Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

Transmissão do Humbug - ao vivo

Então, galere, conforme estava marcado, hoje às 9:00PM (horário do Reino Unido) - 17h aqui pra gente, o Arctic Monkeys tocou ao vivo o álbum novo - Humbug - na íntegra pelo site oficial da banda. Na verdade ainda está, mas estamos enfrentando alguns probleminhas técnicos :B

Acredito que o fato da transmissão ser ao vivo pela internet + gente do mundo inteiro conectada no site ao mesmo tempo + conexão fdpfdpfdpfdpfdpfdp desse computador estejam impedindo que eu veja o show nesse exato momento :) Mas consegui ver toda a primeira meia hora, entre umas travadinhas e outras; agora o site saiu do ar, não sei só aqui ou geral. Pena, gosto de vê-los tocando, eles tem uma velocidade em sintonia que é brincadeira. Mas sem grilo, logo aparece em algum lugar pra assistir de novo/baixar, eu espero :)




Falando das primeiras impressões que tive do álbum (que será lançado apenas mês que vem, mas já vazou na net); quando ouvi as primeiras músicas inéditas, ainda no YouTube, ao vivo e áudio com qualidade…

Old school [parte 7]

(já me perdi nas partes, mas acho que é sete)

Meio difícil escolher o de hoje, ouvi muita velharia essa semana e todas merecem destaque por algum motivo...

Então vou postar esta aqui hoje; mais cedo ou mais tarde acabaria sendo ela. O Live vem me conquistando a cada dia que passa, de forma que não consigo mais não ouvir...

Live - I Alone



(é legal ver esses vídeos antiguinhos, o Ed ainda tinha "cabelo" :B)


• I Alone saiu no álbum Throwing Copper, de 1994.

• Ed Kowalczyk explica que: "As pessoas pensam que 'I Alone' é uma canção de amor, quando na verdade não é. A letra é mais abstrata e possui uma mensagem muito maior." A letra se refere à uma passagem da Bíblia (Lucas 8:22-25), em que Jesus acalma a tempestade enquanto ele e seus discípulos estão em alto-mar. A canção, como a história, prova o poder do amor.
(via Wikipedia e SongFacts)

Letra:

It's easier not to be wise
And measure these things by your brains
I sank into Eden with you
Alone in the church by and by

I&…

OFF

Não ia postar hoje,

Mas fui acordada pela minha professora de alemão com uma notícia totalmente dispensável, mas enfim. O Centro de Línguas da Fesurv, onde eu estudava alemão e francês, fechou. Poucos alunos e os poucos que tinha ainda não estavam cumprindo seus deveres de bons alunos (como pagar as mensalidades ou fazer as provas dentro dos prazos). O que acontece agora? Parece que teremos que comparecer lá no mês que vem e fazer uma prova para podermos receber nosso diploma de curso incompleto :)

Agora eu vou dizer uma coisa,

Falta de responsabilidade é uma merda. Se você não tá nem aí com a sua vida e suas obrigações, outras pessoas estão, e a SUA falta de responsabilidade não prejudica só VOCÊ, ser acéfalo.

Ao invés de aproveitarem a oportunidade de poder fazer um (ou mais) curso(s) de línguas por um preço muito mais acessível do que o absurdo que cobram nas outras escolas, acham que isso é motivo pra não levar à sério. Agora por causa de atitudes egoístas, gente como eu e outras pess…

the way I live my life, I love

Quando um integrante de uma banda que existe há pelo menos 18 anos nunca aparece de outro jeito sem ser de chapéu, ou gorro, ou bandana, ou boné, ponha na sua inocente cabeça que o que há por baixo talvez seja muito mais do que uma reluzente careca ou algum penteado exótico...

Pode ser, tipo...

.
.
.
.
.
.
.
.


... uma tatuagem.

(sim, fiquei chocada quando descobri HUAHAU)

(ah, e também queria saber o que o Sr. Tim Armstrong está fazendo posando em frente a um letreiro da Dolce & Gabbana õ.o)

Oi, essa é a minha favorita ♥

Tchau.

.

Aliás, quem não viu o clipe novo do Arctic Monkeys dois posts pra trás, não vai ver mais - tiraram do YouTube (y)

A Dor do Não Vivido

Conferindo antigos CDs de dados meus, encontrei um arquivo com alguns emails que recebi e salvei. Me deparei com este texto e resolvi publicá-lo aqui. Creio que se aplica a todos nós: (oie Lu -q)

.

