Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Andando em círculos, cego pelo sol.

 

Isn't it a pity Now, isn't it a shame How we break each other's hearts And cause each other pain? How we take each other's love Without thinking anymore Forgetting to give back Isn't it a pity?
Some things take so long But how do I explain When not too many people Can see we're all the same? And because of all their tears Their eyes can't hope to see The beauty that surrounds them Isn't it a pity?
...

Feliz aniversário, George. ♥

Ah, inventem um título qualquer.

E aí, gente? Faz tempo que não digo como andam as coisas por aqui... Mais porque não anda valendo a pena comentar mesmo, mas vamos lá.
Ando me sentindo tão desmotivada e chateada e todos os "-adas" com o mesmo sentido, que resolvi postar hoje as coisas que aconteceram nos últimas dias que me deixaram mais animadinha. Vai ser uma coletânea de futilidades.


Algumas coisas que todos deviam saber sobre gatos

Outra da série "Tava Entalado E Precisei Postar".
Sempre que comento com alguém que tenho gatos, dois comentários são normais. "Credo, não gosto de gato" ou "Já matei tanto gato quando era mais novo" (tem também o "Gato? Atropelo todos que passam na minha frente"), ou ambos. Sei que estamos sob o maravilhoso direito da liberdade de expressão, mas só queria dizer algo sobre isso: a) Gosto é gosto e não se discute, b) Dizer que mata gatos, além de não ser um comentário que vá acrescentar à sua credibilidade pessoal, não é algo que um dono de gatos gostaria de ouvir. Você provavelmente não será bem vindo em minha casa.
Agora eu gostaria de falar sobre esse preconceito que as pessoas que nunca tiveram um gato insistem em alimentar, e esperançosamente fazê-las respeitar os bichinhos um pouco mais.


O primeiro dos erros é comparar os gatos aos cães, dizendo que gatos são "desobedientes, traiçoeiros, infiéis, independentes e nada carinhosos. E ainda t…

Por que te chamam de Júlio, Jules?

20 vivas pro meu querido herói de infância!
Júlio Verne (Jules Gabriel Verne) foi um escritor de ficção científica (entre 1840 e 1900). Ficou famoso por suas histórias sobre viagens ao redor do mundo, viagens ao centro da Terra, viagens ao fundo do mar, viagens pelo céu e viagens à Lua. Ok, isso vocês sabem. O que pouca gente sabe é que esse gênio simpático escrevia sobre viagens aéreas muito antes delas se tornarem meios práticos de locomoção; e sobre submarinos e protótipos de foguetes décadas antes deles serem inventados. Verne também deu, incrivelmente, uma descrição quase exata da Lua e dos meios de se chegar lá cerca de um século antes de tentarem de verdade!
Devorei todos os livros dele que encontrava pelas bibliotecas, quando mais nova. Preciso encontrá-los novamente e tê-los comigo. Se aceitarem sugestões para conhecê-lo, procurem:
As 20 Mil Léguas SubmarinasA Ilha Misteriosa(continuação d'As 20 Mil Léguas, e um dos meus favoritos EVER)Viagem Ao Centro da Terra(o primeiro qu…

4 coisas

4 coisas na minha bolsa: CarteiraCelulariPodLivro de Agatha Christie que estiver lendo no momento.
4 coisas na minha mesa de trabalho: TelefoneComputadorAgendaO origami de cisne que fiz há semanas e até hoje não tem nome.
4 coisas favoritas no meu quarto: ComputadorMeus CDsMeus DVDsPainel de recortes ♥
4 coisas que estou curtindo muito no momento: Rock dos anos 60Punk dos anos 70Hardcore dos anos 80Brit dos anos 90
Oh wait, isso é sempre.
4 músicas que não consigo tirar da cabeça: Because of the Shame, do Against Me!Bring It On, do The Gaslight AnthemI Can't Stay Mad At You, na versão do The QueersE, engraçado, do nada me veio I'm Not Angry, do Everly Brothers o.o
.
Pensem em alguém desanimado, desmotivado, sem vontade de cantar uma bela canção. Pode ser o Joseph Climber mesmo. Clonem o sujeito até montar um bom exército e unam todos eles em uma pessoa só. Podem chamar de Emmanuella.

Never mind the bollocks...

... here's the


Ou a banda responsável pelo que o mundo conhece como "punk". Por mais que eles na verdade tenham destruído tudo o que o punk deveria significar.
Não é segredo que os Pistols foram "fabricados" pelo gênio empresarial Malcolm McLaren como forma de divulgar a grife de sua esposa, Vivienne Westwood, já que o punk tava na moda. "Sex" era o nome da loja de roupas e acessórios em couro que o casal possuía. As "pistolas" da loja eram a banda. E daí vem o nome.
Assim como também não é segredo que o equipamento deles foi praticamente todo roubado do staff do David Bowie. Não é segredo que eles não sabiam tocar, a princípio, e que eles chutaram o único membro da banda que era realmente músico porque ele queria, bom, ensinar os outros a tocar. Não é segredo que eles colocaram o coitado do Sid Vicious no lugar do cara só porque ele tinha um visual legal, mesmo que, como músico, fosse ainda pior que os outros. Não é segredo que, no começo, eles t…