28/06/2009

Uma análise sobre a morte - ou não.

Boa segunda, pessoas estranhas! o/

Ontem, lendo o post interessante que o Lu fez, me senti inspirada pra falar de algo que se tornou banalizado - a Morte. "Credo, Manu, pra que falar disso?". Vou dizer por quê.

Estamos cercados de Morte, todos sabemos. Pessoas morrem todos os dias. Animais morrem todos os dias. Plantas morrem todos os dias. Nossos bichinhos de estimação, nossos parentes, nossos ídolos, nossas plantinhas do jardim. Essa semana o mundo só fala da morte de Michael Jackson... Quantas outras pessoas morreram naquele dia, doentes, em guerras, assassinadas? O cachorrinho de alguém morreu ontem... Quantas focas estão sendo mortas à pauladas na Noruega por causa do novo esporte que é moda agora por lá? A violeta da vovó secou e morreu... Quantas árvores estão sendo arrancadas, cortadas e queimadas todos os dias, pra nos dar coisas que duram determinado tempo, e depois nem foram repostas para nos dar o que poderiam nos dar pra sempre?

Como veem, tem muito mais morte nos cercando do que imaginamos. E com o homem já nasce o medo natural dela. Acredito que o homem tenha medo da morte porque é o desconhecido, e o desconhecido assusta. Por isso pessoas procuram religião ou algo em que acreditar - não é para educar e direcionar a alma a algo bom, não é pra aprender a ser bom e muito menos pra ser bom com os outros. É única e simplesmente por medo do que vem depois. Céu, inferno? E se acharem que fui mau e eu for pro inferno sofrer pela eternidade?

Não vou me aprofundar muito nisso, pois cada um tem suas próprias opiniões e crenças; e o post também ficaria mais longo do que eu queria, afinal pretendo abordar um outro aspecto da morte.

Quando eu disse que a Morte é banalizada, me refiro à cultura que temos - filmes, brincadeirinhas que fazemos uns com os outros e, especificamente agora, na música. Todos nós aqui conhecemos pelo menos meia dúzia de músicas cujo tema principal é a Morte. Eu tenho o que posso chamar de "algum considerável repertório" de músicas na cabeça, que eu goste ou não, que se tratam disso, independente de que gênero for. Lógico que o gótico e o emo são os mais frequentes mas, se pararmos pra pensar, o tema é geral na música. Afinal, quem nunca ouviu uma música dizendo "se você não voltar, eu morro"? "O que vai ser de mim quando você morrer?", "O que vai ser de você quando eu morrer?", "Eu me odeio e quero morrer" (Nirvana oe), "Eu te odeio e quero que você morra"... Banalizado. Aí alguém morre e o mundo fica chocado, oh.

Alguns tentam ser mais profundos e analisar aspectos pós-vida. Mas, de todas as músicas que conheço e que consigo me lembrar agora, existe uma que fala exatamente sobre o que eu penso a respeito. Chama-se "Would You Be Impressed?", da banda Streetlight Manifesto. O Streetlight Manifesto se tornou uma de minhas bandas favoritas não apenas pela musicalidade, mas principalmente pelas letras reflexivas sem ser hipócritas. Gostaria que vocês lessem aqui a tradução:

Vocês ficariam preocupados se eu os dissesse que estamos morrendo?
E toda a cura que eles nos deram era uma mentira?
Oh, eles estão falando sério quando dizem que estamos mortos e condenados
E que cada sintoma nos leva para mais perto da tumba
E quem é que vai levar o crédito pela nossa rápida queda iminente?,
Porque a culpa não é minha.

Vocês ficariam impressionados se eu dissesse que os mortos vão nos ajudar a contar
Cada momento que desperdiçamos nosso tempo?
Todo o tempo que gastamos vacinando essa doença
Eu fico pasmo quando penso em todas as maneiras como tentamos esconder nossas doenças
Nós bebemos, comemos e tudo fica bem
Porque a culpa não é minha.

Agora vocês estão preocupados porque finalmente perceberam
Que tudo o que vocês tinham está descendo pelo ralo
Oh, vocês estão mesmo falando sério quando imploram, rezam e suplicam?
Os seus "medêissomedêissomedêissomedêisso, e tudo o que precisamos"
E o que, por favor me diga, vocês irão choramingar quando chamarem o seu número?
Vocês dirão "A culpa não é minha".

Vão! Agora! Os outros estarão esperando por vocês
E cada um entre vocês vai ter a sua vez
Como mariposas que voam para a chama, sempre termina assim
Vocês gritam: "Não eu! Leve qualquer outro!
Porque a culpa não é minha!"

Tive um sonho, noite passada, onde todos estavam tentando
Subconscientemente eu sabia que era uma mentira
E quando eu acordei eu sabia que era hora de rezar
Pra dar satisfações antes do fim, antes do dia do meu julgamento
Eu olhei em volta, fiquei sozinho, sabia o que deveria dizer
Eu disse "É tudo culpa minha".

Livre para interpretações, como a música deve ser. Na minha opinião, só sabemos rezar pra pedir e, quando a coisa complica, estamos sempre "tirando o nosso da reta". E, mesmo que alguns possam interpretar a música pra um lado religioso (o que eu sei que não é o caso, comparando a outras da mesma banda), também acho que devemos ter no que acreditar. Não digo seguir uma religião, mas ter no que acreditar nos dá oportunidade para repensar nossos próprios atos, para depois podermos morrer com a consciência tranquila.

Aqui segue a música e a letra original logo abaixo, caso queiram ouvir e acompanhar. Já aviso pra que não se assustem se parecer "festivo" demais para o tema - mas isso faz parte do estilo :)



.

Would you be upset if I told you we were dying?
And every cure they gave us was a lie?
Oh! They mean it when they say we're dead and doomed
And every single symptom brings us closer to the tomb
And who will take the credit for our swift impending fall?,
Because it's not my fault.

Would you be impressed if I said that the dead would help us counting
Every single moment that we waste our time?
All the time we're spending vaccinating this disease
I just get dizzy when I think of all the ways we try to hide our maladies
We wine, we dine, and everything is fine
Because it's not my fault.

Now you're upset because you finally got the notion
That everything you had is spinning down the drain
Oh! Do you mean it when you beg and pray and plead?
Your "Giveittomegiveittomegiveittomegiveittome, all those things we need"
And what, pray tell, will you whimper when your number will be called?
You'll say "It's not my fault".

Go! Now! The others they'll await you
And every single one among the lot of you will have your turn
Ai Ai Ai, Oh Oh Oh
Like moths that fly into the flame, it always ends up so
You scream: "Not me! Take anybody else!
Because it's not my fault!"

I had a dream last night where everyone was trying
Subconsciously I knew it was a lie
And when I woke I knew it was time to pray
To make amends before the end, before my judgement day
I looked around, I stood alone, I knew what I had to say
I said "It's all my fault".


.

