30/08/2010

Só pra não passar em branco.

Dois aniversários relevantes pra mim hoje. Coisa rápida:


Lars Frederiksen (39), guitarrista e vocalista do Rancid. Entrou na banda em 1993 (antes tocava na UK Subs) e começou a gravar com eles a partir do segundo álbum, Let's Go. Ele também tem uma banda paralela, a Lars Frederiksen & The Bastards, ajudou a produzir álbuns de um monte de outras bandas e tem um estúdio de tatuagem. Sua mãe é dinamarquesa, daí o seu sobrenome. Abraçou o punk rock e os direitos da classe trabalhadora por perceber as dificuldades que sua mãe teve em criá-lo e a seu irmão mais velho, Rob (já falecido) - mantendo dois empregos, ganhando pouquíssimo e mal falando inglês. Seu pai abandonou a família quando Lars tinha apenas 3 anos, por isso ele abandonou o sobrenome paterno. Aprendeu a tocar guitarra pausando os vídeos que passavam na MTV sempre que dava um close em algum solo xD. Lars é casado e tem um filho de 2 anos.









O outro é o dateless loser Aaron Barrett (36), do Reel Big Fish. Fiz a mini-bio ano passado, veja aqui.











.

E é isso aí, galera. O bicho tá pegando por aqui, mas todos sobreviveremos.

27/08/2010

Eppy

Judeu. Homossexual. Pomposo. Gênio.

Esse foi o cara que botou ordem nos quatro garotos arruaceiros de Liverpool. O cara que tinha pavor de rock'n'roll, mas um instinto inegável em farejar talentos. O cara que botou fé naqueles guris e abriu portas, janelas e portões de Liverpool para o resto do mundo.

Em 27 de agosto de 1967, morria aos 32 anos Brian Samuel Epstein, empresário e considerado por muitos o quinto Beatle.





24/08/2010

Vou varrendo, vou varrendo...

Salut!

Eu sei. Embora a vida esteja uma leve correria, ainda não tenho vontade de o que postar... Só vim pra varrer os cantinhos, mesmo.

Ah, preguiça de traduzir, inclusive:


  • Favorite Song

Já enchi o saco com Little By Little, né. Vai a segunda favorita, então:
Naïve, The Kooks:

  • Favorite Movie



  • Favorite TV Program



  • Favorite Book



  • Favorite Quotes

"I ain't quiet - everybody else's too loud." 
— The Who, The Quiet One

"If you're after getting the honey, then you don't go killing all the bees."
— Joe Strummer

  • Photo that makes you happy



  • Photo that makes you angry/sad

A praça tá toda assim, há 3 meses.

  • Photo you took



  • Photo of you taken over 10 years ago

Só tenho essa, aqui. Levem a Giuli de brinde.

  • Photo of you taken recently



  • A fictional book



  • A non-fictional book



  • A song that makes you cry (or nearly)

Bridge Over Troubled Water, Simon & Garfunkel

  • An art piece (painting, drawing, sculpture, etc.)

por David Adickes

  • A talent of yours

Meus dedos são elásticos. Não riam do meu talento õ.o

  • A YouTube Video

Em entrevista, o membro do Monty Python Terry Gilliam 'acidentalmente' chuta a urna com as cinzas de Graham Chapman. Épico.

  • Your day in great detail.

Bom, hoje foi um dia bem tranquilo. Acordei na hora do almoço, enrolei pela internet, li um pouco do livro de Mitologia Egípcia pra minha mãe, vim pra cá e to fazendo esse post até agora. Daqui a pouco vou lanchar, tomar banho e ir pra faculdade, encarar Técnicas de Captação Jornalística e Fotografia.

  • Your week in great detail.

A semana começou agora... Vejamos. No domingo fui ao aeroporto com a Giuli e o meu pai assistir ao Show Aéreo, depois fui conversar com um ex-professor pra pedir umas dicas. Ontem de manhã fui à praça (aquela da foto) fotografar e falar com o povo. À tarde fui ao banco com a minha mãe, depois fiquei a tarde toda tentando falar com alguém da prefeitura. Depois tive entrevista pra tentar entrar no Projeto de Iniciação Científica e então tive aula. Daqui pra frente não vai mudar muita coisa, exceto na sexta, que verei meus amigos tocarem :D

  • This month in great detail.

Mês do cachorro louco, né. Comecei faculdade nova, agora to na correria.

  • This year in great detail.

Até a metade do ano não aconteceu nada impactante. Perdi e perderei todos os shows do ano.

  • Hopes, dreams and plans for the next 365 days.