Definitivo, como tudo o que é simples.

Nossa dor não advém das coisas vividas, mas, das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Por que sofremos tanto por amor?

O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso, e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz.

Sofremos por quê?

Porque, automaticamente, esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido juntos e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela etern…

Old school [parte 6]

Eu sei que já entupi vocês de músicas ontem, mas semana passada já furei com a minha "programação especial" e não ia furar hoje de novo.

Bom,

a música que escolhi hoje é especialmente para vocês que ouviram Auf Kurs e se apaixonaram :)
Me sinto na obrigação de dizer que o OOMPH! nunca foi e nunca será a banda que vocês conheceram por esta música. O OOMPH! é uma das bandas mais bizarras que já conheci. Se duvidam, podem conferir pelo vídeo da própria Auf Kurs.

De 1989 pra cá o OOMPH! já lançou muita bizarrice - bizarrices censuradas na América (razão pela qual nunca pisaram aqui), bizarrices que envolvem principalmente violência, religião e sexo. Seus primeiros álbuns continham canções em alemão e em inglês, equilibradamente, embora com o passar do tempo tenham deixado o inglês de lado e dado preferência à língua-mãe. Os dois últimos álbuns são inteiramente em alemão.

Agora que estão familiarizados com a banda (não por falta de falar u.u), vamos à música de hoje!

OOMPH! - Ice-Coffi…

Conhecimentos gerais...

...sobre o que eu ando ouvindo.

Quem quiser novidades, post anterior.
Quem quiser conhecer músicas, pode continuar lendo.
Quem não quer nada, quer o mesmo que eu oe o/

Vou ver se consigo linkar todas ou o máximo que der, às vezes alguém quer ouvir, né...
Seria legal até, assim não me sinto como se estivessa falando sozinha HUAHAUH

'Bora lá:

• player com todas as suas músicas, aleatório
• 25 primeiras sem pular
• responder às perguntas

1. Wake Me Up! - Elvis Jackson
2. Buzzards & Crows - Dirty Pretty Things
3. Hell on Earth - Big D & The Kids Table
4. Come Down - Neils Children
5. Boyz and Girlz - Elvis Jackson
6. Epoxi-Lips - Rx Bandits
7. Dateless Losers - Reel Big Fish
8. Round Are Way - Oasis
9. Cigarettes & Alcohol - Oasis - show SP
10. We Care - Reel Big Fish -não achei :(
11. Underneath The Sky - Oasis
12. Here, There and Everywhere - The Beatles
13. While My Guitar Gently Weeps (Live) - George Harrison - inclusive é a desse vídeo!
14. Two Doors Down - Mystery Jets
15. Dance the Night A…

E como não podia deixar de ser...

... as novidades que tanto alegram/acabam com o meu dia.

• Antes de mais nada,




Feliz 45, Chris Cornell! :D

"I Am The Highway" é minha música favorita do Audioslave, e possivelmente minha favorita vinda do Chris Cornell.

Sua melhor versão, na minha opinião, é esta que vocês conferem no link que segue:





.

• Hoje mais cedo fiquei tentadíssima a adquirir o box do último álbum do Rancid, Let The Dominoes Fall. Entre outros kits mais completos, com vinis, DVD e CD extra, palhetas, adesivos e o escambau, tem um por um preço super acessível (US$19,99), onde você leva o CD em formato digipack, um pôster e uma camiseta. Não adquiri por dois motivos: há pouco tempo precisei (precisei!) pedir minha LPU e não foi tãão barato assim; e também porque em setembro irei novamente para São Paulo (ah, ainda não contei? vou mesmo!) e preciso do meu dinheiro pra isso :B Deixa eu contar melhor:

.

• Então, como já comentei aqui anteriormente, dia 12 de setembro rola em São Paulo o show do Streetlight Mani…

"Ah, agora a Penseira voltou a ser uma bacia?"

(alguma tosqueira que a Giuli fez no PhotoFunia e me deu de presente)

Salve, salve galera.

Hoje finalmente pudemos ir ver o último Harry Potter no cinema!

Antes que comecem a rir, sinto-me na obrigação de explicar por que uma pessoa de 22 anos se empolga com Harry Potter, e eu vou dizer.

