Pular para o conteúdo principal

I read the news today, oh boy


Dae, pessoas? Tudo na santa paz do tédio?

De vez em quando deixo juntar uns pedaços de novidades pra postar tudo de uma vez só, assim parece que eu sempre tenho um monte de coisas legais acontecendo na vida, há! o/




» The Beatles - A Biografia (Bob Spitz)

Hell yeah, finalmente possuo um exemplar em minhas mãos que posso chamar de meu A biografia mais confiável e mais completa ever! Achei que nunca ia ter esse livro; até que me deparei com as minhas palavras favoritas, "promoção" e "frete grátis". De R$ 111,90 ele caiu pra R$ 39,90. E frete zero. Agora tenho quase 1000 páginas de puro entretenimento pra esquecer da vida... Espero que eu não morra antes de terminar.



» XVII JORB

Todo ano, na Fesurv - Universidade de Rio Verde (onde eu penei os últimos 4 anos), acontece a JORB - Jornada de Biologia. É um ciclo de palestras e minicursos voltados à área de Biologia (O RLY?), tem apresentação de trabalhos e tudo o mais. Esse ano vou participar pra manter a tradição, ainda mais porque terá um minicurso que eu preciso fazer, de Comportamento Animal. *_*


» TARARARÁÁÁ!! /reel_big_fish_mode_off

Falando em faculdade, adivinhem o que eu finalmente já tenho em mãos?!
Siiim, compatriotas da minha pátria, MEU DIPLOMA!!! \o/

Caramba, que ilíada! Mas agora já tá tudo certo... O mais legal é o Histórico da faculdade. Eu sou um mito: minhas melhores médias são em matérias que não têm nada a ver com Biologia \o/ HAUHAuh


» Lembram disso?

A entrevista será essa semana. Antes tarde do que mais tarde, não é mesmo? :B



» Noel Gets to the Point (1997)

Na verdade isso não é uma novidade. É que eu ainda tô ouvindo os bootlegs do Oasis e precisei citar esse de alguma forma. Esse show Liamless (como chamam os shows onde o Liam não participa - preciso mesmo dizer por quê?) do Oasis foi em Dublin, na Irlanda; e acho que o nome do bootleg foi uma tremenda sacada. Point é o nome do lugar onde a banda se apresentou, e o trocadilho também indica que Noel chegou onde queria; pois foi a partir desses shows que o público percebeu que ele podia levar um show inteiro tranquilamente, sozinho. E eu tô falando sobre isso porque esse bootleg é uma raridade. Meu, ele praticamente só tocou músicas do Be Here Now, que ele confessamente ODEIA e não toca uma musiquinha dele sequer há anos (fora a turnê do álbum, a única música dele que eles tocavam nos shows era Stand by Me, e nem ela mais, de uns anos pra cá...). Claro, é justificado. As músicas são enormes. Mas ouvir aqui My Big Mouth, Magic Pie e (principalmente) The Girl in the Dirty Shirt, todas na voz do Noel, é tão diferente... Ok, próximo assunto.

.

Ok, não tem um próximo assunto o/

Postagens mais visitadas deste blog

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

As curiosas origens de 4 famosos jogos de tabuleiro

Adaptado do artigo original do Mental Floss.



Jogos de tabuleiro são uma forma de entretenimento criada pelos egípcios há 5 mil anos e nunca saíram de moda, mesmo que atualmente tenham sido adaptados em vídeo games ou jogos para o celular. Aqui vão as origens de alguns dos sucessos mundiais favoritos:

Monopoly / Banco Imobiliário

Embora seja considerado um jogo que glorifica o capitalismo (tendo sido banido de países como a China e a antiga União Soviética), este clássico foi inventado para representar justamente a ideia oposta. A americana Elizabeth Magie era ativista contra o pagamento de impostos imobiliários, no fim do século 19. Segundo ela e outros simpatizantes, deveria haver apenas um imposto de propriedade, diminuindo assim a diferença de riqueza entre os senhorios e os inquilinos. Para demonstrar de uma maneira fácil como as coisas aconteciam na época, Lizzie patenteou, em 1904, um jogo chamado The Landlord's Game ("O jogo do senhorio"), cujo objetivo era acumula…