Pular para o conteúdo principal

1 ano de HCTZ - incrível.

Here Comes The Zombie, que já foi Zombie Stand e muitas outras coisas antes disso, enfim.


outra tosqueira que a Giuli me fez no PhotoFunia.

E na verdade fez um ano antes, mas como eu apaguei o primeiro post, não lembro mais que data era :D
Então vai 19 de janeiro, mesmo.

Digo que é incrível porque, quem me conhece há mais tempo já flagrou muitos blogs meus que criei, cuidei e matei. Nunca tive muita paciência em manter um blog. Analisei sobre o porque dessa belezinha aqui ter durado tanto nas minhas mãos e vou dizer:

Quando eu repaginei todo o antigo blog que estava hospedado aqui, antes deste, minha intenção era manter essa URL secreta (acho que eu tinha dito isso no primeiro-e-falecido post do blog). Eu estava (e ainda  estou em processo de recuperação, ou não!) em um estado de depressão que já durava pouco mais de um ano, devido a algumas coisas que se aglomeraram na minha cabeça, e o fim da faculdade, ao contrário do que eu pensei que seria, só piorou tudo. Fiquei isolada do pouco mundo que me cercava e me senti completamente abandonada. Então resolvi retomar o espaço pra reclamar: despejar tudo, tudo mesmo; uma forma de autoterapia.

Mas em pouco tempo eu percebi que não era bem assim que eu ia me recuperar, então comecei a viajar mesmo; passei a postar aqui tudo o que me distraía da realidade - como faço até hoje, e todos viram que tem a ver com Música. Então essa página aqui virou meu refúgio. Tava mal, vinha pra cá e falava de música. E, embora até hoje eu ainda surte e poste coisas pessoais e bem chatas (afinal, isso aqui ainda é o meu blog pessoal), tenho me esforçado muito pra que não seja frequente; assim não sou obrigada a topar com minhas próprias desgraças sempre que venho aqui pro meu refúgio!

E felizmente, depois de um tempo, deixei de fazer questão de que isso fosse secreto e meus amigos aos poucos foram chegando. E o fato de poder dividir o que me faz feliz com os meus amigos e saber que vocês correspondem de alguma forma me ajudou (e tem ajudado) muito na minha recuperação.

Então quero agradecer a vocês que têm me acompanhado desde então, de coração. Embora alguns dos posts sejam tão pessoais que ninguém entenda nada, admiro a coragem de quem continua vindo, haha. Valeu, e tomara que esse blog nonsense ainda dure muito tempo. Tem sido divertido me dedicar à ele :)

.

Pra não perder o hábito, e em homenagem ao primeiro ano do blog, vou linkar aqui a música que deu origem ao nome do blog:

 Here Comes The Zombie - música da banda de horrorpunk The Spookshow:

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…