Pular para o conteúdo principal

You need to be yourself. You can't be no one else ♪

Agora eu fico dias sem postar, daí me dá vontade de escrever uma coisa qualquer que tá na cabeça, venho aqui, enfio uma coisa qualquer do Oasis no título e beleza.

imagem irrelevante


Galera, acorda. E, quando eu digo "galera", não são vocês em particular, e quando eu digo "acorda", é pra tomar vergonha na cara, mesmo. Parem de tentar tanto ser alguém que vocês não são, ou pior que isso, tentar ser alguém pior do que você já é porque parece legal ser durão, mal-educado e com fama de mau. Não é legal, sério, parem.

Parem de andar com gente esquisita porque elas aparentemente sabem se divertir, fazendo bobeira prejudicando os outros e acabando consigo mesmos. Parem de usar porcaria porque é divertido. Ninguém é tão burro que não saiba ou não perceba os efeitos e consequências desse monte de lixo, então deixem de ser ignorantes e aprendam a se divertir de uma maneira saudável. Parem de sair de casa com a única intenção de encher a cara e voltar bêbado e acordar com uma ressaca fdp no dia seguinte. Onde é que tá a diversão nisso? Você não lembra de nada, só faz besteira, dá trabalho pros outros e paga mico. Não é porque eu não bebo que eu quero que todo mundo pare de beber, mas não precisa perder a dignidade toda vez que põe o pé pra fora de casa. Poupem-se da vergonha.

Parem de se fazer de durões. Bancar o mal educado não te faz legal, só te faz um mal educado. Não me interessa se sua mãe não te deu boas maneiras e se seu pai não te deu bons exemplos, mas a uma certa altura da vida a gente aprende as coisas que não são muito legais de se fazer ou dizer. Pra que bater boca com gente que você não conhece, pra que lavar roupa suja em público, pra que falar mal de quem você não conhece? Pra te acharem legal? Ninguém vai achar legal uma pessoa que só reclama, anda de cara fechada e faz fofoca pra quem quiser ouvir. Se você quer ser respeitado, dê-se o respeito. Do contrário, não vão te tratar melhor do que você trata os outros. Já ouviu falar em jogar merda no ventilador? 

Parem parem parem de querer parecer outra pessoa, sério, parem. Amigos, ídolos, quem for. Eles são eles, você é você. Tomem por exemplo atitudes exemplares, não as roupas estranhas e os comportamentos duvidosos. Cada um faz o que acha que lhe condiz melhor, o que não significa que seja certo ou que deva ser repetido. Não tente parecer cool. Ser cool é ser o que você é, exatamente como é, e se sentir bem com isso. Suas roupas não estão na moda, e daí? Modas vêm e vão. Use o que te faz se sentir confortável com seu corpo, com o seu clima, com o seu ambiente. E daí se seu cabelo é ruim, não para arrumado, arma e embaraça, não muda de cor nem com reza brava? Aceite as coisas que não valem a pena sofrer pra mudar. Invista em saúde, não em aparência. É muito mais bonito se sentir bem do seu jeito do que se esforçar pra mudar e não combinar com aquilo.

Eu estou consciente de que falo como alguém mais velha do que sou, e sei que não devo esperar que as pessoas amadureçam, por que isso é sempre esperar demais. Mas um pouco de noção não mata ninguém, então espero que esse post revolts ajude alguém! Sou completamente contra a falta de personalidade e incentivo o descobrimento de si mesmo, então encontre o que te faz bem de verdade e pare de copiar os outros. Ninguém quer ser mais um na multidão, ninguém repara de verdade em mais um na multidão. Destaque-se pelas coisas boas, não pelas ruins. Destaque-se pela sua originalidade, pelas suas habilidades, pelas suas qualidades, pelas suas ideias e trabalhos e esforços, não pelas suas cópias. Chega de brincar de siga-o-mestre, há tempos não temos um mestre que mereça ser seguido. Não desmereça o esforço dos outros, não tente derrubar as pessoas, não faça nada que não gostaria que fizessem com você. É só uma questão de pensar antes de fazer as coisas. Ajudem um pouco a controlar essa zona que tá esse mundo.

Mudei de assunto umas trocentas vezes, mas vocês pegaram o espírito.

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…