30/07/2009

Transmissão do Humbug - ao vivo


Então, galere, conforme estava marcado, hoje às 9:00PM (horário do Reino Unido) - 17h aqui pra gente, o Arctic Monkeys tocou ao vivo o álbum novo - Humbug - na íntegra pelo site oficial da banda. Na verdade ainda está, mas estamos enfrentando alguns probleminhas técnicos :B

Acredito que o fato da transmissão ser ao vivo pela internet + gente do mundo inteiro conectada no site ao mesmo tempo + conexão fdpfdpfdpfdpfdpfdp desse computador estejam impedindo que eu veja o show nesse exato momento :) Mas consegui ver toda a primeira meia hora, entre umas travadinhas e outras; agora o site saiu do ar, não sei só aqui ou geral. Pena, gosto de vê-los tocando, eles tem uma velocidade em sintonia que é brincadeira. Mas sem grilo, logo aparece em algum lugar pra assistir de novo/baixar, eu espero :)




Falando das primeiras impressões que tive do álbum (que será lançado apenas mês que vem, mas já vazou na net); quando ouvi as primeiras músicas inéditas, ainda no YouTube, ao vivo e áudio com qualidade péssima de câmera digital, não tinha me encantado com nenhuma, de forma que não me empolguei com o lançamento do álbum. Mas então foram vazando as versões oficiais de estúdio e eu fui ouvindo com mais atenção...

Eles conseguem ser totalmente diferentes de um álbum pra outro, embora continuem essencialmente os mesmos. Faz sentido? Humbug não tem os hits fáceis do primeiro álbum, nem a velocidade e peso do Favourite Worst Nightmare. Ele é um equilíbrio entre o calmo e o sombrio. É o tipo de álbum que pode ter dar uma sensação boa, ou te deixar com a pulga atrás da orelha. Ou seja, acabei me encantando x)


Esses dias atrás tinha postado aqui o vídeo da Crying Lightning, que é o primeiro single; o vídeo resume bem o álbum todo. Se alguém quiser ouvir mais, o álbum novo tá em tudo quanto é blog por aí ;)

.

UPDATE: Pelo que li nos comentários no site oficial, a transmissão foi mesmo curta; e alguém logo vai colocar no YouTube pra podermos ver direito :)

29/07/2009

Old school [parte 7]

(já me perdi nas partes, mas acho que é sete)

Meio difícil escolher o de hoje, ouvi muita velharia essa semana e todas merecem destaque por algum motivo...

Então vou postar esta aqui hoje; mais cedo ou mais tarde acabaria sendo ela. O Live vem me conquistando a cada dia que passa, de forma que não consigo mais não ouvir...

Live - I Alone



(é legal ver esses vídeos antiguinhos, o Ed ainda tinha "cabelo" :B)


I Alone saiu no álbum Throwing Copper, de 1994.

• Ed Kowalczyk explica que: "As pessoas pensam que 'I Alone' é uma canção de amor, quando na verdade não é. A letra é mais abstrata e possui uma mensagem muito maior." A letra se refere à uma passagem da Bíblia (Lucas 8:22-25), em que Jesus acalma a tempestade enquanto ele e seus discípulos estão em alto-mar. A canção, como a história, prova o poder do amor.
(via Wikipedia e SongFacts)

Letra:

It's easier not to be wise
And measure these things by your brains
I sank into Eden with you
Alone in the church by and by

I'll read to you here, save your eyes
You'll need them, your boat is at sea
Your anchor is up, you've been swept away
And the greatest of teachers won't hesitate

To leave you there, by yourself,
Chained to fate

I alone love you
I alone tempt you

I alone love you

Fear is not the end of this!


It's easier not to be great
And measure these things by your eyes
We long to be here by his resolve
Alone in the church by and by
To cradle the baby in space

And leave you there by yourself
Chained to fate

Oh, now, we took it back too far,
Only love can save us now
All these riddles that you burn
All come runnin' back to you
All these rhythms that you hide
Only love can save us now
All these riddles that you burn
Yeah, yeah, yeah


De brinde, o vídeo de I Alone do show na Holanda, do DVD Live at the Paradiso, que um dia terei ;*

É emocionante, eu veria!
(como assim, "eu veria"? eu sempre vejo õ.o)



;*

28/07/2009

OFF

Não ia postar hoje,

Mas fui acordada pela minha professora de alemão com uma notícia totalmente dispensável, mas enfim. O Centro de Línguas da Fesurv, onde eu estudava alemão e francês, fechou. Poucos alunos e os poucos que tinha ainda não estavam cumprindo seus deveres de bons alunos (como pagar as mensalidades ou fazer as provas dentro dos prazos). O que acontece agora? Parece que teremos que comparecer lá no mês que vem e fazer uma prova para podermos receber nosso diploma de curso incompleto :)

Agora eu vou dizer uma coisa,

Falta de responsabilidade é uma merda. Se você não tá nem aí com a sua vida e suas obrigações, outras pessoas estão, e a SUA falta de responsabilidade não prejudica só VOCÊ, ser acéfalo.

Ao invés de aproveitarem a oportunidade de poder fazer um (ou mais) curso(s) de línguas por um preço muito mais acessível do que o absurdo que cobram nas outras escolas, acham que isso é motivo pra não levar à sério. Agora por causa de atitudes egoístas, gente como eu e outras pessoas que realmente estavam levando à sério tem que dar um jeito de poder continuar. Bem legal, isso, obrigada por me tirarem a única coisa que me dava ânimo, nos últimos meses.

Bom,

A professora de alemão já disse que poderá continuar nos ensinando com aulas particulares, pelo mesmo preço, já que já passamos da metade do curso e não seria justo parar agora. Ainda não tive notícia da professora de francês, mas não tenho certeza se ela vai querer fazer o mesmo, porque ela dá aula em outras escolas e provavelmente não terá tempo/vai preferir que continuemos em outro lugar.

De qualquer forma, por um bom tempo tudo o que terei como resultado de toda minha dedicação à aprendizagem de línguas vão ser dois certificados de cursos incompletos. Como se eu fosse como os Saukerle que causaram tudo isso. Muito obrigada por me tirarem isso, Arschlöcher.

Und fick dich, tô de mau-humor.

27/07/2009

the way I live my life, I love


Quando um integrante de uma banda que existe há pelo menos 18 anos nunca aparece de outro jeito sem ser de chapéu, ou gorro, ou bandana, ou boné, ponha na sua inocente cabeça que o que há por baixo talvez seja muito mais do que uma reluzente careca ou algum penteado exótico...

Pode ser, tipo...

.
.
.
.
.
.
.
.


... uma tatuagem.

(sim, fiquei chocada quando descobri HUAHAU)

(ah, e também queria saber o que o Sr. Tim Armstrong está fazendo posando em frente a um letreiro da Dolce & Gabbana õ.o)

Oi, essa é a minha favorita ♥

Tchau.

.

Aliás, quem não viu o clipe novo do Arctic Monkeys dois posts pra trás, não vai ver mais - tiraram do YouTube (y)

24/07/2009

A Dor do Não Vivido

Conferindo antigos CDs de dados meus, encontrei um arquivo com alguns emails que recebi e salvei. Me deparei com este texto e resolvi publicá-lo aqui. Creio que se aplica a todos nós: (oie Lu -q)

.

Definitivo, como tudo o que é simples.

Nossa dor não advém das coisas vividas, mas, das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Por que sofremos tanto por amor?

O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso, e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz.

Sofremos por quê?

Porque, automaticamente, esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido juntos e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas, por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas, por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias, se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas, pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas, porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo, assim, que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Como aliviar a dor do que não foi vivido?

A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!!!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.

Carlos Drummond de Andrade

22/07/2009

Old school [parte 6]

Eu sei que já entupi vocês de músicas ontem, mas semana passada já furei com a minha "programação especial" e não ia furar hoje de novo.

Bom,

a música que escolhi hoje é especialmente para vocês que ouviram Auf Kurs e se apaixonaram :)
Me sinto na obrigação de dizer que o OOMPH! nunca foi e nunca será a banda que vocês conheceram por esta música. O OOMPH! é uma das bandas mais bizarras que já conheci. Se duvidam, podem conferir pelo vídeo da própria Auf Kurs.