Espero realmente me apaixonar pelo curso e produzir algo importante. E arrumar um emprego, né @.@

21/08/2010

58.




And I'll keep listening to the great Joe Strummer, 'cause, through music, we can live forever!


19/08/2010

"Nowhere Boy". Nowhere apuração histórica, principalmente.

Foi lançado no ano passado na Europa o filme Nowhere Boy, que assassina conta a história da infância/adolescência do "herói da classe trabalhadora", John Lennon — seu período de vida antes de se tornar um beatle.

Eu nunca me senti muito entusiasmada pra assistir ao dito cujo, desde que vi o trailer. Eu acho que um diretor (no caso do filme, diretora) que admite um ator de olhos azuis pra fazer papel de John Lennon deve ter deixado escapar outros tantos detalhes que jamais passariam despercebidos pelos fãs. E vejam bem, não precisa ser pra saber que John não tinha nada nem perto de olhos azuis. É só procurar uma foto qualquer no Google. Enfim, topei com o filme pra assistir online, terça-feira, e a curiosidade foi maior.

Devo dizer que não errei no julgamento. O filme é uma compilação de 90 minutos de total nonsense histórico. Eu não sei baseado em que essa diretora fez o seu filme, sob que circunstâncias ou com quem exatamente ela andou se consultando *caham*YOKO*caham*; mas acho que o fato de praticamente todos os personagens principais estarem mortos contribuiu pra total falta de coerência do enredo. (p.s. aqui: ela consultou Paul McCartney, que disse não ter aprovado o roteiro completo e nem apareceu na première; mas dizem que a Yoko amou o filme.)

Ao invés de fazer uma resenha e apontar as discrepâncias, vou fazer uma crítica bem-humorada e sarcástica (mais sarcástica do que bem-humorada, a bem da verdade). Só porque eu tô a fim.

Antes de continuarem, um aviso: Eu não sou dona da verdade e não quero soar prepotente na seguinte "crítica". Mas eu li muito sobre a história de John Lennon e dos Beatles e de cada um dos seres que cruzaram esse caminho, então eu tenho ao menos uma vaga ideia do que estou falando. Como segunda nota: Nowhere Boy não é um filme para fãs, mas para curiosos.





17/08/2010

Esqueci de colocar o título, dãr.

Ano passado eu fiz um post desse e o pessoal até gostou... Nunca mais programei posts pro meu blog, até por uma certa falta de tempo e assunto. Bom, assunto sempre existe né, mas nada que eu queira realmente dizer. Por isso entupo vocês de músicas \o/ Um dia vocês me agradecerão por isso!

Vamos lá.
Peguei todas as músicas que tenho no meu iPod, no momento, e as tocarei aleatoriamente. Colocarei aqui as 15 primeiras músicas que tocarem (talvez eu pule bandas repetidas - só deixarei se a música me for realmente importante). Aí então explicarei por que esta música está na minha playlist diária. E colocarei também um player pra que vocês possam ouvir a música diretamente aqui, ao invés de ir procurar no YouTube e tal, caso sintam curiosidade de ouvir!

Aposto como o Paul está escolhendo um reggae. Isso justificaria a cara do Mick.



14/08/2010

Enchendo linguiça.

1. Coloque seu player no aleatório;
2. Responda as seguintes questões postando o nome da música, o artista e um pedaço da letra que você ache que combine com a pergunta;
3. Faça um comentário concordando ou discordando.




  • Irei longe na vida?
I Can See For Miles - The Who

"I can see for miles and miles
I can see for miles and miles
I can see for miles and miles and miles and miles and miles and miles and miles and miles"

Se eu vou chegar longe eu não sei, mas que eu consigo VER longe, pelo jeito eu consigo. HAHAHAh

  • Como os meus amigos me veem?
You Don't Know - Reel Big Fish

"I don't like you and I don't care
what you think about what I do
and most of all, I don't need your opinion"

BOM, se for o caso... u.u

  • Quando irei me casar?
Drug-Stabbing Time - The Clash

"Someone's in a hurry
And someone better worry
Cause these four guys all had on their feet
A pair of black shoes shining and neat

I think, hmm, black shoes
Oh no, that's bad news"

Já que eu disse que não ia me casar, pelo jeito serei sequestrada e casarei à força.

  • Qual é a minha música tema?
Let Me Go - Rancid

"Correction, I need no direction
Let me go just one last time
I spent my whole life searchin' for direction
Let me go just one last time"


  • Qual é a história da minha vida?
Piss And Vinegar - Against Me!

"Please treat me with the same respect and candor, I would appreciate the honesty
A little less professional, a little more upfront and confrontational"

Sim, por favor.