E é isso. Mals pelo post enorme, mas espero que alguém tenha tido paciência pra ler e, se quiserem dizer algo a respeito, com certeza lerei :)

O de sempre - com comentários!

o que eu acredito ser a melhor parte, diga-se de passagem ;*

Domingos me deixam ansiosa, por isso apelo pra essas coisas que ninguém lê... Gasto tempo me distraindo e ouvindo música, que é o que mais gosto de fazer. 'Bora pra mais um iTunes shuffle:

iTunes, como sempre, me dando medo.

.

1) Qual é o seu nome? Ou como ele deveria ser?
Insatiable Two [...And You Will Know Us by The Trail of Dead]

uie

2) Como vai sua vida?
Look What You've Done [Jet]

culpa de vocês u.u -n

3) Qual seu apelido?
This House is a Circus [Arctic Monkeys]

sou a palhaça da casa :B

4) Qual é sua música tema?
My Imaginary Friend [Reel Big Fish]

sim, sou amiga imaginária do Geebz e vice-versa *o* dãr.

5) Qual é a música tema dos seus amigos?
Forever [Fuel]

olha, acho que nem é :B

6) Em que sua vida está se tornando?
Creep [Radiohead]

mas já é :(

7) Você vai se casar?
18 Inch Ruler [Suburban Rhythm]

opa, e não vai ser com qualquer um ;x HUAHUAHAHUA

8) Terá filhos?
Big Star [Reel Big Fish]

não dará tempo, serei uma grande estrela 8)

9) Qual será sua profissão?
Fight [The Forces of Evil]

serei lutadora profissional de Muai Thai

10) Quem é seu melhor amigo?
Abandon Ship [Less Than Jake]

todos desertores? ;~

11) Quem é ou será sua outra metade?
Le Monde Est Silencieux [Second Sex]

algo me diz que me deixarão no vácuo õ.Ó

12) Como você morrerá?
Heart of the City [Arkells]

na Pecuária!! NÃÃÃÃO!!! *corre*

13) Como você se sente agora?
Beer [Reel Big Fish]

não preciso desses artifícios pra me sentir assim u.u

14) Qual sua música favorita?
Wrong Bed [The Littlest Man Band]

nem é, mas é uma música bonita :)

15) Como descreveria seus pais?
The Guilt [The Rakes]

culpados de tudo -n

16) Como descreveria seus melhores amigos?
I Can't Get Around [The Craftmen Club]

nem consigo chegar perto deles :(

17) Como se descreveria?
Infected [Bad Religion]

\o/ -q, só curti a música HUAHAU

18) Qual sua melhor qualidade?
The State of Florida [Less Than Jake]

sou dona -q

19) O que você será/deveria ser?
D'You Wanna Be a Spaceman? [Oasis]

HAUHAUAAHUAHUAH pode ser

20) O que te dá raiva?
Dateless Losers [Reel Big Fish]

é, aí ficam achando que eu vou quebrar o galho deles u.u

21) O que te deixa triste?
Main Street Electric [Reel Big Fish]

entendi não, mas que o Calçadão anda uma tristeza ultimamente, anda

22) O que te deixa feliz?
Your Bones [The Datsuns]

AUHAUAHUAHUA adoraria estudá-los ;x

23) O que te faz dançar?
Hippy's Son [Dirty Pretty Things]

nem faz u.u

24) Qual sua cor favorita?
Blue Hawaii [Suburban Rhythm]

OOOOLHAAA!! *o*

25) Quem é seu pior inimigo?
Boy With The Blues [Oasis]

coitado, nem é :~

26) Quem você odeia?
She's Electric [Oasis]

mulheres assanhadinhas u.u

27) Quem você ama?
No Champagne Socialist [Arkells]

quem não bebe *o* hauahuah

28) Termine as frases:
***Eu gostaria de (ser/estar)...
... Back in Town [The Craftmen Club]

ô, se queria :(

***Eu quero (ser/estar)...
... Jealous Guy [John Lennon]

na verdade... nããão.

***Eu quero matar...
... Eleanor Rigby [The Beatles]

HUAHAUHAUAHUA coitada! Se bem que, desgraçada do jeito que é... seria até um favor.

***Eu quero estar (em)...
... One Million Miles an Hour, Fast Asleep [Rx Bandits]

*corre*

***Minha cabeça (é/está)...
... Maybe I'm Wrong [The Forces of Evil]

confusa, resumindo HAUHAHUA

***Eu sou (estou)...
... Luna Park [Trail of Dead]

muito prazer 8)

***Minha melhor qualidade é (de novo? õ.o)...
... I Believe in All [Oasis]

além de ser dona da Flórida, claro.

***Meus olhos são (estão)...
... In Her Drawer [Rx Bandits]

G.G

***Meu cabelo é (está)...
... Girls Like Mystery [The Cribs]

ou seja, ninguém entendeu ainda o que eu tô tentando com esse cabelo HAUHA

***Meu rosto é (está)...
... Zu schön [Pornomat]
("muito bonito")

aaai, 'brigada iTunes *o* HUAUAHAHUUAH

***Você deveria (ser/estar)...
... Don't Care [The Briggs]

realmente u.u

29) Aleatório:
New York, New York [Frank Sinatra cover - Reel Big Fish]

start spreading the news ;*

30) Palavras de sabedoria:
The Word [The Beatles]

have you heard the word is "love"? ♫

.

Podem ir embora agora u.u
:~

Provavelmente meu post mais retardado ever


Mas hoje meu amorzinho completa 4 anos aqui com a gente e eu não podia deixar de falar dela *o*

4 anos só, e parece uma eternidade. Me lembro quando meu pai a trouxe, ela já devia ter uns 3 ou 4 meses - filhotona, sem noção e destruidora. Perdi a conta de quantas coisas a Akira destroçou nas primeiras semanas aqui em casa, eu até a chamava de 5º Cavaleiro do Apocalipse - O Cavaleiro da Destruição em Massa. Aí pouco tempo depois ela 'engravidou' e sossegou um pouco... Sossegou e engordou, e continua engordando até hoje, oee o/

Medrosa que nem a mãe -q
Não deixa ninguém dar banho nela, só eu. Aí ela encosta a cabeça na minha barriga e fica completamente imóvel até eu terminar. Apanha dos gatos e não faz nada. Qualquer barulho mais alto que faça lá fora e ela corre pra baixo da pia da cozinha. Não sabe lamber, me dá 'beijinhos' com fungadas. Odeia saia longa e tecidos esvoaçantes, ela avança mesmo. Tá com um hábito péssimo de morder os pés de qualquer pessoa diferente que chegue aqui - mesmo que essa 'pessoa diferente' venha frequentemente... E desde uns dois dias atrás agora tá com uma mania estranha de andar arrastando a barriga na grama õ.o

Meu bebezão, Akirinha *o*
Minha fedorenta mal-humorada e bizarra. Que eu amo xD

.