De 1989 pra cá o OOMPH! já lançou muita bizarrice - bizarrices censuradas na América (razão pela qual nunca pisaram aqui), bizarrices que envolvem principalmente violência, religião e sexo. Seus primeiros álbuns continham canções em alemão e em inglês, equilibradamente, embora com o passar do tempo tenham deixado o inglês de lado e dado preferência à língua-mãe. Os dois últimos álbuns são inteiramente em alemão.

Agora que estão familiarizados com a banda (não por falta de falar u.u), vamos à música de hoje!

OOMPH! - Ice-Coffin



Ice-Coffin está no álbum Defekt, de 1995, e é uma das composições em inglês que eram mais comuns nesta fase mais antiga e industrial da banda.

Letra:

I can't believe that you still wanna stay
'Cause I know that I've fucked up your life
You better leave, I could kill you today
And you know I could cut like a knife

You better stop to believe in my heart
Even though you can probably heal
'Cause if you look at the shape of this part
You would see I'm unable to feel

You better believe me!
You better believe me!

Don't you love me
Don't you save me
You better leave me alone here in my ice-coffin
Don't you love me!

(cold... cold... cold... cold)

I can't believe that you want me to pray
Though you know that I'm fucked up inside
You better leave, I could kill you today
'Cause I know I'm a thorn in your side

You better stop to believe in my soul
Even though you just want me to feel
'Cause if you look in the black of this hole
You would see that there's nothing to heal

You better believe me!
You better believe me!

Don't you love me
Don't you save me
You better leave me alone here in my ice-coffin
Don't you love me!

(cold... cold... cold... cold)


.

♪ DOOOOOOOOON'T YOU LOOOOOOOVE MEEEE
DOOOOOOOOON'T YOU SAAAAAAAAVE MEEE... \o/

21/07/2009

Conhecimentos gerais...

...sobre o que eu ando ouvindo.

Quem quiser novidades, post anterior.
Quem quiser conhecer músicas, pode continuar lendo.
Quem não quer nada, quer o mesmo que eu oe o/

Vou ver se consigo linkar todas ou o máximo que der, às vezes alguém quer ouvir, né...
Seria legal até, assim não me sinto como se estivessa falando sozinha HUAHAUH

'Bora lá:

• player com todas as suas músicas, aleatório
• 25 primeiras sem pular
• responder às perguntas


1. Wake Me Up! - Elvis Jackson
2. Buzzards & Crows - Dirty Pretty Things
3. Hell on Earth - Big D & The Kids Table
4. Come Down - Neils Children
5. Boyz and Girlz - Elvis Jackson
6. Epoxi-Lips - Rx Bandits
7. Dateless Losers - Reel Big Fish
8. Round Are Way - Oasis
9. Cigarettes & Alcohol - Oasis - show SP
10. We Care - Reel Big Fish - não achei :(
11. Underneath The Sky - Oasis
12. Here, There and Everywhere - The Beatles
13. While My Guitar Gently Weeps (Live) - George Harrison - inclusive é a desse vídeo!
14. Two Doors Down - Mystery Jets
15. Dance the Night Away (Van Halen) - The Forces of Evil
16. Here Comes the Anxiety - The Wombats
17. Say "Ten" - Reel Big Fish
18. 21st Birthday - The Von Bondies
19. Your Life Comes & Goes - Neils Children - não achei tb :(
20. Main Offender - The Hives
21. Eleanor Rigby (The Beatles) - Thrice
22. Slide Away - Oasis - show SP *.*
23. Oh! Darling - The Beatles
24. 21 - Mystery Jets
25. The Guilt - The Rakes

Perguntas:
• Qual o estilo da número 10?: Sei lá que estilo é essa aí, alternativo trágico. HAUHAU
• Quando foi lançada a 7?: 2002
• Quanto você gosta da banda que escreveu a 22?: Há, tá brincando?!
• A banda que fez a 1 ainda está junta?: Siim, lançaram álbum novo tem pouquinho tempo.
• A banda que escreveu a 15 é uma banda de metal?: Não, é uma banda de "metais" :B haha, foi uma banda de ska-punk.
• Quantas vezes a número 19 foi tocada no seu player?: Aqui diz que foram duas, iTunes doido.
• Quando foi a última vez que a 4 foi tocada?: Agora há pouco né, dãr.
• Quando a música 12 foi adicionada?: 9 de agosto de 2008.
• Quantos álbuns você possui da banda que fez a número 9?: Só todos xD
• Quem toca a número 3?: Big D & The Kids Table, tá escrito ali :B
• Escreva um trecho da música 17: Com prazer HAUHAHU

"Save a plant, eat a cow, I want beef, I want it now!
I'm gonna eat it cause it's red, I'm gonna eat it because it's dead!
Maybe I should eat it raw, let the blood run down my jaw;
I'd eat people if it was legal, I'd eat people if it was legal!"

(salve uma planta, coma uma vaca, eu quero bife, eu quero agora!
vou comer porque é vermelho, vou comer porque está morto!
talvez eu deva comer cru, deixar o sangue escorrer pelo meu queixo;
eu comeria gente se fosse legal, comeria gente se fosse legal!)


• Quais são os instrumentos usados na música 5?: guitarra, bateria, baixo, o básico.
• Você costuma cantar acompanhando a 23?: Com certeza! E com emoção HAUAH
• Como você classificou a música 25?: Ainda não classifiquei ela, mas adoro a letra e daria 4 estrelas ;*
• Qual o tempo de duração da 6?: 6min4s
• A música 14 é uma de suas favoritas?: Não, na verdade...
• A 21 é uma música triste?: Certamente, até essa versão mais pesada continua sendo triste.
• Você se identifica com a música 8?: Talvez num dia de alegria besta, hauha
• A música 2 é o tipo de música que poderia ser tocada num funeral?: "I see this place from my window"... Sei não :B
• A 11 é uma canção de amor?: Não mesmo, fala de um... mendigo o.O
• A 24 te descreve?: Não :P
• Quem toca a 16?: The Wombats, bandinha legal até.
• A música 13 te dá nos nervos?: Nunca, ainda mais essa versão ao vivo, que ficou ainda mais bonita.
• Quando foi a primeira vez que você ouviu a 20?: Não lembro mesmo o.O
• A 18 é uma música feliz?: É feliz pra quem tá cantando, dando um pé na bunda da guria HUAHAha

.

Outro post que deu trabalho, gzuis.

20/07/2009

E como não podia deixar de ser...

... as novidades que tanto alegram/acabam com o meu dia.

• Antes de mais nada,




Feliz 45, Chris Cornell! :D

"I Am The Highway" é minha música favorita do Audioslave, e possivelmente minha favorita vinda do Chris Cornell.

Sua melhor versão, na minha opinião, é esta que vocês conferem no link que segue:





.

• Hoje mais cedo fiquei tentadíssima a adquirir o box do último álbum do Rancid, Let The Dominoes Fall. Entre outros kits mais completos, com vinis, DVD e CD extra, palhetas, adesivos e o escambau, tem um por um preço super acessível (US$19,99), onde você leva o CD em formato digipack, um pôster e uma camiseta. Não adquiri por dois motivos: há pouco tempo precisei (precisei!) pedir minha LPU e não foi tãão barato assim; e também porque em setembro irei novamente para São Paulo (ah, ainda não contei? vou mesmo!) e preciso do meu dinheiro pra isso :B Deixa eu contar melhor:

.

• Então, como já comentei aqui anteriormente, dia 12 de setembro rola em São Paulo o show do Streetlight Manifesto; "minha segunda banda de ska favorita" xD; o tipo de show que um skank não pode perder e eu não pretendo perdê-lo \o/ Precisava de autorizações antes de me empenhar em ir, e isso já consegui. Agora só preciso esperar começar o ano letivo, ver se até lá não arrumo algo que vá me impedir de viajar, e então é correr pro abraço (do Lu, da mano e do Tomas Kalnoky se possível -q HUHAUHAU brinks.) \o/

.