Cresci lendo HP, e acho que foi a coleção de livros que li mais vezes. Tinha uns 13 anos quando lançou o primeiro; uma tia minha leu ainda em inglês, quando lançou, disse que tinha gostado e que a gente também gostaria. Quando foi lançado em português, ela nos deu de presente, e assim foi com alguns dos outros da série. Minha irmã e eu (e minha mãe também!) desde então somos daquelas que esperam ansiosamente pela estreia de um livro novo (mesmo que a série tenha acabado, mas a autora ainda lança livros paralelos à história) e pelos filmes, indo sempre na estreia (com exceção do terceiro, que foi justo na semana em que nos mudamos pra cá, e este último por causa de falta de pontualidade de terceiros u.u E…

Wolverine: uma história de desilusão, morte e... travestis.

ACHTUNG:
Post não recomendado para fãs die-hard de James Howlett.
- se você não sabe quem é James Howlett, você certamente não é um fã die-hard de Wolverine, então pode continuar lendo :D -

Essa brincadeira eu vi em vários blogs, com algumas variações. Adaptei e fiz do meu jeito, se alguém quiser fazer também, dá pra rir muito (se você for sem-noção como eu). Depois desta, ainda fiz outra que ficou um pouco mais psicopata que esta.

As regras:
• Escolha um personagem de que goste. Pode ser de filme, de desenho, livro, gibi, novela, seriado, qualquer um. Este será o personagem principal da história que você vai escrever, mas outros poderão aparecer no decorrer do enredo.

• Pegue todas as músicas que tem no computador e jogue numa única playlist (ou escolha uma playlist já existente, ou ainda pegue seu MP3 player). Coloque pra tocar em forma aleatória.

• Assim que começar a primeira música, você começa a escrever sua história. Ela deve ser com o personagem que você escolheu e deve ter relação c…

Alguns pareceres sobre nada e tenha um bom dia!

Oe, lá venho eu com as costumeiras novidades dispensáveis o/

• PC novo chegou - ENDLICH!! Ainda tá sem net e precisa de umas gambiarras, mas o antigo tá muito bem posicionado aqui no meu cafofo e será só meu e pras minhas porcarias *o*

• Ok, na verdade nem tenho novidades HAUHAUh

.

Hoje não vou postar Old School porque já falei de velharia ♥ no último post e não vou encher o pouco saco de vocês u.u

Mas como hoje o Marky Ramone faz aniversário (53), vou postar a melhor letra dele (na minha não-solicitada opinião). O que é muito, vindo de um baterista. (não desmerecendo)

SIM SENHORES, RAMONES DUAS QUARTAS-FEIRAS SEGUIDAS E NÃO ME ENCHAM u.u

Have A Nice Day

I heard it from the gangster
I heard it from the priest
I heard it from my best friend
Way down the Middle East

Have a nice day!
That's all I hear every day!
Have a nice day!
I don't believe a word you say!

I heard it from the landlord
When he kicked me out
I heard it from the spirits
As they possessed my house

Have a nice day!
That's all I h…

We're Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band! ♫

Meio óbvio falar de Beatles no Dia Mundial do Rock, mas é que hoje aconteceu o que posso chamar de "uma das coincidências mais felizes da minha vida", e preciso contar!

O único lugar aqui na cidade onde existe o Sgt. Pepper's pra vender é nas Lojas Americanas (acreditem, nem nas lojas de CDs tem!). Então, toda vez que eu ia até lá, na sessão de CDs, eu pegava o Sgt. Pepper's no colo, olhava pra sua etiqueta de preço (R$ 41,99) e lamentava... Se tornou tipo um ritual sabem, era sagrado eu ir às Lojas Americanas, ir direto pra sessão de CDs, pegar o Sgt. Pepper's e lamentar. Foi-se a época quando eu podia pagar 42 reais num CD. Enfim...

Aí hoje entro lá e já em frente à porta tem uma banca de CDs em promoção; vou ali dar uma olhada desinteressada porque todos nós sabemos o nível dos produtos que chegam à essas bancas. Alguns CDs encalhados do High School Musical e tal... e o Sgt. Pepper's. @________@

Peguei-o e me dirigi à máquina de consulta de preço o mais caute…

I once knew a guy...

