28/08/2009

Depois de shows cancelados de última hora e relatos de brigas feias entre Noel e Liam nos bastidores, como nos velhos tempos, Noel me aparece com essa, agora há pouco:



“É com certa tristeza e com grande alívio que venho informar que deixei o Oasis hoje à noite. As pessoas vão escrever e falar o que quiserem, mas eu simplesmente não consigo trabalhar com o Liam sequer um dia a mais.”


Tá certo.
Então adeus, Oasis. Foi bom enquanto durou.

.

Update [29/08]:

Ontem ainda tava em choque pra poder dizer mais alguma coisa sobre isso, apesar de que nem precisa, tá em tudo quanto é site por aí, deu até no jornal que passa no SBT de madrugada. Pra maiores informações, http://www.oasisnews.com.br

O mais triste pra mim nem é isso, já que o fim tava meio que previsto. O que pega na alma dos fãs é que faltavam apenas mais três shows pra essa turnê terminar, e então eles entrariam numas longas e merecidas férias, pra um desestressar do outro e fazer o que quisesse da vida. Mas pelo jeito não deu pra segurar mais.

E, talvez o que pessoalmente me doa mais (e com certeza deve ter doído nas entranhas do Noel), a tal guitarra dele que o Liam quebrou minutos antes de subirem ao palco ontem (o que marcou o fim definitivo da banda) foi justamente esta: http://herecomesthezombie.blogspot.com/2009/03/contos-do-meio-do-nada.html (Só a favorita dele ¬¬)

.

And please don't put your life in the hands
of a Rock'n'Roll band
who'll throw it all away

♫ Don't Look Back in Anger

(engraçado que em 1995 eles já diziam isso e ninguém deu moral)


.

Update 2:

“Meus queridos, é com o coração pesado e face triste que eu me dirijo a vocês nesta manhã Na última sexta (28/08), fui forçado a deixar o grupo de rock de Manchester, Oasis. Os detalhes não importam e são muitos para listar. Mas sinto que vocês têm o direito de saber que o nível de violência verbal e intimidações contra mim, minha família, amigos e camaradas se tornou intolerável. E a falta de suporte e compreensão dos meus agentes e amigos de banda não me deixaram escolha. Tive que sair e procurar novos horizontes.

Gostaria de primeiramente oferecer minhas desculpas para os fãs em Paris, que gastaram dinheiro e nos esperaram o dia todo apenas para serem decepcionados novamente pela banda. Desculpas provavelmente não são suficientes, eu sei, mas creio que só posso oferecer isso.

Continuando, gostaria de dizer às boas pessoas do V Festival que presenciaram a mesma coisa. Novamente, só posso me desculpar – mesmo não sabendo a razão, já que não teve nada a ver comigo. Eu estava bem de saúde e pronto para arrasar. Porém, outras pessoas na banda não estavam a fim.

Pra terminar, queria agradecer a TODOS os fãs, de todo mundo. Os últimos 18 anos foram realmente MARAVILHOSOS (odeio essa palavra, mas hoje é a única vez em que a usarei devidamente). Um sonho vira realidade. Levo as memórias gloriosas comigo.

Agora, se me derem licença, tenho uma família e um time para apoiar. Nos vemos em algum lugar do caminho. Tem sido sempre um imenso prazer.

Muito obrigado.
Adeus.

NG”.


.

Finalmente, uma despedida decente.

3 comentários:

  1. CAracas isso é serio mesmo???
    rss embassado.rsrs

    Ps:quanto as respostas : é se tem razão tem umas que sao realmente dificeis de responder.

    bjos manu;...otimo final de semana pra ti

    pps: ta um sol muito loko aki..rsrs hje vai ter praia
    ppps:uaha esse eh pra te deixar com inveja
    rsrs

    ResponderExcluir
  2. Putz! Nem sei o que pensar.
    Só sei que mais cedo ou mais tarde ia aconteceria, né? =[

    Meus pêsames, Manu.

    :***

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!