• Amanhã, 21, será lançado oficialmente o novo DVD do Reel Big Fish, Live! In Concert!. O RBF tá com essa mania de lançar um DVD a cada 3 anos, o que eu particularmente não acho ruim porque é sempre bom vê-los ao vivo - embora muita gente os critique justamente por causa disso. Reel Big Fish ao vivo é igual ao Reel Big Fish de estúdio, com a diferença básica dos improvisos e da interação com a galera, resultando em shows sempre divertidos e diferentes uns dos outros, independente de setlist.

Se quiserem conferir um preview desse novo DVD, o PunkNews divulgou dois vídeos, Sell Out (que nunca pode faltar :B) e Another F.U. Song (que acho ÓTIMO que finalmente tenham incluído na setlist!!).

Este DVD, assim como os outros e como toda a discografia do RBF, não será lançado no Brasil, de forma que, se eu quiser adquiri-lo, terei que pagar em dólar ou baixar da net, como fiz com todo o material. (fiz mesmo, tenta comprar um CD do RBF por menos de 60 reais u.u)
Mas hoje mesmo entrei num contest pra tentar ganhar; pelo que vi não tinha muuita gente participando, então torçam por mim :)

.

E por ora acho que é só isso.
Bjão :*

19/07/2009

"Ah, agora a Penseira voltou a ser uma bacia?"


(alguma tosqueira que a Giuli fez no PhotoFunia e me deu de presente)

Salve, salve galera.

Hoje finalmente pudemos ir ver o último Harry Potter no cinema!

Antes que comecem a rir, sinto-me na obrigação de explicar por que uma pessoa de 22 anos se empolga com Harry Potter, e eu vou dizer.

Cresci lendo HP, e acho que foi a coleção de livros que li mais vezes. Tinha uns 13 anos quando lançou o primeiro; uma tia minha leu ainda em inglês, quando lançou, disse que tinha gostado e que a gente também gostaria. Quando foi lançado em português, ela nos deu de presente, e assim foi com alguns dos outros da série. Minha irmã e eu (e minha mãe também!) desde então somos daquelas que esperam ansiosamente pela estreia de um livro novo (mesmo que a série tenha acabado, mas a autora ainda lança livros paralelos à história) e pelos filmes, indo sempre na estreia (com exceção do terceiro, que foi justo na semana em que nos mudamos pra cá, e este último por causa de falta de pontualidade de terceiros u.u Enfim). Lembro da estreia do primeiro filme, minha mãe foi tirar a gente da escola sob o pretexto de termos consulta marcada com médico HUAHAUAUHAu. Tava na aula de inglês, me lembro bem. [/nostalgia]

Pois é, não vou falar muito sobre o filme, alguns ainda não viram, outros não querem ver, e os que viram já sabem como foi :B
Só vou dizer que, se você tem vontade de ver mas nunca leu, nem precisa. Estupraram a história! Foi como arrancar metade do livro e jogar no lixo, e a outra metade foi completamente alterada. Desgosto pra fã, mas o filme é muito bom. Mesmo não sendo a história original o/

:B

Eu tô bem ciente que filme baseado em livro é assim mesmo, os outros também pecaram em vários aspectos, mas esse foi o mais absurdo de todos. Personagens não mencionados (antigos e novos!), cenas brutalmente excluídas do enredo, trocas de falas e acontecimentos, inserção de acontecimentos inexistentes, e por aí vai... O título do post foi um comentário da minha irmã sobre algo que no filme anterior era de um jeito e nesse é de outro. Enfim, vejam o filme e tirem suas conclusões. Eu ainda não sei se gostei, fiquei chateada pra caramba com essas coisas, mas sem dúvida é um filme muito bom.

.

Mudando de assunto,

minha gata teve filhotes hoje :D

Se alguém estiver a fim de um gato preto, me procure daqui a um mês ;*

17/07/2009

Wolverine: uma história de desilusão, morte e... travestis.

ACHTUNG:
Post não recomendado para fãs die-hard de James Howlett.

- se você não sabe quem é James Howlett, você certamente não é um fã die-hard de Wolverine, então pode continuar lendo :D -

Essa brincadeira eu vi em vários blogs, com algumas variações. Adaptei e fiz do meu jeito, se alguém quiser fazer também, dá pra rir muito (se você for sem-noção como eu). Depois desta, ainda fiz outra que ficou um pouco mais psicopata que esta.

As regras:
• Escolha um personagem de que goste. Pode ser de filme, de desenho, livro, gibi, novela, seriado, qualquer um. Este será o personagem principal da história que você vai escrever, mas outros poderão aparecer no decorrer do enredo.

• Pegue todas as músicas que tem no computador e jogue numa única playlist (ou escolha uma playlist já existente, ou ainda pegue seu MP3 player). Coloque pra tocar em forma aleatória.

• Assim que começar a primeira música, você começa a escrever sua história. Ela deve ser com o personagem que você escolheu e deve ter relação com o tema da música. Assim que a música acabar, você para de escrever a história e continua conforme a próxima música, e assim por diante. Serão 10 músicas ao todo.

• O resultado pode sair bem engraçado, se você tiver criatividade. Aproveite a música e capriche no enredo :)

Muito bem, dadas as regras, vamos à minha história.

Personagem principal: Wolverine.



1) I Won't See You Tonight (Part 1) - Avenged Sevenfold
músicaletra

Wolverine decidiu que queria se matar.

Sentado na cama, pegou papel e caneta e resolveu escrever uma carta de despedida pra... sei lá, Jean Grey (HUAHA). Na carta ele dizia pra ela ir se acostumando, porque ele estava decidido a partir sozinho. Não que a culpa fosse dela, mas ele não queria mesmo que ela se metesse. Logo ele iria sair e encher a cara na noite fria e chuvosa... Depois, ninguém sabe.

"Chore sozinha, Jean Grey... Mas não me esqueça", dizia a carta. "Não te verei essa noite. Vou pra muito longe... Por favor, não me siga".

Não era que ele tivesse virado emo, sabe. Mas essa vida de mutante centenário onde todos que cruzam seu caminho morrem (seja por suas próprias mãos garras, ou por vingança de inimigos) não é lá muito animadora...

2) The New Version of You - Reel Big Fish
músicaletra

Jean Grey recebeu a carta e ficou puta. Tratou de ir correndo atrás dele e jogar algumas coisas na cara de Wolverine.

"Você disse que ia mudar pra melhor e agora tá aí deprimido!", diz ela. "Odeio essa nova versão de você. Se tem uma coisa que eu adoraria fazer é MATAR essa sua nova versão u.u"
if there's one thing I'd like to do is KILL - THE new version of you! ♪

"Vai em frente, guria", replica ele. "Tava a fim de morrer, mesmo".

Jean Grey não se dá por vencida e tenta fazê-lo perceber que ele ainda é o mesmo.

3) Moving to New York - The Wombats
músicaletra

Wolverine então muda de ideia.

Não, não vai mais se matar.

Ou quase isso: vai se mudar pra Nova Iorque, a cidade que nunca dorme. Lá ele vai "descansar a cabeça" e dormir melhor. Se é que isso faz sentido, mas nada na vida de Wolverine faz sentido.

Ela tenta saber se ele quer que ela vá junto, e ele diz que ela que sabe; pelo menos lá o Natal chega mais cedo. Ou assim parece.

4) All I Want is More - Reel Big Fish
músicaletra

Ele explica que quer abandonar tudo porque as pessoas em que confiava o abandonaram. Isso não era mais problema dele.

"Um dia eles vão voltar pra mim, e eu vou dizer: por que vocês não vão se ferrar?".

Em Nova Iorque novos horizontes se abrem pra ele...

"Fica aí, Jean Grey. Vai retocar a raiz do cabelo".

5) Stop Me If You Think You've Heard This One Before - The Smiths
músicaletra

"Olha, Wolverine", diz ela. "Me interrompa se eu já disse isso antes, mas eu acho qu-"

"Já disse", corta ele.

"¬¬", olha Jean Grey.

"-Q", pergunta ele. (HAUHAUAHUAHAUHUHAUAHA MELHOR DIÁLOGO)

"Wolverine, pensa bem no que você está dizendo. Nova Iorque não é o lugar pra você ir."

"E por que não?", diz ele, já virando as costas e saindo pela porta.