  • Como eu sou na cama?
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band - The Beatles

"It's wonderful to be here
It's certainly a thrill
You're such a lovely audience
We'd like to take you home with us
We'd love to take you home"

HAHUAHUAHUAHUAHUHAUh meu deus.

  • Como eu posso seguir em frente na vida?
Whatever Gets You Thru The Night - John Lennon

"Don't need a sword to cut through flowers, oh no, oh no
Whatever gets you through your life, it's alright, it's alright
Do it wrong or do it right, it's alright, it's alright
Don't need a watch to waste your time, oh no, oh no"

Certo, John, não serei tão trágica. -n

  • Qual é a minha melhor qualidade?
I Was Wrong - Social Distortion

"Well, I grew up fast, and I grew up hard
Something was wrong from the very start
I was fighting everybody, I was fighting everything
But the only one that I hurt was me"

Difícil achar uma qualidade numa música que só fala dos defeitos, mas pelo menos dá pra entender que eu caí na realidade.


  • Como será o dia hoje?
Average Man - Reel Big Fish

"Baby you could do a whole lot better
But you could definitely do a whole lot worse
How can I even try to do better
If you won't give me a chance to be better first?"

Julgarei você, há.

  • O que me espera este fim de semana?
Unity (Operation Ivy cover) - Reel Big Fish

"No one can stop it, once it's fired, no one can control it"

HOHO (6)

  • Como está a minha vida, no momento?
1-2 Crush On You - The Clash

"My mind don't need it but my body do
A little bit of loving and attention from you
Although we're only strangers
They don't need to know"

No que eu transformei a minha vida, céus.

  • Que música descreve meus segredos?
Die While We're Young - A Wilhelm Scream

"Let's die while we're young, let's die while we're young
Let's die while we're young, but now we're too old for that"

Não é segredo que eu não quero ficar caquética.


  • Como é o meu atual amante?
Song To Sing When I'm Lonely - John Frusciante

"I'll be you
I do
I'll be you
No one's afraid to be called by another name"

Auto-suficiência.


  • Que música tocarão em meu funeral?
I Was A Teenage Anarchist - Against Me!

"Do you remember
When you were young and you wanted to set the world on fire?"

Bons tempos que não voltarão. huahuah


  • Como o mundo me vê?
Kiss Me Deadly - Reel Big Fish

"But I know what I like
I know I like dancing with you
And I know what you like
I know you like dancing with me"

Acho que

  • Terei uma vida feliz?
Cool'n'Out - Joe Strummer & The Mescaleros

"The stars go in and the stars go out
And punk rock what it's all about
And even when you're ch-ch-ch-ch-chillin' out
You're wondering what's it all about
Coolin' out, coolin' out, coolin' out"

Se vai ter Punk Rock até o fim, então sim.


  • O que os meus amigos realmente acham de mim?
Fall Back Down - Rancid

"See, I'm very lucky to have my crew
They stood by me when she flew"

ou não.

  • As pessoas secretamente me desejam?
Parachute - Sean Lennon

"If life is just a dream
Which of us is dreaming
And who will wake up screaming?"

Não.


  • Atingirei meus objetivos na vida?
English Civil War - The Clash

"When Johnny comes marching home again,
He's coming by bus or underground,
A woman's eye will shed a tear
To see his face so beaten in fear
It was just around the corner, in the English Civil War"

Nhé, voltarei viva mas pelo jeito não adiantará nada.


  • Encontrarei meu verdadeiro amor?
I'da Called You Woody, Joe - The Gaslight Anthem

"And I carried these songs like a comfort wherever I'd go
They was there when my summers was high
And there when she left me alone."

Sim. E inclusive o encontrei nessa música sobre como Joe Strummer e o The Clash foram o verdadeiro amor do Brian *-*


  • Como eu trato os outros?
Orphans - The Gaslight Anthem

"But the clothes I wore just don't fit my soul anymore
No, the clothes I wore just don't fit my soul anymore"

É, algumas coisas não se ajustam mais...

12/08/2010

Os Sons do Silêncio



Olá escuridão, minha velha amiga
Vim para conversar com você novamente,
Porque uma visão rastejante suavemente
Deixou sua semente enquanto eu dormia.
E a visão que foi plantada em minha cabeça
Ainda permanece
Dentro do som do silêncio.

Em sonhos agitados eu caminhava sozinho
Por ruas estreitas de pedras arredondadas
Debaixo do halo de um poste
Desdobrei minha gola pra me proteger do frio e da umidade,
Quando meus olhos foram feridos pelo brilho de uma luz de neon
Que arrombou a noite
E tocou o som do silêncio.