Streetlight Manifesto?
12 de setembro em São Paulo?
Se eu vou?
Se eu sou louca de perder o show da minha segunda banda de ska favorita assim, ao vivo e a cores, na minha frente?!

PERGUNTA DE NOVO!!
AUHAU

Já citei o SM algumas vezes aqui no blog, a última vez foi no post da Morte. Queiram as poderosas forças cósmicas que eu possa ir *___*

Agora vou colocar a musiquinha que tá na minha cabeça desde que acordei hoje, play e sejam felizes (felizes mesmo, não tem como não ficar HUAH):



We Will Fall Together

I once knew a guy obsessed with the afterlife
Oh, what a terrible day that was
He realized he'd wasted all his time
(Time) was ticking by and he'd been left behind
And as the clock tick-tocked his heart did stop
And everything he had was fucked

And we know not what we do
(Can you hear them call?)
Will we ever make it through?
(As they watch us fall)
From the sky (to the ground) to the sea
Woe is me (woe is me), no one will save you now
We can only look away (away!)
Away...
We'll not be victims
There…

Eco (eco, eco, eco...)

Antes de falarmos do eco,

♪We like pizza, but she doesn't eat the crust
I love her and she loves everyone♫

(Nós gostamos de pizza, mas ela não come a borda
Eu a amo e ela ama todo mundo)

É que hoje é Dia da Pizza e Scott's a Dork me veio na cabeça HAUH
Enfim.

.

Um tempo atrás contei aqui a história da Pandora, a Primeira Grande Gansa. Sou apaixonada pela Mitologia Grega porque ela explica tudo, mais do que Freud e mais do que a Física (y). Hoje vou contar como surgiu o eco e porque ele se chama Eco :B

Eco era uma ninfa campestre, favorita da deusa Diana (da caça) e até a acompanhava em suas caçadas. Mas Eco tinha um probleminha: ela falava demais. E, pior do que isso, em qualquer discussão queria ter sempre a última palavra.

Um belo dia, a deusa Juno (a toda-poderosa, vingatiiiva que só ela, gzuis) saiu procurando pelo seu marido, Júpiter o Primeiro Grande Pulador de Cerca, pois estava desconfiada de que ele estava se divertindo com as ninfas (seráá, Juno?). Eco, então, começou a distra…

desabafo + melhor questionário ever!

Antes de partir pra parte nojenta engraçada da coisa, só queria dizer umas coisas...

Essa (falta de) privacidade me mata. Esses dias atrás até postei aqui sobre como largamos nossas informações pela internet afora, e, quando fazemos isso, sabemos que estamos abrindo mão de uma coisa muito importante que é a nossa privacidade, ok. Mas e quem é que resiste à tentação de largar seus pensamentos e fotos por aí para que todos vejam, não é? Por causa da consequência desses atos (que graças a Deus não é nada grave, pelo menos até onde sei), tive que trocar o nome do blog, como já disse, e também encerrei minha conta de quase 4 anos no Fotolog. Quando nos tornamos pessoas "públicas", estamos sujeitas a todo tipo de 'doença' das pessoas que têm acesso possuam. Mas para não se isolar do mundo virtual, a solução é divulgar suas URLs somente pra pessoas de confiança e não aceitar ninguém que você não conheça no Orkut ou o site de relacionamentos que for. E não sair espalhando sua…

Old school [parte 5]

Tudo na paz?
Aqui tá na paz... Mais na paz, impossível. Férias = tédio.

Old school de hoje será meu hino. Tanto que até vou postar a tradução, ao invés da letra, desta vez. E o segundo motivo pela minha escolha do dia (segundo não, o primeiro!), é que amanhã, dia 09/07, CJ Ramone estará ALI em Goiânia e eu não estarei lá para ver o sobrevivente dos meus Ramones favoritos (porque o outro favorito era o Johnny). Alguns amigos irão e eu vou infernizar a vida deles até que me contem todos os detalhes.

Bom, deixa pra lá.

Ramones - I Don't Want to Grow Up



• Ok, na verdade essa música é de Tom Waits, mas aparece como faixa de abertura do álbum ¡Adios, Amigos! (1995), o último dos Ramones. Nenhuma outra informação especial sobre a música, então vamos à letra:

Quando estou deitado na minha cama à noite
Eu não quero crescer
Nada nunca parece dar certo
Eu não quero crescer

Como é que você se mexe num mundo de neblina
Onde as coisas estão sempre mudando?
Às vezes isso me faz querer ser um cachorro

Quando …

Metal das Abóboras IV

Oi, povo! Tudo bem com vossas pessoas?