"Porque EU NÃO SOU QUEM VOCÊ PENSA QUE SOU!", confessa ela de repente.

Curioso, Wolverine se volta e a olha com aquela cara de "Gzuis, será que eu peguei um traveco? o.O"

"É isso mesmo que você está pensando", diz ela.

6) She's Electric - Oasis
músicaletra

"Aquela noite que você me viu dançando naquela boate, eu tinha acabado de colocar o silicone. Ainda doía, por isso que eu parecia agitada"

"Preciso de mais tempo", diz ele, confuso.

"Respeito sua confusão, mas você precisava saber".

Agora Wolverine sentia ainda mais vontade de ir pra Nova Iorque. Ou se matar, mesmo.

"Já me decidi, vou embora e apagar você da minha vida", decide Wolverine.

7) Leave Out All The Rest - Linkin Park
músicaletra

"Você vai se arrepender disso, Wolverine", ameaça Jean Grey, anteriormente João Geraldo.
"Esqueça isso, pense só para a frente. Você ainda vai sentir minha falta!!".

"Nunca! Eu devia estar muito chapado...", arrepende-se Wolverine por sua volúpia. (oh)

"Confesso que nunca fui perfeita, mas você também não. Esqueceu daquele episódio-"

"CALA A BOCA, TRAVECO!", ele perde a paciência. "NUNCA SEREI QUEM VOCÊ É!", e foi embora batendo a porta.

8) S.R. - Reel Big Fish
músicaletra

E enquanto ia fazendo seu caminho para Nova Iorque, Wolverine só conseguia pensar numa coisa:

"O que foi que aconteceu com o Suburban Rhythm? Por que o Ed e o Scott saíram?"

Na verdade eram duas coisas, mas pensamentos fixos que não o deixavam. Coisas que ele decidiu que descobriria. Mas... não em Nova Iorque.

"Será que a Califórnia é muito longe?", calcula ele mentalmente.

9) I Want You (She's So Heavy) - The Beatles
músicaletra

E então Jean Grey lhe veio à mente novamente.

"Eu a queria tanto... Mas ela era tão pesada". (HAUHAUAHAUHAUH trocadilho infame) "Agora tudo se encaixa".

E por mais ou menos 7 minutos (tempo de duração da música xD) ele pensava no QUANTO ela realmente era pesada.

"Meu Deus, eu carregava um homem", envergonha-se ele de tudo o que aconteceu.

10) 22 Grand Job - The Rakes
músicaletra

Quando chegou à Nova Iorque, percebeu que aquele era o lugar certo para ele. Muita coisa para fazer.

Logo ele percebeu que haviam 22 empregos perfeitos para ele: trabalhador da construção civil, lenhador, lutador profissional, açougueiro, trabalhador braçal de fábricas, atendente de telemarketing, puxador de carroça, garçom, office boy, go go boy, faxineiro, babá, matador de aluguel, acompanhante de velhinhas, segurança, vendedor de espetinhos, modelo, bailarino, personal trainner, taxista, croupier em cassino e, se nada desse certo, garoto de programa.

Qualquer coisa servia para apagar o passado de sua mente... mais uma vez.

FIM

.

• Coloquei os links das músicas, caso tenha despertado curiosidade;
• Deixei também os links pras letras, caso alguém tenha achado tudo muito nonsense e queira comparar - muita coisa eu tirei da letra da música, mesmo :B
• Tive que viajar MESMO na S.R., mas não tive opção!
• O mais difícil foi pensar em 22 profissões em pouco mais de 2 minutos HUAHAU
• Ah, sim... Alguém reparou que eu não gosto da Jean Grey? :D HAUH

Gzuis, esse post deu trabalho.

15/07/2009

Alguns pareceres sobre nada e tenha um bom dia!

Oe, lá venho eu com as costumeiras novidades dispensáveis o/

• PC novo chegou - ENDLICH!! Ainda tá sem net e precisa de umas gambiarras, mas o antigo tá muito bem posicionado aqui no meu cafofo e será só meu e pras minhas porcarias *o*

• Ok, na verdade nem tenho novidades HAUHAUh

.

Hoje não vou postar Old School porque já falei de velharia no último post e não vou encher o pouco saco de vocês u.u

Mas como hoje o Marky Ramone faz aniversário (53), vou postar a melhor letra dele (na minha não-solicitada opinião). O que é muito, vindo de um baterista. (não desmerecendo)

SIM SENHORES, RAMONES DUAS QUARTAS-FEIRAS SEGUIDAS E NÃO ME ENCHAM u.u

Have A Nice Day

I heard it from the gangster
I heard it from the priest
I heard it from my best friend
Way down the Middle East

Have a nice day!
That's all I hear every day!
Have a nice day!
I don't believe a word you say!

I heard it from the landlord
When he kicked me out
I heard it from the spirits
As they possessed my house

Have a nice day!
That's all I hear every day!
Have a nice day!
I don't believe a word you say!

When they look me in the eye
I turn the other way
It's just a trained reaction
Something they gotta say... yeah

I heard it in New Zealand
I heard it in the club
I heard it from my doctor
Before he pulled the plug

Have a nice day!
That's all I hear every day!
Have a nice day!
I don't believe a word you say!
Have a nice day!
That's all I hear every day!
Have a nice day!
I don't believe a word you say!

http://www.youtube.com/watch?v=P9Lry2TVsUg

.

Ouvi isso do gângster
Ouvi isso do padre
Ouvi isso do meu melhor amigo
Descendo pro Oriente Médio

Tenha um bom dia!
É só o que eu ouço todo dia!
Tenha um bom dia!
Eu não acredito numa palavra sua!

Ouvi isso do senhorio
Quando me despejou
Ouvi isso dos espíritos
Que assombram minha casa

Tenha um bom dia!
É só o que eu ouço todo dia!
Tenha um bom dia!
Eu não acredito numa palavra sua!

Quando eles me olham nos olhos
Eu viro pro outro lado
É só uma reação treinada
Algo que eles têm que dizer... é

Ouvi isso na Nova Zelândia
Ouvi isso no clube
Ouvi isso do meu médico
Quando ele desligou a tomada

Tenha um bom dia!
É só o que eu ouço todo dia!
Tenha um bom dia!
Eu não acredito numa palavra sua!
Tenha um bom dia!
É só o que eu ouço todo dia!
Tenha um bom dia!
Eu não acredito numa palavra sua!


.

Eee fui.

13/07/2009

We're Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band! ♫

Meio óbvio falar de Beatles no Dia Mundial do Rock, mas é que hoje aconteceu o que posso chamar de "uma das coincidências mais felizes da minha vida", e preciso contar!

O único lugar aqui na cidade onde existe o Sgt. Pepper's pra vender é nas Lojas Americanas (acreditem, nem nas lojas de CDs tem!). Então, toda vez que eu ia até lá, na sessão de CDs, eu pegava o Sgt. Pepper's no colo, olhava pra sua etiqueta de preço (R$ 41,99) e lamentava... Se tornou tipo um ritual sabem, era sagrado eu ir às Lojas Americanas, ir direto pra sessão de CDs, pegar o Sgt. Pepper's e lamentar. Foi-se a época quando eu podia pagar 42 reais num CD. Enfim...

Aí hoje entro lá e já em frente à porta tem uma banca de CDs em promoção; vou ali dar uma olhada desinteressada porque todos nós sabemos o nível dos produtos que chegam à essas bancas. Alguns CDs encalhados do High School Musical e tal... e o Sgt. Pepper's. @________@

Peguei-o e me dirigi à máquina de consulta de preço o mais cautelosamente possível. Só podia ser engano, colocaram ali pra tirar com a minha cara, só podia. Passo o código de barras... "R$ 7,99".

Sim, meus amigos. Sete reais e noventa e nove centavos.
Pelo Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band.
Chega a ser uma calúnia. AUHAUAHUAHUAHAUHu

Mas agora ele é meu, só meu, todo meu, e nada vai tirar ele de mim
FIM :D

.

E pra curtir o resto do dia com um rock'n'roll de verdade à moda dos Beatles, vamos ver o vídeo de... Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band! HAUHAUHAU



E, em 2007, a rádio BBC2 gravou um disco especial em comemoração aos 40 anos do Sgt. Pepper's, e cada faixa do álbum foi regravada por um artista/banda diferente. O Oasis regravou "Within You Without You", mas não é essa que eu vou colocar aqui, há!

