perfeita ao vivo.

Então o momento exorcismo do Luiz, Champagne Supernova. "Champagne Superlu". Gay né? Culpa dele *aponta pro Luiz*. Foi linda, linda, linda. Mesmo com a gente avacalhando o refrão. "Why, why, why, why... trem!". Roça mode on.

E pra encerrar, o cover nunca antes tocado e acabei de ser irônica de novo I Am The Walrus. Essa música sempre me fez e sempre me fará pensar em sobre como o Liam tem a capacidade de errar a letra de Acquiesce e nunca errar esta, que nem ao menos é deles e tem uma das letras mais complexas que já ouvi. Cover perfeito. Piração típica do Noel ao final, como de praxe. E o sonho acaba :(

Fomos embora cantando ♪ Braziiiil, my brazilian Braziiil...



Considerações finais sobre tudo?

Oasis é perfeito ao vivo. Pelo menos foi nessa noite. Nada de errar letras ou acordes ou mudanças bruscas ou imprevistos, embora tivessem tentado. Me pego me perguntando o que faz uma pessoa pagar 400 reais pra ficar em frente ao palco só pra jogar algo na cara do vocalista e ameaçar acabar com tudo.

Os dois foram super comunicativos - entendam por "super" o fato de todos nós sabermos que eles não são de muitas palavras on stage. Conversaram, fizeram gracinhas e sorriram. A galera da pista tava representando muito bem a galera. Foi o show mais tranquilo da minha vida.

Baterista novo dá show à parte. Tomara que demorem a mandá-lo embora. Posto de baterista ali é instável, todos sabemos. Best of luck, Chris Sharrock o/

.

Enfim, post gigante. Ainda assim, sei que esqueci de dizer muita coisa agora. Entendam que foi um acontecimento muito importante pra mim, e passaria por tudo o que passei até esse dia de novo. Obrigada de coração a todos que contribuíram pra que esse sonho desse certo. ♥

p.s.: ainda tô esperando o Liam terminar aquela frase...

06/05/2009

Flux

Ando tão ansiosa pra viagem amanhã que esqueci completamente do meu careca favorito :(

Mês passado, no post do Dero, eu disse que com ele começavam os aniversários relacionados ao OOMPH!. Então, ontem foi do Robert Flux, guitarrista, programador e careca oficial da banda :)


Entra ano, sai ano, Flux não muda absolutamente nada. Fez 42 anos e continua com a mesma cara de sempre o.O

Não tenho muito tempo hoje, preciso arrumar as coisas pra viagem, mas deixo como brinde um vídeo do OOMPH!, que, na minha opinião, é a banda com os melhores vídeos ever. Flux como sempre fazendo cara sexy ;D

Die Schlinge, por OOMPH! (feat. Apocalyptica)

OOMPH! Die Schlinge


(amo essa letra, qualquer dia posto aqui com a tradução)

Bis bald o/

04/05/2009

Supernatural. É, tipo... sobrenatural @_@

Trocadilho infame de segunda-feira, oe o/

Ontem terminei de ler a série Origins, do Supernatural, que foi lançada em gibi.


Como é de se esperar em uma série chamada "Origins", nesses 6 gibis são esclarecidos alguns fatos que ainda não sabemos só pelo que passa na TV (e eu muito menos, já que assisto pelo SBT, nas madrugadas de quarta-feira - segunda temporada, ainda!!).

Por exemplo, quando e como John Winchester conhece a vidente Missouri, o reverendo Jim e a Hellen, dona do bar onde os caçadores se encontram; como ele se torna um caçador do sobrenatural, quais são os primeiros trabalhos dele (e como era ruim de mira, gzuis); e inclusive de onde começou esse gosto do Dean (baba) pelo rock'n'roll :P Isso tudo há mais de 20 anos atrás, logo após a morte de Mary.

Você encontra a série completa pra download aqui, no blog do Coringa, traduzida. Pra quem é fã, que nem eu, que fico acordada até as 2h da manhã em pleno meio de semana só pra assistir um episódio que os sortudos que têm TV por assinatura já assistiram há eras, vale muito a pena :)

.

Contando as horas pra viagem *.*