Falei que o dia ontem tava chatinho, mas à noite foi bem divertido. Manu dando altos foras em público, já tava sentindo falta disso! :D

("Tchaaau, gente!" - "Tchau moça, volte sempre")

"Manu hoje tá brava, hein? Jeeesus". Ah gente, acho que eu tô só feliz. Vai saber.

27/06/2009

A palavra é: Escócia.

De boa, cambada?
Fim de semana chatinho, única coisa emocionante que fiz hoje foi jogar Uno o/

.

A parada de hoje era abrir um dicionário e postar alguma coisa (qualquer coisa, lembrança, foto, música, o escambau) que tivesse a ver com a primeira palavra que você visse. Catei o dicionário de inglês/português (e vice-versa) mais próximo e abri em "Escócia".

Tenho duas memórias específicas com Escócia; são elas:

1.Não dá pra ver muito bem (fui resgatar essa foto lá dos confins do arquivo do meu fotolog), mas este é um presente que ganhei do Dougie, meu amigo lá da Escócia, no começo do ano passado.

Dougie é meu amigo de SomeMightSay, fórum oficial do Oasis. Sempre conversávamos sobre o Noel, particularmente, pois ele é o cara mais obcecado pelo Mr. Monobrow que eu jamais conhecerei nessa vida! (Pra vocês terem ideia, ele escreveu uma biografia sobre o Noel, que ainda não pode ser publicada - e adivinhem qual é o nome do filho dele?). E falando sobre a turnê acústica que o Noel e o Gem fizeram pelo mundo, em 2006, pra divulgar o Stop the Clocks, comentei que nunca tinha ouvido nenhum dos registros da turnê - ele, pasmo, disse que me daria o bootleg original do show em Toronto que, segundo ele, é o melhor disparado.

E deu mesmo, é esse aí da foto - "Little Things That Make Me So Happy", Noel e Gem @ Toronto, Canadá - novembro/06. Podia fazer um post inteiro falando só desse bootleg. Noel tava meio espírito de porco esse dia e ficava fazendo gracinhas entre uma música e outra - fora o chato-mor da plateia gritando toda hora "TOCA ROCKIN' CHAIR!!!". Histórico. Não há vídeos de boa qualidade dele pela internet, só os do show em Paris, que não tava engraçado que nem esse :(

.

2. A banda escocesa The View, sobre a qual comentei ainda esses dias. Diz lá se o sotaque não é engraçadinho? :D



♫ chóc, chóc óror!
e
♫ a fiu sóre fóriô mân...

.

Bjo na bunda, mas volto amanhã ;*

26/06/2009

Sucessão de acontecimentos bizarros

e "sucessão" não é um sucesso grande! :O

Pois é, né... Dia ontem foi bizarrão.

Primeiro morre Farrah Fawcett, ídola da minha mãe desde que me entendo por gente... Aí o Gugu assina contrato com a Record, depois de 28 anos no SBT, pelo 'mísero' salário de 3 milhões. Aí do nada o Michael Jackson morre. Como assim?! Michael Jackson não é o tipo de pessoa que se esperasse que fosse morrer õ_Ó

... Agora quem sabe ele realize seu sonho de ser zumbi :( -n

Enfim.

Precisei ir ao dentista hoje, coisa de rotina (rotina da qual já não participo há dois anos oee). Aí o dentista me diz (DE NOVO, apesar de que era outro dentista):

- Precisa de aparelho, hein? Que arcada mais torta o.O

Obrigada, doutor, me sinto bem melhor sabendo de mais essa -.-"
Saiba que minha arcada será muito mais útil como está agora, caso meu avião caia e precisem reconhecer meu corpo u.u

E ainda quer arrancar meus sisos - NINGUÉM ENCOSTA NOS MEUS SISOS!! Devo ser uma das únicas pessoas do mundo que (ainda) tem os quatro!!! Ò___Ó
Vou te contar, parece que todo dentista é tarado por siso, eles veem um siso e os olhos brilham - "Siiiiso, arrancaaar :B" *babando* [/zombie]

.

Por que hoje eu acordei com Boys Don't Cry na cabeça? õ.o

25/06/2009

10 músicas


Enquanto não tenho nada útil pra escrever e me sinto entediada/impaciente, vou postando essas coisas que cato de blogs alheios e assim vou enchendo o saco de vocês - cada vez mais frequentemente o/

player / aleatório / pah. Toque as dez primeiras sem pular e responda às perguntas:
(jogue ou com as músicas do seu computador ou com do seu mp3 player, qualquer coisa que tenha várias músicas e você puder tocar aleatoriamente)
(aleatório do meu iTunes tava uma beleza esse dia, como podem ver u.u)

.

Música #1: Don't Start a Band // Reel Big Fish
Qual é a primeira frase da música?: "Don't start a band, nobody wants to hear, nobody understands" ("não comece uma banda, ninguém quer ouvir, ninguém entende")
Há quanto tempo esta banda está na ativa?: O RBF começou mesmo em 1990 (quase 20 anos de banda, tô besta até agora), mas saiu da garagem em 1992. Com a formação mais ou menos como tá agora, só depois de 1995.
Você tem alguma memória específica relacionada à esta música?: O quanto eu ri (e ainda rio) na cena em que o Scott aceita carona com o motoqueiro careca HAUHAUH
Você se identifica com algum trecho dessa música?: "So if you think that the joy of playing will keep you going throught the years/ Wait till you're poor and frustrated, and all the fun just disappears" ("e se você pensa que a diversão de tocar vai te manter pelos anos, espere até ficar pobre e frustrado, e toda a diversão desaparece")
Você gosta de alguma outra música dessa banda?: Imagina, só de todas as outras :D

.

Música #2: Watch it Crash // Streetlight Manifesto
Alguma parte dessa música faz você rir?: Nada, letra séria!
Qual é seu trecho favorito dessa música?: "And there ain't no turning back when your train is off its track, and there's nothing you can do but watch it crash" ("e não há volta quando seu trem sai do trilho, e não há nada que você possa fazer a não ser vê-lo bater")
Já viu essa banda ao vivo?: Nunca :(
Qual foi a primeira música dessa banda que você se lembra de ter ouvido?: We Will Fall Together.
Em que humor te deixa esta música?: Agitada e pensando numa maneira do trem não sair do trilho, HUAHUA

.

Música #3: 505 // Arctic Monkeys
Essa música te faz pensar em alguém em especial?: Não...
Qual é a última frase dessa música?: "With your hands between your thighs and a smile" ("com suas mãos entre as coxas e um sorriso")
Se alguém qualquer te cantasse essa frase, qual seria sua reação?: Acharia indecente pra caramba HUAHAUAHUAH
Alguma parte desta música sugere sexo, de alguma forma?: ESSA HAUAUAHAUAHUAHA mas não é.
Alguma outra banda já fez cover dessa música?: Não até onde eu sei, talvez bandinhas de garagem de lá e tal.

.