Vou colocar a que, na minha opinião, foi a mais legal de todas:
A versão do Stereophonics pra Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Reprise): (que é outra música, há)



.


:)

12/07/2009

I once knew a guy...


Streetlight Manifesto?
12 de setembro em São Paulo?
Se eu vou?
Se eu sou louca de perder o show da minha segunda banda de ska favorita assim, ao vivo e a cores, na minha frente?!

PERGUNTA DE NOVO!!
AUHAU

Já citei o SM algumas vezes aqui no blog, a última vez foi no post da Morte. Queiram as poderosas forças cósmicas que eu possa ir *___*

Agora vou colocar a musiquinha que tá na minha cabeça desde que acordei hoje, play e sejam felizes (felizes mesmo, não tem como não ficar HUAH):



We Will Fall Together

I once knew a guy obsessed with the afterlife
Oh, what a terrible day that was
He realized he'd wasted all his time
(Time) was ticking by and he'd been left behind
And as the clock tick-tocked his heart did stop
And everything he had was fucked

And we know not what we do
(Can you hear them call?)
Will we ever make it through?
(As they watch us fall)
From the sky (to the ground) to the sea
Woe is me (woe is me), no one will save you now
We can only look away (away!)
Away...
We'll not be victims
There'll be no victims off to speak
And only then we will be free
And up will rise the meek

And when we fall, we will fall together
No one will catch us so we'll catch ourselves
And where we roam, we will roam forever
No one will understand what we meant

The beaten and the bruised, forsaken, the abused
Oh, what a glorious day we'll have
Rising up and claiming all our dues
The day will come as sure as the ever-setting sun
All of those that self-imposed
Will find themselves so indisposed

And we know not what we do...
(refrão)

Now, with the line drawn in the wet sand
You need to tell us where to stand
Sitting waiting watching rotting
Everything they warned us of is true
Now tell me what we're all supposed to do

They're coming after all of us with everything they've got
With the fury of a soldier who will answer to his God
So how will we fight?
All we have is logic and love on our side

(refrão)

O que me fisgou no SM foi primeiro esse ritmo rápido e tão harmônico, ao mesmo tempo bagunçado e tão divertido, os metais tão perfeitos e os vocais tão bem alternados. Aí então conheci as letras e ficou feita a cagada. Somewhere in the Between é um dos únicos álbuns que eu ouço inteiro SEMPRE, não tem uma música que eu pule.

O que também me lembra que eu mandei algumas traduções pro maldito site e foram todas recusadas. Como podem ver, as letras não são assim tão pequenas e fáceis, mas a falta de respeito ainda comanda nesse Brasil varonil :)

Tradução para os espertos que vão gostar da música ;D

.

Uma vez eu conheci um cara obcecado pela vida após a morte
Oh, que dia terrível foi aquele
Quando ele percebeu que estava perdendo todo o seu tempo
(O tempo) estava passando e ele foi deixado pra trás
E enquanto o relógio tiquetaqueava seu coração parou
E tudo o que ele tinha estava perdido

E nós não sabemos o que fazer
(Você consegue ouvi-los chamar?)
Será que um dia conseguiremos passar por isso?
(Enquanto eles nos veem cair)
Do céu (para o chão) para o mar
Ai de mim (ai de mim), ninguém vai te salvar agora
Nós só podemos olhar pra lá (pra lá)
Pra lá...
Não seremos vítimas
Não haverá vítimas para falarmos sobre
E só então poderemos ser livres
E os humildes se erguerão

E quando nós cairmos, vamos cair juntos
Ninguém vai nos pegar, então nós nos pegaremos
E pra onde vagarmos, vagaremos para sempre
Ninguém vai entender o que pretendíamos

Os açoitados e machucados, abandonados e abusados
Oh, que dia glorioso teremos
Nos erguendo e cobrando nossas dívidas
O dia chegará, tão certo quanto o sol que sempre se põe
Todos aqueles que se auto-impuseram
Se encontrarão tão indispostos

E nós não sabemos o que fazer...
(refrão)

Agora, com a linha desenhada na areia molhada
Você precisa nos dizer onde ficar
Sentados, esperando, observando, apodrecendo
Tudo o que eles nos disseram para ter cuidado é verdade
Agora nos diga o que devemos fazer

Eles estão vindo atrás de nós com tudo o que têm
Com a fúria de um soldado que vai responder a seu Deus
Então como lutaremos?
Tudo o que temos é lógica e amor ao nosso lado

(refrão)


.

Agora vou convencer a véia. Mesmo porque, parece que em dezembro vou ter que ir pra São Paulo de novo, e a progenitora não tá achando muito conveniente todas essas viagens :B
Torçam por mim!

10/07/2009

Eco (eco, eco, eco...)

Antes de falarmos do eco,

We like pizza, but she doesn't eat the crust
I love her and she loves everyone


(Nós gostamos de pizza, mas ela não come a borda
Eu a amo e ela ama todo mundo)


É que hoje é Dia da Pizza e Scott's a Dork me veio na cabeça HAUH
Enfim.

.

Um tempo atrás contei aqui a história da Pandora, a Primeira Grande Gansa. Sou apaixonada pela Mitologia Grega porque ela explica tudo, mais do que Freud e mais do que a Física (y). Hoje vou contar como surgiu o eco e porque ele se chama Eco :B

Eco era uma ninfa campestre, favorita da deusa Diana (da caça) e até a acompanhava em suas caçadas. Mas Eco tinha um probleminha: ela falava demais. E, pior do que isso, em qualquer discussão queria ter sempre a última palavra.

Um belo dia, a deusa Juno (a toda-poderosa, vingatiiiva que só ela, gzuis) saiu procurando pelo seu marido, Júpiter o Primeiro Grande Pulador de Cerca, pois estava desconfiada de que ele estava se divertindo com as ninfas (seráá, Juno?). Eco, então, começou a distrair Juno com sua conversa para que desse tempo das outras ninfas fugirem (acreditem, Juno fazia coisas terríveis com as pobres ninfas). Sóó que a Juno percebeu o truque, e lá vai ela se vingar da inconveniente Eco:
"Só conservarás o uso dessa língua com que me iludiste para uma coisa de que gostas tanto: responder. Continuarás a dizer a última palavra, mas não poderás falar em primeiro lugar"

Mas então acontece o horror, oh!, o horror. Eco vê Narciso e se apaixona por ele. Começou a segui-lo e queria falar com ele, mas não podia começar uma conversa por causa da praga da Juno. Então ficou esperando até que ele falasse com ela, e continuou a segui-lo.


Um dia, ele se separou dos seus companheiros de caçada e gritou: "Há alguém aqui?", e Eco respondeu "Aqui!". Narciso continuava gritando e Eco continuava a repetir suas últimas palavras, até que ele a viu e recuou, dizendo que jamais se uniria a alguém como ela, e fugiu. Eco ficou muito envergonhada e foi se esconder nos bosques, em cavernas e entre os rochedos das montanhas. Com o tempo, definhou e morreu, e tudo o que sobrou dela foi sua voz, que ainda pode ser ouvida nestes lugares quando alguém fala com ela.



Narciso é velho conhecido da Mitologia, todos sabemos que a história dele não foi muito feliz depois desse episódio. Por ter desprezado inúmeras ninfas depois de Eco, uma delas implorou à deusa da vingança para que ele conhecesse a sensação de amar e não ser correspondido. Daí aconteceu o famoso episódio de quando ele viu seu próprio reflexo na água e achou ser um belo espírito aquático, pelo qual se apaixonou. Como o ser amado era seu próprio reflexo, não podia falar com ele ou sequer tocá-lo, de forma que Narciso passou o resto da vida debruçado à margem do lago, até o dia em que morreu.

.

(Um dia ainda conto a história de Faetonte, o Primeiro Grande Adolescente Mimado :D)
Ah sim, inventei um apelido pra cada um deles HAUH.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:
BULFINCH, Thomas. "O Livro de Ouro da Mitologia: histórias de deuses e heróis". 27 ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

09/07/2009

desabafo + melhor questionário ever!

