08/06/2010

:

Não faço visitas, nem ando em sociedade alguma — nem de salas, nem de cafés. Fazê-lo seria sacrificar a minha unidade interior, entregar-me a conversas inúteis, furtar tempo se não aos meus raciocínios e aos meus projetos, pelo menos aos meus sonhos, que sempre são mais belos que a conversa alheia.
Devo-me à humanidade futura. Quanto me desperdiçar me desperdiço do divino patrimônio possível dos homens de amanhã; diminuo-lhes a felicidade que lhes posso dar e diminuo-me a mim próprio, não só aos meus olhos reais, mas aos olhos possíveis de Deus.
Isto pode não ser assim, mas sinto que é meu dever crê-lo.

Fernando Pessoa, Escritos Autobiográficos, Automáticos e de Reflexão Pessoal.

3 comentários:

  1. Fernando pessoa não falava de futebol?
    Que chato ele! Não quero mais ler u.u

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito! =D
    Fiz uma lista dos livros dele que preciso ler... graaaande lista!

    Parabéns pelo TopBlog, votei em vc claro! ;*

    ResponderExcluir
  3. Caro Luiz não digas isso que te fica mt mal! Pessoa é Grande!!

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!