Música #4: Nothin' // Reel Big Fish
Qual é a 7ª frase dessa música?: "I don't know what I want" ("eu não sei o que quero")
Essa frase te faz algum sentido?: Todo o sentido do mundo HAUHAU
Essa música poderia ser tocada em um casamento?: Ahn, melhor não.
Já viu algum vídeo dessa música? Se sim, descreva-o: Não tem :(
Sobre o que é essa música?: Sobre nada dar certo na vida, mas já estar tão acostumado que não importa mais.

.

Música #5: Live Forever // Oasis
Você ficaria envergonhado se alguém o pegasse cantando essa música em voz alta?: Nunca.
Qual é a 4ª frase da música?: "In the morning rain, as it soaks you to the bone?" ("na chuva da manhã, enquanto te molha até os ossos?")
Se você fosse classificar essa música, como seria: Ótima, Muito Boa, Boa, Regular?: Ótima :D
Você ficaria supreso se pegasse seus pais cantando essa música?: Sim, minha mãe só sabe Don't Look Back in Anger HUAHUAHA
Você acha a pessoa que canta essa música atraente?: Liam já foi tão bonito... Ele é bonito, mas aquele cabelo... HAUHAU

.

Música #6: S.R. // Reel Big Fish
Você consegue tocar essa música em algum instrumento?: Imitando os trompetes com a boca :D
Você já viu alguém que se pareça com a pessoa que canta essa música?: Nunca HUAHA
Qual é a parte mais engraçada ou mais inteligente desta letra?: O refrão "Please don't go, Suburban Rhythm! All the other bands are just shit" ("por favor não vá, Suburban Rhythm! Todas as outras bandas são uma merda")
Ela já tocou em algum filme?: Não
Essa música te faz pensar em alguém?: No... Suburban Rhythm \o/ HAUHA

.

Música #7: Cast No Shadow // Oasis
Em que humor essa música te deixa?: Depende do dia, tem vezes que me põe pra baixo :(
Qual é o refrão da música?: "As they took his soul, they stole his pride... And as he face the sun he casts no shadow" ("quando eles tomam sua alma, eles roubam seu orgulho... E quando ele olha para o sol, ele não projeta sombra")
Substitua a 4ª palavra da primeira frase da letra por "banana": "Here is a banana for every man who tries to understand what is in his hands" HAUAAHUAHUAHUAUHHUA EU RI ("aqui tem uma banana pra cada homem que tenta entender o que tem em suas mãos")
Você conhece alguém que odeie essa banda?: Todo mundo parece odiar :B

.

Música #8: Honest Goodbye // Bad Religion
Existe alguma memória específica que você associe à essa música?: Não, ainda.
Qual é a 12ª frase dessa letra?: "That sick brass boy daydreaming" ("aquele garoto de lata doente sonhando acordado")
Se essa banda fosse tocar numa cidade próxima à sua, você iria ver?: Porra, se ia \o/
Já beijou alguém enquanto essa música tocava?: Nem seria a ideal :B
Existe algo de político nessa letra?: Uma das únicas do BR que não AUhAUH

.

Música #9: Infected // Bad Religion
Qual o seu verso favorito dessa música?: "Let's talk about no one, please talk about no one, someone, anyone" ("vamos falar de ninguém, por favor fale de ninguém, alguém, qualquer um")
Substitua a segunda palavra dessa frase por "toilet": "Let toilet talk about no one" wtf
Essa é uma das suas bandas favoritas?: Sim \o/
Você já cantou essa música em voz alta?: Acho que já, uma das minha favoritas ever.
Quando foi a primeira vez que você a ouviu?: Tem tempo o.O não lembro

.

Música #10: You're Supposed to be My Friend // 1990s
Do que se trata a música?: Sobre um "amigo" que fica evitando o narrador, não atende o telefone, some e não dá notícia.
Substitua a última palavra da música por "Sparta": "You're supposed to be my friend SPARTA!!" AUAHUAHUAHAHU wtf ("você deveria ser meu amigo SPARTA!!")
Essa música tocou muito no rádio?: No Reino Unido, provavelmente.
De onde é essa banda?: Escócia.
Essa música seria apropriada pra se tocar num funeral?: HUAHAUAHUAH não faria sentido, a não ser que quem tenha matado o defunto fosse um amigo. *pensa sobre isso*

.

Viagem, mas curti fazer. Vou fazer de novo outro dia, quando o shuffle do iTunes resolver funcionar direito :B

24/06/2009

Googling myself

("Gostaria que pesquisar por mim mesmo no Google rendesse resultados melhores" - essa eu tirei da someecards.com - os cartões virtuais mais sinceros da internet xD)


Aqui é o seguinte... Me lembro de ter feito isso no fotolog há milhões de anos atrás, e resolvi aumentar o esquema. A regra é simples, era só pesquisar no Google o seu nome mais a palavra "precisa" (no meu caso escolhi só "Manu" pra dar mais resultados), e então postar os resultados mais interessantes/engraçados da busca.

A essência ainda é essa, só acrescentei outras palavras além daquela. Vamos ver o que saiu:

"MANU PRECISA":

"Manu precisa de sua ajuda!"
"Manu precisa mudar seu visual e conta com sua ajuda."
"A pequena Manu precisa viajar para China a fim de se submeter a tratamento."
"Quanto tempo Manu precisa para voltar a ser aquele jogador fantástico que a gente conhece?"

Parecer técnico: Parece que sofri um acidente grave no basquete (basquete, porque no futebol eu sou um mito u.u). Esse acidente, ao que parece, deve ter me desfigurado, e preciso que vocês me ajudem ($) a ir pra China me tratar. obrigadaevoltemsempre;*

.

"MANU DEVE":

"(...) porque Manu deve tocar com o grupo Mundo Livre S/A."
"Manu deve ser uma daquelas pessoas que nunca saem à noite."
"Manu deve ter sido tocada pela graça dos deuses da Bossa e do samba por cantar com tanta generosidade e sentimento."

Parecer técnico: Todos adoram me ouvir cantar, isso é um fato!! Pena que eu não saio à noite, senão vocês poderiam me ouvir nos barzinhos - um banquinho e um violão oee o/

.

"MANU QUER":

"Manu quer morar em outro lugar e viver novas experiências."
"Manu quer desfilar no Carnaval."
"Manu quer ser importante e usar seu trabalho para transmitir sentimentos bons às pessoas."
"Manu quer adotar um filho, mas a França não permite a adoção por casais homossexuais."

Parecer técnico: É, esse é um caso complicado... Não vejo futuro nessa cidade, queria ir pra França, viver novas experiências, trabalhar em prol da sociedade e desfilar no carnaval de lá (que, diga-se de passagem, é estranho). Mas não vão me deixar adotar un petit garçon só porque eu sou... AHN?! ò_Ó

.

"MANU PODE":

"Num hectare de bosque do Manu pode ter até 220 espécies de árvores (...)"
"Manu pode se referir a: Manu, organização política de Moçambique. Manu, um gênero de aves extintas. Manú, jogador do Benfica. Manu, mito hindu."
"Washington diz que Manu pode ter armado com Kiko para tirar Marreta do ferro-velho e ela vender drogas lá."
"Sem as negativas do ex-amante, Manu pode ter a liberdade de conseguir um bebê que possa ser seu."