Antes de partir pra parte nojenta engraçada da coisa, só queria dizer umas coisas...

Essa (falta de) privacidade me mata. Esses dias atrás até postei aqui sobre como largamos nossas informações pela internet afora, e, quando fazemos isso, sabemos que estamos abrindo mão de uma coisa muito importante que é a nossa privacidade, ok. Mas e quem é que resiste à tentação de largar seus pensamentos e fotos por aí para que todos vejam, não é? Por causa da consequência desses atos (que graças a Deus não é nada grave, pelo menos até onde sei), tive que trocar o nome do blog, como já disse, e também encerrei minha conta de quase 4 anos no Fotolog. Quando nos tornamos pessoas "públicas", estamos sujeitas a todo tipo de 'doença' das pessoas que têm acesso possuam. Mas para não se isolar do mundo virtual, a solução é divulgar suas URLs somente pra pessoas de confiança e não aceitar ninguém que você não conheça no Orkut ou o site de relacionamentos que for. E não sair espalhando suas fotos pra todo canto. Isso todo mundo já tá careca de saber, mas é sério, sejam mais cuidadosos com suas coisas.

(ouvindo Live pra sossegar a gastrite nervosa)

.

Agora vamos pra parte legal.
Achei esse questionário num blog e achei a coisa mais bizarra. Seria até legal que vocês fizessem também, adoraria ver o que vocês escolheriam!

• Que competição você acha que teria mais chances de vencer: de culinária, de comer mais tortas, a da camiseta molhada, soletrar palavras ou uma corrida de maratona?
Soletrar, única coisa que eu sei fazer direito aí HUAHAU

• Como você preferiria morrer: enforcado em público, queimado, afogado ou atacado por um tubarão em alto-mar?
Afogada...? o.O

• Em que caso destes você se sentiria mais culpado: atirar no peito de alguém acidentalmente ou provocar um incêndio numa floresta que mataria milhares de animais?
O incêndio na floresta não seria nada bom pro meu currículo de bióloga...

• Você preferiria beber um copo de: água de lama, azeite de oliva, vinagre ou saliva?
Azeite de oliva, acho *enjoa só de pensar*

• Se você ganhasse $1.000 pra gastar na loja que quisesse, que loja seria: de brinquedos, de eletrônicos, de livros, de roupas ou de decoração para casa?
De livros, beeem provavelmente. Porque lá geralmente tem CDs e DVDs também \o/ hauhauahua

• O que você preferirira comer no jantar: costelinhas de gambá, um rato bem frito, bife de cachorro ou gato ao óleo quente?
Acho que as costelinhas de gambá ô.o

• Se você estivesse pobre e desesperado por dinheiro, o que você venderia primeiro: seu esperma/óvulos, seu anel de casamento, seu carro ou seu corpo (prostituição)?
Meus óvulos, claro! Minha genética é até "vendível" HUAHAUH

• O que você preferiria fazer: correr pelado numa pré-escola, caminhar sobre carvão em brasa, marcar seu peito a ferro quente ou grampear mortadela na sua bochecha (wtf)?
Caminhar sobre carvão em brasa, gzuis.

• Um amigo constrói uma máquina do tempo e quer que você viaje com ele; em que direção você vai: pro passado, pro futuro, ou se recusa a ir?
Pro passado, independente de onde for xD

• O que você preferiria que atirassem em você: um balde de ácido de bateria, um picador de gelo, cinco Shurikens ou 50 aranhas?
Acho que o picador de gelo... Ainda tenho a chance de ser acertada pelo cabo, huahua

• Por $1.000.000 você:
► mataria um mendigo? não
► comeria uma porção de larvas? não G.G
► deixaria alguém vomitar na sua boca? afe, não
► sentaria em um vespeiro? não ô.o
► deixaria um urubu picar seus pés por meia hora? gzuis, acho que não.
► tatuaria um "666" na sua testa? não õ.o
► trairia sua esposa/marido? não... (tô vendo que nunca terei um milhão UAHAU)
► esfolaria toda a primeira camada da sua pele em uma lixa gigante? que estupidez, não õ.o
► estrelaria num filmê pornô hardcore? não ô.o
► espancaria um membro do clero? auhau não
► caminharia descalço sobre 100 lâminas? podia tentar \o/
► mudaria sua etnia? difícil hein, mas podia tentar também.
► colaria chifres de veado permanentemente à sua cabeça? HAUHAUAHAU acho que não :B
► urinaria na fiação elétrica? por um milhão... podia tentar também xD
► nadaria em uma fossa séptica? não sei nadar, poxa.
► deceparia um dos seus dedões do pé e comeria? eca, não HAUHA
► seguraria uma tarântula? ah, moleza essa \o/
► passaria a noite sozinho numa casa com fama de assombrada? com certeza *o*

• Qual dos 5 sentidos você preferiria perder: visão, audição, tato, paladar ou olfato?
Olfato.

• De qual desses grupos alimentícios você desistiria pro resto da sua vida: vegetais, frutas, carne, laticínios, cereais ou doces?
Vegetais, sem esforço algum AUHAUA

• Que reputação você preferiria ter: promíscuo, burro como uma porta ou feio como o diabo?
Feia como o diabo, afinal tem gosto pra tudo (y)

• De qual condição você preferiria sofrer daqui a dez anos: obesidade, perda de audição, incontinência ou senilidade?
Senilidade, não tô muito longe disso mesmo HUAHA

• Em que tipo de comercial você preferiria estar: remédio pra herpes, creme pra hemorróida, pomada pra pé-de-atleta ou fraldas geriátricas?
Fraldas geriátricas seria descolado HAUHAUHAUHAUAHUAHAUH

• Do que você preferiria desistir por um mês inteiro: todo e qualquer contato humano, produtos de higiene ou eletricidade?
Contato humano (y)

• Onde você preferiria estar perdido: no mar, no deserto, numa caverna ou na selva?
Na selva, pelo menos as chances de sobrevivência são maiores ô.o

• Você encontra maconha crescendo no seu quintal; o que você faz: fuma, vende, destrói ou chama a polícia?
Que polícia, o que, sei bem o que eles fazem com isso. Acho que destruiria, mas se alguém descobrisse antes e quisesse comprar... (pagando bem, que mal tem? HUAHAHUA).

• Do que você preferiria livrar o mundo: da doença, do crime ou da fome?
Fome. Fome é a principal causa de doenças e crime (H)

.

Curti isso, sério, dá no que pensar HUAHUAH

08/07/2009

Old school [parte 5]

Tudo na paz?
Aqui tá na paz... Mais na paz, impossível. Férias = tédio.

Old school de hoje será meu hino. Tanto que até vou postar a tradução, ao invés da letra, desta vez. E o segundo motivo pela minha escolha do dia (segundo não, o primeiro!), é que amanhã, dia 09/07, CJ Ramone estará ALI em Goiânia e eu não estarei lá para ver o sobrevivente dos meus Ramones favoritos (porque o outro favorito era o Johnny). Alguns amigos irão e eu vou infernizar a vida deles até que me contem todos os detalhes.

Bom, deixa pra lá.

Ramones - I Don't Want to Grow Up



• Ok, na verdade essa música é de Tom Waits, mas aparece como faixa de abertura do álbum ¡Adios, Amigos! (1995), o último dos Ramones. Nenhuma outra informação especial sobre a música, então vamos à letra:

Quando estou deitado na minha cama à noite
Eu não quero crescer
Nada nunca parece dar certo
Eu não quero crescer

Como é que você se mexe num mundo de neblina
Onde as coisas estão sempre mudando?
Às vezes isso me faz querer ser um cachorro

Quando eu vejo o preço que você paga
Eu não quero crescer
Eu nunca vou querer ser desse jeito
Eu não quero crescer

Parece que as pessoas estão sempre se tornando
Naquilo que não querem ser
A única coisa pela qual se deve viver é hoje

Eu vou fazer um buraco na minha televisão
Eu não quero crescer
Abrir a caixa de remédios
Eu não quero crescer

Eu não quero ter que gritar
Eu não quero que meu cabelo caia
Eu não quero ficar cheio de dúvidas
Eu não quero ser um bom escoteiro
Eu não quero ter que aprender a contar
Eu não quero ter a maior fortuna
Eu não quero crescer!