Como prometido, contarei aqui como foi nosso tradicional evento metalístico rioverdense... Não que vá ser muito bom o que vou dizer, mas vamos lá.

Infelizmente, esse evento teve tudo pra dar errado. Não posso dizer se no fim das contas acabou valendo a pena porque tive que ir embora mais cedo, logo contarei isso também.

Mas vamos listar as coisas na ordem. Primeiro: pouquíssima gente apareceu. Geral reclamando do preço (R$15) e do local, que diziam ser muito longe. É longe mas é onde dá pra fazer sossegado né? Sem vizinho pra acabar com tudo, como toda vez...

Depois, a última banda que se apresentaria, a Sunroad de Goiânia, desmarcou em cima da hora - POR ORKUT. A organização do evento só soube quando já tinha começado, quando alguém comentou que viu o tópico na comunidade do vocalista desmarcando o show por "motivos de força maior". Podia pelo menos ter a decência de avisar a organização, mas...

Depois, a primeira banda, Roses Tears, daqui …

Mudança

Oi galera,

rapidão aqui só pra dar um aviso: precisei mudar o nome do blog por motivo de força maior. Pra atualizar na sua lista de blogs atualizados façam o seguinte:

(deve ter um jeito mais fácil, mas eu só sei assim:)

1. Lá no seu painel, onde tem a lista dos blogs que você acompanha, clique naquele botão "administrar". Encontre o meu blog na lista, clique em "configurações" e depois em "parar de seguir este site". Confirme.

2. Depois, desça até o fim da lista, clique no botão "adicionar" e cole o novo endereço:
http://herecomesthezombie.blogspot.com. Confirme tudo e pronto.

Me desculpem pelo trabalho, depois eu digo na conta de quem vocês colocam.

Bjo.

curtia - nem curtia u.u

3 inutilidades postadas seguidamente pela total falta de assunto. Se não for mais postar hoje, já os lembro que à noite estarei na 4ª edição do Metal das Abóboras, so don't wait for me ;*
(então provavelmente amanhã eu tenha assunto :D)

Vamos lá:

Confira neste site o top 100 das músicas que tocavam nas rádios no ano em que você terminou a escola. Marcar em negrito as que você gostava (ou ainda gosta), riscar as que você não gostava ou não suportava ouvir tocando, e ignorar as que você não se lembra de ter ouvido ou não conhece.

Em 2004 eu já não ouvia tanto rádio quanto antes, foi um ano difícil em alguns sentidos, de forma que a mudança pra cá me desanimou totalmente com a programação local :B Então tem muita coisa que nunca ouvi, mas ainda tem alguma música ou outra que eu me lembro de ter ouvido (e muito!). Vejamos o top 100 de 2004, então:

1. The Reason, Hoobastank
2. This Love, Maroon 5 (amava, nossa)
3. Yeah, Usher featuring Ludacris & Lil' Jon
4. Leave (Get Out), JoJo
5. Sh…

Toda mocinha tem sua bolsinha :P

Achei isso em um blog ontem e achei interessante.

É pra tirar uma foto da sua bolsa e depois uma foto de tudo o que tem dentro dela, e comentar sobre o conteúdo - é pra fotografar TUDO, não importa o quanto seja vergonhoso xD

Vamos conhecer a minha bolsa então:


Já explicando o "lado de fora": eu penduro nela tudo o que acho pela frente - chaveiros, buttons, cordinhas, pingentes... Minha bolsa parece um taxi. Aí vocês veem o meu button do Noel, que foi o único que eu deixei (depois que perdi o meu do Sex Pistols, deixei só um!). Aquela coisa colorida ali no canto é uma sequência de DNA que eu mesma fiz com miçanga (costumava ser boa nisso). E aqui na frente, em metal, minha plaquinha de identificação militar do Wolverine *_*

Agora vamos ver o que tem dentro:



1. Minha munhequeira pra tendinite oe. Fica na bolsa caso a coisa fique feia, mas já tem um tempinho que não precisei mais usar (às vezes uso pra esconder a tatuagem, em casos extremos);
2. Meu celular;
3. Balas - sempre tem bal…