Parecer técnico: Bom, já viram né? Essas 220 espécies de árvores do meu bosque são no mínimos ervinhas (erva ou árvore, Manu?) estranhas que eu ando negociando por aí. Aliás, andava, porque agora acho que finalmente poderei criar meu próprio filho \o/ Tomara que Washington e Marreta não me atrapalhem, agora u.u (aliás, valeu pelo "mito hindu", me senti realmente importante, agora UAHAUHA)

.

"MANU GOSTA":

"A Manu gosta do luxo, de comer em bons restaurantes."
"Será que Manu gosta de Luiz Gonzaga?"
"Ele diz que ainda é cedo, que precisa saber se Manu gosta dele para valer ou ama Antônio."

Parecer técnico: Outra situação difícil... Lógico que amo ele, mas o Antônio é o Antônio, e ele me leva em restaurantes de luxo. Vou apelar pra alguma canção de Luiz Gonzaga, preciso pensar.

Ou seja, sou jogadora de basquete de dia, cantora à noite e traficante nas horas vagas. Meu sonho é adotar um filho na França, do qual sou impedida por ser homossexual ò_Ó Tentei largar essa vida, mas Antônio apareceu e bagunçou tudo. Pra fugir dessa vida complicada, me dediquei ao Hinduísmo.

Poxa, o Google sabe mesmo de tudo o.O

.

Pra quem for fazer, não se esqueçam de colocar as expressões entre aspas, pra frase sair certinha!

Old school [parte 3]

Faala, galera do mal!

Old school de hoje vai ser um pouco "menos" old school. Como, segundo a regra, old school é qualquer coisa anterior à 1999, hoje mando a música que nunca me disse nada em especial, mas nos últimos dias tem sido bem... aplicada o.O

Se é que existe alguém no mundo que ainda não ouviu essa música ou nunca viu o vídeo, tá bem aí:



(RIP todos os ex-membros da banda)

Wonderwall foi lançada em 1995, no álbum "(What's The Story) Morning Glory?". Alcançou segundo lugar nas paradas britânicas e foi o passe do Oasis para a América, alcançando 8º lugar no Top 100 dos EUA. No ano passado voltou a ser um dos singles mais vendidos do ano, alcançando um milhão de cópias vendidas no Reino Unido (em CD e em formato digital), ganhando assim um disco de platina.

"Wonderwall" não tem tradução específica. Alguns traduzem para "muro das maravilhas", embora isso não faça sentido. O nome foi tirado do álbum Wonderwall Music (1968), trilha de George Harrison para o filme Wonderwall, do mesmo ano, de Joe Massot. Outros ainda dizem que a intenção era ser "Wonderful", mas a dislexia de Noel transformou a palavra em "wonderwall". Vai saber.

• Dizem os rumores que Noel Gallagher a escreveu para a sua então namorada Meg Matthews, com quem dois anos depois se casou (e quatro anos depois se separaram), embora ele desminta e diga que a música é sobre "um amigo imaginário que vem e salva sua vida". Ambos Noel e Liam não aguentam mais ter que tocá-la, mas precisam porque foi um dos seus maiores êxitos (eu que sei, você fala "Oasis" e te respondem "Wonderwall").

• Ah, ganhou um monte de prêmios (ambos canção e vídeo), um monte de covers (inclusive aquele infame do Jay-Z ¬¬) e é tocada em rodinhas de boteco até hoje (inclusive um vizinho meu que há uns anos atrás a destruiu no violão).

Letra:

Today is gonna be the day that they're gonna throw it back to you
By now you should've somehow realised what you gotta do

I don't believe that anybody feels the way I do about you now

Backbeat, the word is on the street that the fire in you heart is out
I'm sure you've heard it all before, but you never really had a doubt
I don't believe that anybody feels the way I do about you now...


And all the roads we have to walk are winding
And all the lights that lead us there are blinding

There are many things that I would like to say to you, but I don't know how...

Because maybe
You're gonna be the one that saves me

And after all

You're my wonderwall...

Today was gonna be the day, but they'll never throw it back to you

By now you should've somehow realised what you're not to do

I don't believe that anybody feels the way I do about you now


And all the roads that lead you there are winding

And all the lights that light the way are blinding

There are many things that I would like to say to you, but I don't know how...


I said maybe
You're gonna be the one that saves me

And after all

You're my wonderwall


I said maybe

You're gonna be the one that saves me...

You're gonna be the one that saves me...

You're gonna be the one that saves me...

Por ora é só ("só"), Manu é um poço de informações ;*
Espero que tenham curtido, apesar dos pesares. o/

19/06/2009

Agora sim, o post eterno.

Só posta isso quem tem coragem, falei ;x

Roubei de outro blog gringo, quem quiser fazer, dou maior força. Tô a fim de rir.

1. Uma foto de ambiente/objeto que seja sua e as pessoas gostem:

Da porta da sala :B

2. Uma foto sua no seu quarto:

Quase todas as minhas fotos são lá, na verdade.

3. Uma foto sua posando com alguém de quem na verdade não goste:

Kalima. Já disse pra ela que não dou moral pra mulher de bigode u.u

4. Uma foto sua com alguém pelo qual seja apaixonado:

Meu bebê *o*

5. Uma foto sua muito bêbado:

Ficarei devendo essa, há ;*

6. Uma foto com os seus pais:

A gente tava jogando Identidade... A mão de múmia é da Giuli :B

7. Uma foto de algum aniversário seu:

Sorvetada, desse ano

8. A foto mais antiga de você, que esteja em seu computador:

1989

9. Uma foto sua com sua peça de roupa favorita:

TÁ COM UM BURACO NA COSTURA EMBAIXO DO BRAÇO COMOFAS///

10. Uma foto sua fazendo uma cara idiota pra câmera:

Desculpa Lu mas, de todas, essa será sempre a clássica. HUAHAUHA s2

11. Uma foto sua mostrando um novo corte de cabelo (mesmo que ele já seja antigo agora):

O azul que nunca deu certo...

12. Uma foto que você editou pra parecer melhor:

De todas, escolhi a mais recente. Giuli flagrou o momento em que eu perdi o equilíbrio enquanto tossia que nem uma tuberculosa em estado terminal. Deixei em p&b pra ficar melhor, mas só ficou mais... trágico o.O

13. Uma foto de algo que você ame:

3 em 1: Jyrki, Beatles e Alemão (embaixo dele HUAHAU)

14. Uma foto sua sendo honestamente VOCÊ:

Além de ser extremamente narcisista e egoísta :)

15. Sua foto mais recente:

Da semana passada :B

16. Uma foto sua sendo absolutamente ridículo:

Aqui estávamos sendo absolutamente ridículas HAUHAUHA

17. Uma foto de um tempo da sua vida que acabou, e você queria que não tivesse acabado:

... :(

18. Uma foto de um tempo da sua vida que acabou, e você não poderia estar mais feliz por isso:

Chocadeira de ema \o/ hauhauahuah Mentira, até sinto falta ;~

19. Uma foto sua com seu amigo mais antigo:

Ê, Campo Mourão...