Quando eu vejo meus pais brigando
Eu não quero crescer
Eles todos saem e bebem a noite inteira
Eu não quero crescer

Eu prefiro ficar aqui no meu quarto
Não tem nada lá fora a não ser tristeza e escuridão
Eu não quero viver em uma grande tumba velha na avenida principal

Quando eu vejo o noticiário das cinco
Eu não quero crescer
Pentear os cabelos e engraxar os sapatos
Eu não quero crescer

Ficar aqui mesmo na minha velha cidade natal
Eu não quero ter que apostar dinheiro
Eu não quero fazer grandes empréstimos
Ter que trabalhar duro
Eu não quero voar numa vassoura
Me apaixonar, casar e daí bum!
Como foi que eu cheguei aqui tão rápido?

Eu não quero crescer!


e se continuar assim, não cresço tão rápido (y)

.

Depois comento nos vossos respectivos blogs, tô indo ali com a galerinha assistir A Era do Gelo 3 (versão normal, porque 3D aqui é mito) ;*

05/07/2009

Metal das Abóboras IV

Oi, povo! Tudo bem com vossas pessoas?

Como prometido, contarei aqui como foi nosso tradicional evento metalístico rioverdense... Não que vá ser muito bom o que vou dizer, mas vamos lá.

Infelizmente, esse evento teve tudo pra dar errado. Não posso dizer se no fim das contas acabou valendo a pena porque tive que ir embora mais cedo, logo contarei isso também.

Mas vamos listar as coisas na ordem. Primeiro: pouquíssima gente apareceu. Geral reclamando do preço (R$15) e do local, que diziam ser muito longe. É longe mas é onde dá pra fazer sossegado né? Sem vizinho pra acabar com tudo, como toda vez...

Depois, a última banda que se apresentaria, a Sunroad de Goiânia, desmarcou em cima da hora - POR ORKUT. A organização do evento só soube quando já tinha começado, quando alguém comentou que viu o tópico na comunidade do vocalista desmarcando o show por "motivos de força maior". Podia pelo menos ter a decência de avisar a organização, mas...

Depois, a primeira banda, Roses Tears, daqui mesmo, era pra ter chegado ao local pra passar o som às 16h, e apareceu lá às... 20h. Quando o evento tava marcado pra começar às 21h. Ou seja, quando todos chegamos, a Roses Tears AINDA estava passando o som. E, pra fechar (pelo menos até onde sei, não sei se teve mais zica depois disso tudo), a banda Dark Side, que vinha de Jataí, liga avisando que o ônibus quebrou ou sei lá o que foi que aconteceu e eles iam demorar mais pra chegar (tanto que a hora que fomos embora, lá pela meia noite e meia, eles ainda não tinham chegado).

Mas vamos então falar da Roses Tears, que foi a única que eu vi tocar. Vocal feminino. Já devo ter comentado aqui, sou totalmente machista com banda de vocal feminino. Se ao menos elas se contentassem em cantar músicas de bandas que têm vocal feminino, tudo bem :B Mas elas insistem em cantar música pra homem. Aí o que elas fazem, elas inventam uma linha feminina pro vocal, que quase nunca combina com a coisa. Enfiam uns agudos onde não tem e, pior, até uma ou outra passagem lírica. VAI CANTAR NIGHTWISH, MINHA FILHA!!

Falando sério (não que antes não fosse sério), eles abriram com Sad But True. Isso foi bem feito pra mim, que vivo reclamando que nunca toca Metallica no Metal. A guria simplesmente destruiu a música. Ela comeu a primeira frase do refrão todas as vezes. Ela emendou frases, ela misturou trechos. Ninguém acaba com Metallica assim na minha frente, ninguém. Pior que depois tocaram Enter Sandman também, e ainda Seek and Destroy. Agora me digam se vocês conseguem imaginar essas músicas cantadas por uma guria forçando agudos?

Depois tocou alguma coisa do Iron Maiden (oie, já falei que é tradição?). Pra Iron a voz dela já ficou boa, porque Bruce faz agudos. Galera curtiu. Mandaram Helloween também (I Want Out), e ficou muito boa essa, devo admitir. Mas Metal Melódico fica bom com vocal feminino. Metallica não! u.u. Lembro de ter tocado outra do Helloween, mas já não lembro qual era. O repertório foi super extenso, tocou muita coisa - tenho impressão de que tocou até Annihilator, mas não tenho certeza, a essas alturas eu já tava bem mal.

Ah, então, pois é. Porque a gente foi embora mais cedo. Passei mal pra caramba.
Ainda à tarde meu estômago estava estranho, acho que a gastrite nervosa atacou de novo. Passei raiva à tarde por causa de certas coisas (que inclusive me levaram a ter que trocar o endereço do blog), acabei não comendo direito por causa da dor, e então à noite não aguentei. Dor/enjoo, falta de ar, pressão baixa. Normal. Fiquei do lado de fora a maior parte da apresentação da Roses Tears, por isso não tenho muita certeza quanto ao repertório completo. A segunda banda tava demorando muito pra chegar, de forma que todos (todos - eu, Giuli e uns amigos que ficaram por perto "socorrendo") achamos melhor eu ir pra casa e descansar.

Fiquei chateada por ter perdido mais uma vez uma apresentação da Oráculo, sem falar que acabei com a noite da Giuli também. Fazer o que, eu bem que tentei ficar lá o máximo de tempo que aguentei. Algumas pessoas também ficaram chateadas, mas acho que elas entenderam :B

Hoje ainda não tô muito melhor, estômago ainda tá pegando um pouco. Hoje não saio de casa.

Depois de todo o prejuízo que foi o Metal desse ano, provavelmente só haverá outro daqui a dois anos, como aconteceu agora dessa última vez... Vamos esperar. Tomara que o Luciano não desista, Metal é tradição!! Vem muita gente de fora pra curtir o evento, galera faz caravana, é mó legal, haha

É isso.

04/07/2009

Mudança

Oi galera,

rapidão aqui só pra dar um aviso: precisei mudar o nome do blog por motivo de força maior. Pra atualizar na sua lista de blogs atualizados façam o seguinte:

(deve ter um jeito mais fácil, mas eu só sei assim:)

1. Lá no seu painel, onde tem a lista dos blogs que você acompanha, clique naquele botão "administrar". Encontre o meu blog na lista, clique em "configurações" e depois em "parar de seguir este site". Confirme.

2. Depois, desça até o fim da lista, clique no botão "adicionar" e cole o novo endereço:
http://herecomesthezombie.blogspot.com. Confirme tudo e pronto.

Me desculpem pelo trabalho, depois eu digo na conta de quem vocês colocam.

Bjo.

curtia - nem curtia u.u

3 inutilidades postadas seguidamente pela total falta de assunto. Se não for mais postar hoje, já os lembro que à noite estarei na 4ª edição do Metal das Abóboras, so don't wait for me ;*
(então provavelmente amanhã eu tenha assunto :D)

Vamos lá:

Confira neste site o top 100 das músicas que tocavam nas rádios no ano em que você terminou a escola. Marcar em negrito as que você gostava (ou ainda gosta), riscar as que você não gostava ou não suportava ouvir tocando, e ignorar as que você não se lembra de ter ouvido ou não conhece.

