Pular para o conteúdo principal

Saga Oasis, aka História Sem Fim

Sei que já tô enchendo com isso, mas antes de tentar justificar o porquê de toda a minha preocupação com essa história, os convido a ler isto: http://herecomesthezombie.blogspot.com/2009/01/blog-post.html. Mas acho que será o último sobre o assunto, por enquanto... Já que esse é o "esclarecedor".

.



Quando o Noel liberou aquele primeiro comunicado, na sexta-feira, fiquei PUTA com ele. Como assim, tava saindo da banda? O que foi que aconteceu que depois de anos brigando com o irmão, agora ele resolveu mandar tudo à merda, e que se danem as pessoas que pareciam se importar com o Oasis mais do que ele mesmo?

Mas à medida em que eu fui me informando mais e descobrindo mais fatos sobre o que realmente aconteceu, mais fico do lado dele, em proporção de que vou ficando cada vez mais PUTA com o Liam.

Lendo todos os fatos listados hoje pelo Alisson, no OasisNews (fonte confiável pelos contatos que possui), fui afirmando minhas suspeitas e esclarecendo pequenas dúvidas, e agora, mais do que nunca, entendo completamente a decisão do Noel e quero que o Liam tenha uma morte lenta e dolorosa!

O texto ficou bem longo, mas muito esclarecedor. Vou resumir aqui os pontos principais.



• Desde o começo do ano o Noel já vinha pedindo ao Liam pra que ele maneirasse nas bebedeiras das noites livres, porque isso tava afetando muito a voz dele e os shows não estavam tendo aquele desempenho esperado pelos fãs. Liam meio de má vontade concordou e sua melhora foi percebida nos shows seguintes, sendo que estes da América do Sul foram os que o Noel mesmo classificou como "uns dos melhores da banda em 15 anos"; e eles fizeram muitas coisas juntos, como várias entrevistas e participações em programas de tevê.

• Mas não durou muito; Liam voltou a beber muito entre os shows, e o resto banda o acompanhava. Noel decidiu que não ia mais chamar a atenção dele justamente pra não arrumar briga, então pediu pro pessoal da equipe que os acompanha sempre pra dar uma "chamada" no Liam caso o vissem saindo pra beber ou enchendo a cara no hotel. Só que não deu certo, pois ele ia do mesmo jeito e, como sempre, o resto da banda o acompanhava.

• Noel então encheu o saco de ter que fazer papel de irmão mais velho com 42 anos, e decidiu que não acompanharia mais a banda, o que justifica porque ele sempre pegava voos separados e às vezes até ficava em hotéis diferentes. Eles não estavam brigados, mas não se falavam mais. A coisa esquentou mesmo quando há uns dias atrás eles se viram forçados a cancelar um show importante (no V Festival) algumas hora antes. A desculpa foi que um médico disse que o "Liam estava com laringite e precisava repousar", mas a verdade é que o Liam estava tão bêbado que não tinha condições de cantar.

• Alguns dias depois, na fatídica sexta-feira em que eles tocariam no Rock en Seine, em Paris, Liam voltou a aparecer minutos antes do show completamente bêbado e sem condição alguma de entrar no palco. Noel perdeu a paciência e resolveu ele mesmo dar a "chamada" no Liam, lembrando que só faltavam três shows pra turnê acabar, e dizendo algo como "Você nunca aprende, mesmo", que dizem que foi o início da discussão, onde o Liam começou a atacar verbalmente o Noel e sua família sem fazer sentido algum.

• Liam sai pra fumar e, quando volta, simplesmente destrói a guitarra que o Noel usaria no show. Noel, muito puto, parte pra cima do Liam. Dizem que foi daquelas brigas de sair rolando no chão. Quando separaram os dois, Liam grita pro Noel algo como "Você não é meu irmão!", ao que o Noel responde "E agora muito menos o seu colega de banda". E o resto a gente já sabe.



Creio que tudo isso esclareça perfeitamente a carta do Noel, quando ele diz que ele e sua família estavam recebendo intimidações intoleráveis, e que não estava recebendo apoio de ninguém da banda ou da equipe. Noel sempre enfatizou em suas entrevistas que o Oasis não era um hobby, mas sim seu trabalho. Ele sempre levou o Oasis a sério, mais a sério que qualquer outro, e jamais teria abandonado a banda se não tivesse um motivo realmente bom pra isso.

Entristece qualquer fã saber que, infelizmente, ele estava sozinho nessa. Mas acho que foi melhor assim, não tinha como continuar do jeito que tava. Só sei que, se a banda realmente voltar daqui a uns anos e se o Noel tiver voltado também, a primeira coisa que ele faz é mandar todo mundo embora. Até o Liam.

E eu vou rir. MUITO.

• Enquanto isso, Liam tá curtindo umas férias na Itália com a mulher, distribuindo sorrisos para as câmeras (o baixista foi também). E o Noel foi com a família toda pro México, "aproveitando enquanto o Donavan ainda não precisa ir pra escola".

Postagens mais visitadas deste blog

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

... e ainda mais livros interativos!

2014 está sendo um ano muuuito esquisito... Não sei se tá todo mundo com essa impressão, ou se eu só estou prestando atenção nas coisas esquisitas, mesmo.
De qualquer forma, comentei em alguma postagem anterior sobre a necessidade da terapia que não vou fazer, e como esses livros interativos que tanto estão na moda andam me ajudando a aguentar toda a esquisitice desse ano.
Depois de Destrua Este Diário, que não vou terminar, e Termine Este Livro, que já terminei, peguei outros dois lançamentos: Listografia, de Lisa Nola, e 1 Página de Cada Vez, de Adam J. Kurtz.


O Listografia eu havia visto pelo Pinterest e achei a proposta atrativa pra mim: listar a vida de acordo com os mais variados tópicos. Os temas vão desde coisas simples, como os lugares em que você já morou, o nome de todos os animais de estimação que você já teve, seus programas de TV favoritos, as cidades que você conhece, até assuntos mais reflexivos, como as coisas sobre você que quase ninguém sabe, seus maiores atos de b…

As curiosas origens de 4 famosos jogos de tabuleiro

Adaptado do artigo original do Mental Floss.



Jogos de tabuleiro são uma forma de entretenimento criada pelos egípcios há 5 mil anos e nunca saíram de moda, mesmo que atualmente tenham sido adaptados em vídeo games ou jogos para o celular. Aqui vão as origens de alguns dos sucessos mundiais favoritos:

Monopoly / Banco Imobiliário

Embora seja considerado um jogo que glorifica o capitalismo (tendo sido banido de países como a China e a antiga União Soviética), este clássico foi inventado para representar justamente a ideia oposta. A americana Elizabeth Magie era ativista contra o pagamento de impostos imobiliários, no fim do século 19. Segundo ela e outros simpatizantes, deveria haver apenas um imposto de propriedade, diminuindo assim a diferença de riqueza entre os senhorios e os inquilinos. Para demonstrar de uma maneira fácil como as coisas aconteciam na época, Lizzie patenteou, em 1904, um jogo chamado The Landlord's Game ("O jogo do senhorio"), cujo objetivo era acumula…