20. Uma foto sua de um momento onde você estava tudo menos feliz - mesmo que estivesse sorrindo e tentando seu melhor para disfarçar:

Precisa explicar que eu tava muito puta ou dá pra perceber?

21. Uma foto sua que você nem sabia que tinha sido tirada:

De tantas que a Giuli vive tirando, escolho essa, no auge da minha performance Madonna FAIL.

22. Uma foto sua de quando você era uma pessoa diferente do que é agora.

Então, ficarei devendo essa também. As fotos que tenho no computador são todas de uma época que não mudou na minha vida, até hoje (se isso é bom ou não... o.O)

23. Uma foto sua em traje de banho - quer goste, quer não:

Ok, isso é uma fralda UAHAU e eu tenho mais recente, mas nem tá no computador ;*

24. Uma foto sua que você goste:

Só gosto...

25. Uma foto sua que você odeie:

"Só" a foto da minha Colação de Grau u.u

26. Uma foto com alguém que você ame:

Giuli, embora nem sempre pareça :B

27. Uma foto de como você gostaria que o mundo te visse:

Como um gênio, há xD

28. Uma foto que descreve como você gostaria de passar um dia inteiro:

Dormindo -.-"

29. Uma foto de um tempo onde tudo estava mudando:

1º Período da faculdade...

30. Uma foto que te deixa triste:

Otep :(

31. Uma foto que te faz sorrir:

Giuli e eu, 1991. Nossa foto favorita :)

32. Uma foto de uma das melhores noites da sua vida:

09/05/09, Show do Oasis @ São Paulo - LÓGICO!

E aí, alguém mais se habilita? (6)

17/06/2009

Oldschool [parte 2]

Outra quarta-feira nostálgica (se bem que não existe dia menos nostálgico numa semana do que uma quarta-feira, mas vamos lá) com mais um vídeo oldschool pra vocês! :)

Hoje escolhi postar algo relativo aos Beatles porque 1) é óbvio que mais cedo ou mais tarde apareceria e 2) amanhã é aniversário do Paul McCartney, então vamos juntar o útil ao agradável.

A música que vocês vão recordar (ou quem sabe conhecer) hoje é All My Loving.



(Vídeo de 1964. Aqui podemos ver o início da Beatlemania com o histerismo dos fãs, e também podemos perceber como já existiam roberts do tipo "mamain tô na Globo comofas/" pulando em frente à câmera. Isso tudo em preto e branco, gzuis)

All My Loving, apesar de ser creditada a Lennon-McCartney (devido ao acordo que os dois tinham de assinar todas as composições, independente de qual dos dois fosse), foi escrita por Paul e apareceu no álbum With The Beatles, em 1963. Paul a executa até hoje em seus shows pelo mundo.

De brinde, deixo aqui o vídeo de All My Loving tocada pelo Paul no seu DVD/turnê Back in The US, de 2002:



(Acho esse vídeo [o DVD todo, na verdade] muito emocionante. Vemos aqui pelo menos 3 gerações de fãs, de velhos a crianças de colo. Algumas celebridades lá no meio do público. Muita gente emocionada, chorando, rindo, gritando ["AAAHHH, PAAAAUULL!! \o/" HUAHUAUH adoro], dançando, ou tudo ao mesmo tempo. E enquanto a banda toca, ficam passando imagens da época dos Beatles no telão, lá atrás. Sério, chorei vendo esse show. O homem que aparece aos 1:18 emociona qualquer um)

Letra:
Close your eyes and I'll kiss you,
Tomorrow I'll miss you;
Remember I'll always be true
And then while I'm away,
I'll write home ev'ry day,
And I'll send all my loving to you

I'll pretend that I'm kissing
The lips I am missing
And hope that my dreams will come true
And then while I'm away,
I'll write home ev'ry day,
And I'll send all my loving to you

All my loving I will send to you
All my loving, darling I'll be true

Isso aí, espero que tenham curtido a memória. Eu sempre gosto de "lembrar" dessa música, como vocês viram :D

15/06/2009

Que emoção! *o*



Zénti, que coisa linda, meu humilde blog pessoal de desabafo ganhou seu primeiro selo *__*

Valeu, Denny querida! xD

Agora tenho que dizer 10 palavras que qualifiquem meu brógue. Vejemos...




1. Brisa; não a marítima sabe, aquela de quem utiliza substâncias alucinógenas, mas sem utilizá-las... vocês entenderam UAHAUH
2. Reclamações; oeee o/
3. Oasis; se procurar ali no search, é o que vai ter mais resultados, acho
4. Reel Big Fish; seguido de perto por este, claro
5. Sonhos bizarros; acredito que nenhum outro blog tenha tantos o.O
6. Sinceridade; nunca menti em nada dito aqui, isso é um fato
7. Amor à música; no sentido apaixonado da coisa ♥
8. Sarcasmo; como pude me esquecer do principal!!
9. Ironia; porque um não vive sem o outro
10. Sugestões. com a melhor das intenções sempre :)

Agora eu teria que dar esse selo pra outros 10 blogs, mas como nenhum deles vai colocar, então vou guardar pra mim e vocês que defequem invejas ;*

(L)
• por que a gente tem mania de colocar "(L)" se dá pra fazer "" direto? Maldito MSN!

Análise de coisas aleatórias

Hoje resolvi filosofar rapidamente sobre várias coisas que têm me deixado com a pulga atrás da orelha; tenho que falar logo antes que essas coisas me enlouqueçam:

1. Coleção Paixão Sertanejo

Toda vez que a Som Livre lança uma coletânea, a propaganda fica passando incansavelmente na TV, a ponto de eu sempre decorar os trechos das músicas que passam. Foi assim com o Lovy Metal, trilhas de novelas em geral, até aquelas coletâneas gospel (não são da Som Livre, mas entram aqui também). Agora é essa Coleção Paixão Sertanejo.

Mas o que realmente me deixa indignada sobre essa coleção é: a) quase nada do que está nela é sertanejo (aliás, o sertanejo está cada vez menos sertanejo, tá tudo virando um pop com vocal tremido), excluindo obviamente aquele ♪ chora, me liga... que pelamor. Mas enfim. E b) o slogan "Tudo o que você quer dizer e ouvir nesse Dia dos Namorados". Posso estar soando brega e antiquada agora, mas não creio que "cala boca e me beija" seja tudo o que eu quisesse ouvir de um namorado o.O Assim, na minha humilde opinião, se você acha que sua namorada fala demais, beija ela logo; porque essa coisa de você estar lá mó empolgado falando sobre algo e alguém te manda um "cala a boca" é altamente broxante; acho que um beijo roubado assim seria muito mais legal. Sei lá. (olha eu filosofando sobre música sertaneja HAUHAUAHA)

2. MTV Music Awards

Ontem o Luiz e eu estávamos discutindo sobre as categorias da premiação da MTV que acontece todo ano, e tentávamos achar alguma lógica. Entre as categorias absurdas estão: "Artista múltiplo do ano" (que eu não sei bem o que é, mas o Justin Timberlake sempre ganha), "Single monstro do ano" (que eu também não sei muito bem o que é, mas se Rihanna e Jay-Z ganharam, então é bem o que eu tô pensando, mesmo xD) , "Melhor resultado de jogo de vídeo" (videogame wtf) e "Melhor ringtone do ano" (!!!). Ou seja, do jeito que a coisa tá ficando feia pra música nos últimos anos, logo os indicados desta última categoria serão aqueles ringtones da maldita Nata.com, sabem, aqueles que invadiram seu celular :B Esse mundo tá perdido.