E naquela luz fria eu vi
Dez mil pessoas, talvez mais.
Pessoas falando sem dizer nada,
Pessoas ouvindo sem escutar nada,
Pessoas escrevendo músicas que vozes nunca compartilharam
E ninguém ousou
Perturbar o som do silêncio.

"Tolos" eu disse, "Vocês não sabem
Que o silêncio cresce como um câncer.
Ouçam minhas palavras e talvez eu os ensine,
Peguem meus braços e talvez eu os alcance."
Mas minhas palavras caíram como gotas de chuva, silenciosas
E ecoaram
Nos poços do silêncio.

E as pessoas se curvaram e rezaram
Ao deus de neon que eles fizeram.
E o sinal piscou o seu aviso
Nas palavras que formava.
E o sinal dizia, "As palavras dos profetas
Estão escritas nas paredes das passagens subterrâneas
E salas vazias
E sussurradas nos sons do silêncio."

The Sounds Of Silence
Simon & Garfunkel
@ Wednesday Morning, 3 A.M. (1964)



Eu pensei em fazer um post bem mais pessoal, já que fiquei uns dias sem postar e com certeza há muito a ser dito; mas como aparece gente de todo canto pra fuçar esta humilde coleção de nonsense a que chamo de blog, não sei se já me sinto tão à vontade pra falar da minha vida aqui. De qualquer forma, essa música resume exatamente tudo o que eu penso e sinto nesses últimos dias. Não se preocupe se as palavras não te dizem nada. Elas dirão, um dia. E talvez elas não digam a você a mesma coisa que dizem a mim, mas, na sua beleza lírica e melódica, com certeza lhe dirá algo que vai te tocar lá naquele cantinho que estava adormecido, te fará pensar em algumas coisas que foram deixadas de lado, e, esperançosamente, te farão ser um pouquinho melhor.

Não é querer enaltecer a composição de Paul Simon; apesar de ser obviamente uma linda canção, tanto em letra quanto em melodia, é uma música. E a música pode ser ouvida e pode ser escutada. Em dias em que estou, bom, como estou agora, prefiro escutá-las.

Ultimamente ando ouvindo muito Simon & Garfunkel. Há uns anos atrás eu ouviria e acharia chato. Mas eu ando sensível de um tempo pra cá, e isso não é exatamente bom, mas me faz parecer mais humana. Agradeço aos meus pais por terem me animado a dar uma chance a eles e conhecê-los. Passei a tarde de quarta assistindo ao The Concert in Central Park e foi simplesmente belo (já havia comprado um álbum mês passado). Fato curioso, quando comprei o álbum e fui ouvir, logo que começou essa música (The Sounds of Silence), me veio a lembrança imediata da infância. Quando eu tinha entre 10 e 11 anos, cantei no coral da igreja que frequentávamos, e o Pai Nosso que cantávamos era esta mesmíssima canção, apenas com a letra adaptada para a oração. E foi uma lembrança tão forte e tão bonita que comecei a chorar, e ainda me emociono quando a ouço. Então, pessoalmente, esta canção tem muitos significados... E vejam só, tão antiga, tão antes de mim.

Encorajo aqueles que amam a Música de forma especial a não apenas ouvir suas músicas favoritas... Quando sentirem aquela sensação de que nada está a seu favor e ninguém está do seu lado, escute as suas músicas favoritas. Ela te chama a atenção por algum motivo — entenda-o. Vale a pena.

07/08/2010

Conheça a sua playlist.

Usei aqui a playlist que vai pro meu iPod, mas quem for fazer pode usar qualquer playlist de preferência!


1. Quantas músicas na sua playlist?
678 (deprimida depois que vi o "13 mil" e tantos do cara de quem catei o questionário ._.)

2. Escolha o primeiro artista que comece com a letra M. Quem é?
Mad Caddies.

3. Qual artista faz o som mais estranho?
Acho que não tem nada propriamente estranho no meu iPod no momento, mas com certeza o mais "experimental" seria Joe Strummer & The Mescaleros.

4. Qual artista tem as letras mais inapropriadas?
A grande maioria. Mas acho que voto no The Queers só por causa da I Can't Stop Farting.

5. Qual música na sua playlist você classificaria como a melhor canção de amor (na sua opinião e pelos seus padrões)?
My Love, do Paul McCartney. Porque ela é simples e eu sei que ela foi feita realmente pra alguém que ele amou (e ainda ama) ;__;

6. Qual música você não conseguiria evitar de dançar, mesmo que você claramente não soubesse ou pudesse dançar?
Dance Wid' Me, do Hepcat. Ska é meio fácil, mas e a vergonha? uhauhauah

7. Você tem alguma coisa nessa playlist que não seja música (piadas, aulas, podcasts etc.)? Se sim, o que é?
Nada, preciso de todo o espaço do meu iPod pras músicas!