Em 2004 eu já não ouvia tanto rádio quanto antes, foi um ano difícil em alguns sentidos, de forma que a mudança pra cá me desanimou totalmente com a programação local :B Então tem muita coisa que nunca ouvi, mas ainda tem alguma música ou outra que eu me lembro de ter ouvido (e muito!). Vejamos o top 100 de 2004, então:

1. The Reason, Hoobastank
2. This Love, Maroon 5 (amava, nossa)
3. Yeah, Usher featuring Ludacris & Lil' Jon
4. Leave (Get Out), JoJo
5. She Will Be Loved, Maroon 5 (embora amasse This Love, nunca consegui gostar dessa!)
6. Pieces Of Me, Ashlee Simpson
7. With You, Jessica Simpson
8. The Way You Move, Outkast
9. My Immortal, Evanescence (ouvia bastante Evanescence, mas nunca suportei My Immortal)
10. My Happy Ending, Avril Lavigne (pqp, pior que sei essa merda de cor)
11. My Boo, Usher & Alicia Key
12. Burn, Usher
13. Toxic, Britney Spears (overdose disso nessa época, gzuis)
14. If I Ain't Got You, Alicia Keys
15. Breakaway Kelly Clarkson
16. Dare You To Move, Switchfoot
17. Dip It Low, Christina Milian
18. Over And Over, Nelly featuring Tim McGraw
19. Hey Mama, Black Eyed Peas
20. Meant To Live, Switchfoot
21. Lose My Breath, Destiny's Child
22. I Don't Want To Be, Gavin DeGraw
23. Naughty Girl, Beyoncé Knowles
24. Let's Get It Started, Black Eyed Peas
25. On The Way Down, Ryan Cabrera
26. I Don't Want You Back, Eamon
27. Falls On Me, Fuel (só fui conhecer Fuel depois, e ainda nem conheço essa música :P)
28. Roses, Outkast (acho que me lembro vagamente desta)
29. One Thing, Finger Eleven
30. Move Ya Body, Nina Sky
31. I Don't Wanna Know, Mario Winans featuring Enya & P. Diddy
32. Broken, Seether featuring Amy Lee (e quem nunca cantou isso com um amigo/a?)
33. Everytime, Britney Spears
34. The First Cut Is The Deepest, Sheryl Crow
35. Scandalous, Mis-Teeq
36. The Voice Within, Christina Aguilera
37. Take My Breath Away, Jessica Simpson
38. Turn Me On, Kevin Lyttle
39. Heaven, Los Lonely Boys
40. 1985, Bowling For Soup
41. Ocean Avenue, Yellowcard
42. Don't Tell Me, Avril Lavigne (mesmo caso da outra)
43. Confessions Part 2, Usher
44. Milkshake, Kelis
45. Eighth World Wonder, Kimberly Locke
46. Me, Myself And I, Beyoncé Knowles
47. Sunshine, Lil Flip
48. Baby It's You, JoJo
49. Numb, Linkin Park (tempos felizes \o/)
50. Goodies, Ciara
51. Welcome To My Life, Simple Plan (puta música chata)
52. Drop It Like It's Hot, Snoop Dogg
53. Come Clean, Hilary Duff
54. My Band, D12 featuring Eminem (puta música chata²)
55. One Call Away, Chingy
56. Hold On, Good Charlotte
57. Freek-A-Leek, Petey Pablo
58. Daughters, John Mayer
59. Tipsy, J-Kwon
60. Slow Jamz, Twista featuring Kanye West & Jamie Foxx
61. Are You Gonna Be My Girl, Jet (não posso marcá-la pois só fui conhecer bastante tempo depois...)
62. Just Lose It, Eminem
63. The Trouble With Love Is, Kelly Clarkson
64. Hotel, Cassidy featuring R. Kelly
65. I Like That, Houston
66. Bounce, Sarah Connor
67. Lady, Lenny Kravitz
68. Slow Motion, Juvenile
69. I Miss You, Blink-182 (puta música chata³)
70. Feelin' Way Too Damn Good, Nickelback (foi hino, haha)
71. My Place, Nelly
72. Dirt Off Your Shoulder, Jay-Z
73. Vertigo, U2 (embora não ligue muito pra U2, mas sempre gostei dessa música)
74. You Don't Know My Name, Alicia Keys
75. Gigolo, Nick Cannon
76. White Houses, Vanessa Carlton
77. Let's Go, Trick Daddy
78. You And I Both, Jason Mraz
79. Overnight Celebrity, Twista
80. (I Hate) Everything About You, Three Days Grace (foi paixão à primeira ouvida *.*)
81. Only One, Yellowcard
82. Change Clothes, Jay-Z
83. 100 Years, Five For Fighting
84. Echo, Trapt
85. I'm Still In Love With You, Sean Paul
86. Breaking The Habit, Linkin Park (outra de tempos felizes \o/)
87. Shadow, Ashlee Simpson
88. What You Waiting For?, Gwen Stefani
89. How Come, D12
90. Slow, Kylie Minogue
91. Some Girls (Dance With Women), JC Chasez
92. Vindicated, Dashboard Confessional
93. God Is A DJ, Pink
94. Lean Back, Terror Squad
95. Accidentally In Love, Counting Crows (Shrek ftw \o/)
96. Just A Little While, Janet Jackson
97. Away From The Sun, 3 Doors Down (e nunca mais ouvi 3 Doors Down o.O)
98. Angels, Jessica Simpson
99. Locked Up, Akon
100. Not Today, Mary J. Blige featuring Eve

.

Well, vejamos como será meu sábado. Qualquer coisa, postarei ;*

03/07/2009

Toda mocinha tem sua bolsinha :P

Achei isso em um blog ontem e achei interessante.

É pra tirar uma foto da sua bolsa e depois uma foto de tudo o que tem dentro dela, e comentar sobre o conteúdo - é pra fotografar TUDO, não importa o quanto seja vergonhoso xD

Vamos conhecer a minha bolsa então:


Já explicando o "lado de fora": eu penduro nela tudo o que acho pela frente - chaveiros, buttons, cordinhas, pingentes... Minha bolsa parece um taxi. Aí vocês veem o meu button do Noel, que foi o único que eu deixei (depois que perdi o meu do Sex Pistols, deixei só um!). Aquela coisa colorida ali no canto é uma sequência de DNA que eu mesma fiz com miçanga (costumava ser boa nisso). E aqui na frente, em metal, minha plaquinha de identificação militar do Wolverine *_*

Agora vamos ver o que tem dentro:



1. Minha munhequeira pra tendinite oe. Fica na bolsa caso a coisa fique feia, mas já tem um tempinho que não precisei mais usar (às vezes uso pra esconder a tatuagem, em casos extremos);
2. Meu celular;
3. Balas - sempre tem bala ou chiclete na minha bolsa, pra momentos de ansiedade na rua :D
4. Óculos. E é na bolsa que ele fica a maior parte do tempo, jogo lá e esqueço dele. Aquele adesivo gay ali foi a Ju que colou pra eu não esquecer dela - não tirei, viu mano? xD
5. Isso aí é daqueles espelhos acoplados com uma escova, sabem (ou é o contrário?)? Uma mão na roda pra quem tem franja e pega vento no cabelo o dia todo;
6. Elástico pra cabelo. Sim, porque o vento me transforma num poodle recém escovado e nesses casos eu PRECISO prender a juba;
7. Canetas e post-it. Olha quanta caneta eu carrego! É porque todos sabemos que num momento de emergência as canetas nunca pegam, então já coloquei um monte. Fora que são elas que salvam meu coleguinhas de francês quando eles esquecem suas respectivas em casa :B O post-it ainda não sei porque carrego (HUAHAUHAUAH)... Mentira, ano passado a chefe me deu um monte pra eu deixar os recados colados no computador dela. Não trabalho mais, mas os post-it continuam comigo;
8. Caderneta - pra anotar coisas, oras. A pessoa que ler isso um dia vai ficar confusa, tem de tudo ali;
9. Chaves de casa;
10. Isso é meu iPod numa capinha gay. Meu fiel companheiro de longas caminhadas ;
11. Fotos 3x4. Não que eu me orgulhe de sair com isso na rua, mas às vezes preciso preencher cadastros/currículos, aí tenho que ter essas desgraças à mão;
12. Carteira de trabalho. Podia deixar em casa já que é inútil, mas a esperança é a última que morre HUAHUA;
13. Essa bolsinha suja é onde eu guardo moedas e os pen drives;
14. Minha carteira. Veeelha carteira, preciso urgentemente trocá-la, os plásticos onde ficam os documentos estão... @_@
15. Pois é, o 15 aqui é simbólico, porque só fui perceber que tinha esquecido uma coisa quando já tinha guardado tudo e vi ele escondidinho lá no fundo da bolsa.... Meu canivete!!!

Como veem, não carrego maquiagem nem cremes nem frescuras de mulher (sem ser a escova, mas escova não é frescura, e eu só uso em casos extremos!).

E vocês gurias, o que carregam em suas inseparáveis bolsinhas? :B