3. #1 na Billboard ao longo dos anos

Tem um site onde você pode saber que música estava em primeiro lugar na Billboard na data que você escolher. Lu e eu estávamos pegando várias datas importantes das nossas felizes vidas e fazendo uma comparação (dia em que nascemos, formaturas, o dia que nos conhecemos, nascimento dos parentes, dos amigos, até estipulamos uma data pro dia em que fomos "concebidos" HUAHUAHA)... Não dei sorte com nenhuma. O hit do momento no dia em que eu nasci era Lead on Me, do Club Nouveau. Puta dance chato. Se eu tivesse nascido exatamente três anos antes, seria Jump, do Van Halen. Ou, ainda, se tivesse nascido em 1964, seria She Loves You, dos Beatles (excluindo o fato de que minha mãe teria 2 anos; detalhes). Mas não, fui nascer no fim dos anos 80 e ao som de Lead on Me. Great.

4. Luiz e a Sibéria

Já que estamos falando dele, queria deixar aqui minha humilde opinião sobre a vida alheia e queria sinceramente que o Luiz saísse da Sibéria u.u Ainda sou à favor da ideia de que você deve tentar a Costa Rica. Pelo menos as bandas de lá são mais legais (digo isso com toda a segurança de que não existem bandas na Sibéria!). E se quiser insistir num deserto, pô, pelo menos escolhe um que tenha cactus. Deserto sem cactus não é deserto fikdik ;* (ok, isso foi interno)

5. A que ponto chega a decadência humana

Você percebe que um ser humano chegou ao limite de sua decadência quando presencia a seguinte cena:

O pai chama a filha num fim de tarde de domingo pra ir à locadora devolver o DVD que alugaram na noite anterior. A filha não tá muito animada pra sair de casa, mas vai.

"Olha pai, só tô avisando que hoje não penteei o cabelo, ainda não escovei os dentes, tô de pijama e só troquei a calça", e desce do carro.
"Isso não é muito bom, né...?", se preocupa o pai.
"Não :D", responde a filha e entra na locadora.

Sim, as pessoas ficaram olhando. Ainda bem que a dona da locadora já me conhece (ainda bem ou não, né o.O) HAUHAUHAUAHUAH.

.

E aqui termino minha reflexão do dia. A todos que leram, muito obrigada, e espero que isso tenha de alguma forma contribuído pra vida de vocês :)

SBT CHAMAÉL

12/06/2009

Agora vamos à parte boa!

É, porque hoje tive outro sonho bizarro :D

Ele não foi tão engraçado, mas foi bizarrinho, então vamos começar.

Por algum motivo desconhecido, o sonho se passava muito antigamente, sei lá, pelas roupas devia ser século XIX, ou antes. E, além disso, eu era escrava, parecia o.O E, pior, da própria família (aqui não tenho muita certeza, mas lembro de ver a cara da minha tia naquela casa). De qualquer forma, éramos vários escravos e também éramos obrigados a ficar constantemente tomando uma injeção, sob o pretexto de que era pra gente não contaminar nossos amos com doenças que a gente poderia ter.

Aí um dia eu enchi o saco disso e me rebelei \o/ mas fui presa HAUHAUHA. Me trancaram num quartinho escuro sem nada, a única coisa que eu tinha comigo, além da roupa do corpo, era o meu iPod (IPOD NO SÉCULO XIX, só eu posso HUAUHAUAHUAHUAHUAHUHUAHUA). Mas em pouco tempo consegui remover uns tijolos da parede e sair de lá.

Do lado de fora deu de cara com uma praia, e tinha um navio parado perto da areia, cheeeeio de gente. Fora dele tinha um cara vestido de pirata wtf, ele veio na minha direção e me disse: "Volta já lá pra dentro e avise os outros que essas injeções não são o que eles dizem... Na verdade, todos vocês estão sendo infectados pela cólera!" (CÓLERA WTF, pelo menos sonhei com a doença certa da época HAUHAUHAUHA).

Aí eu tive que voltar lá pra dentro, escondi o buraco que fiz na parede (sei lá como) e escapei do quarto, saí correndo pela casa gritando para os outros fugirem porque estávamos todos sendo contaminados pela cólera comofas// Mas ninguém acreditava em mim, já tinha neguinho morrendo pelos cantos, outros ainda conseguiam rir da minha cara enquanto agonizavam... E acho que acabou aí, não lembro mais nada daí pra frente :P

Mas sabem, o mais aterrorizante desse sonho acho que foi o fato do meu iPod só ter uma música @_@ AUAHUAH

(Que, aliás, era esta:)



O que se justifica, porque ouvi ela antes de ir dormir (apesar de que não foi SÓ ela, mas...)

10/06/2009

Oldschool [parte 1]

Eu tava querendo começar isso, mas depois dessa de ninguém conhecer The Clash, TIVE que começar hoje HUAHUAUAH

Confesso que roubei a ideia de um blog gringo. O dono do blog, toda semana, disponibiliza um vídeo "oldschool" (que ele considera "qualquer coisa anterior a 1999" - ridículo u.u) pra galera lembrar dos bons tempos ou conhecê-los.

Então vou começar com o hino do The Clash que todo mundo conhece, só se esqueceu [pô, até tocava na propaganda da Claro até esses dias atrás]:

Should I Stay or Should I Go? (1982)



Talvez alguém tenha percebido que o riff inicial foi usado pelos Mamonas Assassinas no início da "Chópis Centis" :B

Gravada em 1981 no álbum Combat Rock, alcançou recentemente a posição #228 entre as 500 melhores canções de todos os tempos, segundo a revista Rolling Stone. Mick Jones nos vocais principais, Joe Strummer nos backing em espanhol.

[UPDATE:]

Letra:

Darling, you got to let me know
Should I stay or should I go?
If you say that you are mine
I'll be here 'til the end of time
So you got to let know
Should I stay or should I go?

Always tease tease tease
(Siempre - coqetiando y enganyando)
You're happy when I'm on my knees
(Me arrodilla y estas feliz)
One day is fine, next is black
(Un dias bien el otro negro)
So if you want me off your back
(Al rededar en tu espalda)
Well, come on and let me know
(Me tienes que desir)
Should I stay or should I go?
(Me debo ir o que darme)

Should I stay or should I go now?
Should I stay or should I go now?
If I go there will be trouble
And if I stay it will be double
So come on and let me know...

