Pular para o conteúdo principal

Keith Moon (1946-1978)


Hoje completam-se 31 anos da morte de Keith Moon, eterno baterista do The Who.



Vida:

• Keith ganhou notoriedade por sua maneira vigorosa de tocar bateria, sendo considerado até hoje um dos melhores bateristas de todos os tempos e inspirando músicos de outras gerações.

• Entrou no Who como substituto do antigo baterista. Os outros decidiram que precisavam de Keith quando viram que ele quase destruiu a bateria, no seu teste de admissão.

• Keith era bastante conhecido pelo seu gosto pela destruição, além do palco e além da auto-destruição com seus vícios. Ele gostava mesmo de destruir quartos de hotel, casas de amigos e inclusive a sua própria. Certa vez, Keith jogou explosivos pelo vaso do seu banheiro, explodindo banheiros de várias outras casas.

• Por causa desses surtos de violência e alguns envolvimentos em acidentes, tudo em consequência de seus vícios, Keith se viu forçado a procurar ajuda - sugestão de seu melhor amigo, Ringo Starr (que foi baterista dos Beatles).



Morte:

• Na noite do dia 6 de setembro de 1978, Keith e sua namorada tinham ido assistir a um evento, como convidados de Paul McCartney e sua mulher, Linda. Após jantarem, Keith e a namorada voltaram para o apartamento onde moravam; e então ele ingeriu 32 pílulas de um remédio que o médico o havia receitado para quando ele sentisse vontade de beber. O médico em questão era novo, e não sabia do problema de Keith com overdoses, dando a ele um frasco com 100 pílulas.

• Embora advertido que de que não poderia tomar mais de 3 por dia, Keith ingeriu vários porque se sentia ansioso em se livrar logo do vício por álcool. Estima-se que a ingestão de 6 pílulas deste remédio já seria capaz de matar; tanto que a perícia verificou que as outras 26 ainda nem tinham se dissolvido quando encontraram seu corpo.

• Moon foi cremado e suas cinzas foram espalhadas pelo Gardens of Remembrance, no Golders Green Crematorium, em Londres.



Depois:

• Depois de sua morte, o The Who nunca mais teve um baterista fixo. Quem tem ocupado as baquetas desde 1994 até hoje é, ironia do destino ou não, Zak Starkey - filho seu melhor amigo, Ringo Starr.

• Zak na verdade aprendeu a tocar bateria com Moon, e costumava chamá-lo de Tio Keith.


Keith Moon & Zak Starkey

• Zak, hoje com 43 anos, já foi convidado a se tornar membro efetivo do The Who, mas recusou porque ia começar a tocar com o Oasis (burro), onde ficou de 2004 a 2008, voltando depois para o The Who. Pete, guitarrista e 'dono' do Who, diz que o convite continua aberto até o dia que ele aceitar.

• Keith recebeu diversos tributos e vários trabalhos biográficos (inclusive um que será lançado ano que vem por Roger Daltrey, vocalista do Who), além de homenagens em lugares e filmes. Deixou uma filha e todo um legado de fúria para os bateristas das próximas gerações.

.

Fontes consultadas incluem a página inglesa da Wikipedia. Texto desenvolvido por Emmanuella Conte © em 4/9/09.

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…