8. Qual banda tem o nome mais estranho?
Acho que Mustard Plug :P hahah

9. Qual música/álbum/artista você considera condenável mas adora (o tipo de música que você nunca, NUNCA gostaria que seus amigos descobrissem que você gosta, como o tema do Titanic)?
Não tenho vergonha de nada que esteja no meu iPod agora :(

10. Confira o seu Top 25 músicas mais tocadas na sua playlist. Qual música você mais ouviu e quantas vezes?
Little By Little, do Oasis, com míseras 68 execuções. Mas estamos considerando só essa playlist, né.

10. Ainda no mesmo Top 25, qual é a música que ocupa o lugar 13?
Hello, do Oasis (44).

10. Selecione o modo aleatório na sua playlist. Qual foi a primeira música que tocou?
Anyway, Anyhow, Anywhere, do The Who.

10. Você reparou que essa é quarta pergunta nº 10?
Só reparei quando li o questionário antes, HAHA

11. Tem alguma música na sua playlist que é em uma língua diferente da sua?
Todas xD

12. Que música/artista te deixa triste?
Depende muito do dia, mas as insuperáveis eu até tirei do meu iPod.

13. Cheque sua lista de Gêneros. Qual deles tem mais artistas?
Alternative Rock/Classic Rock (33).

14. Qual foi a última música que você adicionou à sua playlist?
Police & Thieves, de um bootleg do Joe Strummer & The Mescaleros.

15. Qual é o seu artista favorito?
*cara autista*

16. Se você pudesse escolher apenas 5 álbuns para ouvir pelo resto da sua vida, quais seriam?
London Calling (The Clash); Our Live Album is Better Than Your Live Album (Reel Big Fish); Somewhere In The Between (Streetlight Manifesto); Abbey Road (The Beatles); The Masterplan (Oasis). Aí me matava x.x

17. Qual é a música na sua playlist que você menos gosta, e por que ela está lá?
Eu tô sempre apagando as que ouço menos pra poder caber outras xD

05/08/2010

Mo.

Olha só, o ódio apoderou-se do meu corpo e acabei esquecendo completamente que tinha um post especial pra fazer. Fica pra hoje, então.

Antes, a nível de curiosidade, só queria contar que já comecei a faculdade de Jornalismo e as primeiras impressões foram bem boas. Prevejo pressão e correria. That's the way, uhu uhu, I like it, uhu uhu ♪

Povo deve ver esses meus posts obsessivos sobre membros das famílias dos beatles e pensar que eu sou doente. Ah, chamem do que quiser; eu realmente gosto de falar sobre isso, fico sabendo tanto sobre cada um deles que os considero da minha própria (talvez porque eles sejam a minha ideia de família ideal, já que a minha... enfim). E daí eu sinto vontade de conversar com alguém sobre isso e, como não encontro, posto aqui, vocês leem e eu fico feliz igual :)

Eu falei uma vez que postaria um dia sobre a Maureen, que foi esposa do Ringo. Pois então, ontem foi aniversário dela (ela faria 64 anos) e achei que a melhor oportunidade seria então. Afinal de contas, a história dela e do Ringo é bonitinha e termina de maneira chata, também...




01/08/2010

Dhani.

Não tenho muito o que dizer e também tô sem inspiração pra me empolgar pro post de hoje.





Só queria dizer que hoje é aniversário do Dhani Harrison (32), filho do George Harrison com sua esposa Olivia. Fui procurar no YouTube pra ver se tinha algum vídeo em que os dois apareciam juntos, já que eles chegaram a tocar juntos algumas vezes, mas só acho os tributos póstumos ao George... De qualquer forma, achei esse vídeo do Fantástico, acredito que de 2002. Mostra bem o Dhani e o George e fala um pouco sobre o último álbum... Bom, é emocionante (sou suspeita, ultimamente tudo pra mim é emocionante).






Dhani é tão parecido com o pai que gerou até piadinha do Paul McCartney no Concert For George, qualquer coisa como:

"Olivia disse que ter o Dhani aqui no palco faz parecer que todo mundo envelheceu, menos o George."

Seu nome vem da junção de duas notas da escola musical indiana, "dha" e "ni". Dhani tem sua banda, chamada thenewno2, que não soa como nada que seu pai tenha feito. É formado em Física mas preferiu seguir a carreira musical; ajudou o pai a compor e produzir algumas de suas músicas e lançou o Brainwashed depois que o pai morreu.