This indecision's bugging me
(Esta undecision me molesta)
If you don't want me, set me free
(Si no me quieres, librame)
Exactly whom I'm supposed to be
(Diga me que tengo ser)
Don't you know which clothes even fit me?
(saves que robas me querda?)
Come on and let me know
(Me tienes que desir)
Should I cool it or should I blow?
(me debo ir o quedarme?)

Should I stay or should I go now?
(yo me frio o lo sophlo?)
If I go there will be trouble
(Si me voi - va ver peligro)
And if I stay it will be double
(Si me quedo es doble)
So you gotta let me know
(Me tienes que decir)
Should I stay or should I go?
(yo me frio o lo sophlo?)


Espero que curtam, quem não conhecia.

Quarta-feira que vem volto com mais oldschool :)

08/06/2009

Verdade ou Mentira? [respostas]

Bom, como vocês foram rápidos, já vou responder aqui pra tirar essa curiosidade de vocês. Já adianto que ninguém acertou todas (os que acertaram mais, acertaram exatamente a metade). O que me faz perceber como minha infância é obscura, HAHA

Alguns dos fatos terão fotos como prova, mas já adianto que não tenho muitas fotos da infância, geralmente só de aniversários, então ficarei devendo algumas.

Vamos lá,

VERDADE OU MENTIRA?

1. Nos primeiros anos de vida (tipo, até os 5 anos), meu melhor amiguinho era gay.
VERDADE (Tradição que mantenho até hoje, diga-se de passagem, kkk). Ele morava na casa ao lado e todo dia eu ia à casa dele pra gente brincar de... Barbie. Ele tinha a maior coleção de Barbies que eu já conheci, e a casa completa também. Ele até me ensinava a fazer as roupinhas. Claro, só descobri que ele era gay depois de mais velha, quando nem morava mais lá.

2. Fui obrigada a treinar caligrafia até a 5ª série, embora minha letra sempre tenha sido legível.
VERDADE. Até a 4ª série porque era obrigatório na escola, mas na 5ª série foi porque a professora era uma megera e implicava com o meu "e" muito fechado e o meu "s". Me lembro que ela me fez arrancar uma folha cheia do caderno só porque implicou com o meu "esse". ¬¬

3. Minha matéria favorita na escola sempre foi Português, seguida por Ciências.
MENTIRA (Alguns acertaram, mas acho que pensaram que eu tinha invertido). Minha matéria favorita sempre foi Inglês, seguida por... Português. Ciências vinha depois, e olhe lá. (fez Biologia por que, jumenta? HAUAH)

4. Já levei advertência escrita na escola por ter pichado a sala de aula.
VERDADE (rere). Um pouco injusto, diga-se de passagem. Era com giz, dava pra passar um paninho molhado e tudo ficaria lindo de novo ;*. Mas não, fui pra coordenadora, mais um colega, e entramos pro "livro negro" (não foi minha primeira vez ;x). Ah, sim, e tivemos que limpar a sala também, HAUHAU

5. Quando nasci, minha mãe ficou muito preocupada por achar que eu fosse albina, pois nasci com os cabelos, sobrancelhas e cílios brancos.




VERDADE. Mãe de primeira viagem acredita em tudo que falam pra ela (embora eu ainda seja meio albina HUAHA). Como veem, ainda era obesa, mas já estava começando a parecer mais loira e menos albina :B





6. Quando bebê, não aceitava colo de ninguém - fui um bebê muuuito antipático.
MENTIRA. Fui o bebê mais dado que vocês (não) conheceram :P Só não gostava muito de colo de mulher, elas apertam demais. Agora, pelo menos segundo a minha mãe, quando via homem até esticava os braços... Como as coisas mudam. o.O

7. Ainda quando criança, minha mãe sempre me comprava tatuagens removíveis e me ajudava a aplicar.
VERDADE (não sei por que ninguém acreditou nessa HAUHAU). Me lembro que toda semana a gente ia pra uma lojinha que tinha na quadra de trás e ela comprava uma cartelinha com aquelas tatuagens que você aplica com água e remove com álcool. Cada vez ela comprava de um modelo diferente, e todos morriam de inveja das minhas tattoos descoladas porque as mamães deles não deixavam (até hoje, né? HAUHAU). Quando eu falo que foi a minha mãe que me incentivou, ainda duvidam!

8. Na pré-escola, adorava fazer ballet. Fiz várias apresentações, até o dia que enjoei das sapatilhas e não quis mais.
MENTIRA. Eu cheguei a fazer ballet, mas só fiz uma apresentação, porque odiava. Odiava porque nos ensaios eu sempre acabava sem parzinho (eram só as meninas, os meninos tinham que fazer judô). Minha mãe pediu dispensa das aulas pra diretora e eu ficava só olhando os ensaios :B (anti-social desde os 6 anos?)

9. Na escola, era sempre selecionada pros times de futebol na Educação Física, mesmo que todos soubessem que eu só fazia gol-contra xD
MENTIRA. Tanto que eu não sei jogar futebol (nem esporte nenhum :B) porque nunca era selecionada pros times da escola. Às vezes me chamavam pro volley porque meu saque é potente, mas só. Mas a parte dos gols-contra é verdade, tanto jogando de verdade quanto no videogame, né Lu? HAUHAU

10. Embora adore ler, fui a última criança da turma a aprender a ler e escrever.
MENTIRA, oee! Fui a primeira da turma a aprender a ler e escrever, com pouco mais de um mês de escolinha. A professora ficou pasma e chamou meus pais pra conversar. Esqueceram que eu aprendo tudo muito rápido? 8)

11. Meu pai me proibiu de usar saia quando criança, é por isso que até hoje não gosto de usar.
VERDADE. O velho fez um escândalo quando percebeu que a primogênita estava ficando com umas pernas meio, ahn, escadalosas demais pra idade, então "nada de saia na rua, mocinha". Acostumei e nunca mais usei - só se tiver meia por baixo.

12. Minhas professoras de inglês nunca gostaram de mim, por causa dessa mania de fazer as tarefas adiantado e depois ficar à toa nas aulas.


MENTIRA. Acontecia justamente o contrário, minhas professoras de inglês todas me adoravam *caham*. A da 5ª série pedia pra eu corrigir os exercícios com a turma enquanto ela corrigia as provas; a da 6ª pedia pra eu ajudar os colegas; a da 7ª (e da 8ª e do 1º) foi essa do cartãozinho ao lado (clique pra ampliar). A do 2º ano pedia pra eu levar material legal pra gente estudar na sala e a do 3º ano não puxaaava meu saco mas ficava impressionada que o o meu livro já estivesse completo em um mês.



.

E aí, alguém realmente surpreso com alguma coisa ou era realmente óbvio? xD