24/04/2011

Sugestões da Semana

Ok, chega de brigar. Vamos nos encher de chocolate, ser feliz e passar a noite no banheiro (bom, chocolate tem esse péssimo hábito de fazer isso comigo).


  • ÁLBUM:

Nenhum, em especial. To numa semana folk-Dylan-Baez, então sugiro qualquer coisa entre isso aí. Se quiserem dar uma olhada, Joan Baez, Bob Dylan.



  • FILME: Frankenstein Criou a Mulher (Frankenstein Created Woman, 1967)

Eu sei, eu e minha velharia. Ultimamente, tenho achado os filmes antigos muito mais interessantes que os mais recentes. Não sei se justamente pela falta de tantos efeitos especiais, que atualmente têm roubado o espaço da criatividade nos roteiros. Bom, este filme não é assustador. Ele é triste, muito triste. Se alguém já leu o livro Frankenstein, de Mary Shelley, deve ter uma ideia. Aqui neste enredo, o Dr. Frankenstein ainda fazia suas experiências, tentando prender a alma de alguém que havia morrido recentemente em seu próprio corpo, ou em outro corpo. Seu assistente, Hans, é guilhotinado injustamente pelo assassinato do pai do amor de sua vida, Christina, que é uma bela moça, porém com imperfeições físicas que geram todo tipo de ação maldosa da população local. Com a morte do pai e depois do namorado, a moça acaba se suicidando. Dr. Frankenstein tem material de sobra pro seu mais novo experimento, mas a coisa acaba saindo do seu controle. É, daí dá pra imaginar o que vai acontecer.

Peguei na locadora, sorry ;(

  • OUTRO: Curta/Videoclipe - Social Distortion, Machine Gun Blues




O grande acontecimento da semana, fiquei acordada até depois das 2h da madruga pra assistir a transmissão online!! Há um tempo, fomos surpreendidos pela notícia de que a banda lançaria um curta-metragem baseado na música Machine Gun Blues, de seu mais novo álbum (Hard Times and Nursery Rhymes). Nele, os caras da banda são gângsters em pleno 1934 e, como bons gângsters, vão assaltar um banco. A coisa vira uma tragédia só, mas ficou uma produção digna de cinema! Tem duração de 8 minutos, e vocês podem ver como ficou aqui embaixo:







Curiosidade:

O garoto engraxate é filho do vocalista Mike Ness; e a mulher que passa no começo do filme, e que acabam matando, sem querer, é a esposa de Mike Ness.

2 comentários:

  1. Adoro Joan Baez! Me deu vontade de ouvir um pouco. Bjs e Boa Páscoa!

    ResponderExcluir
  2. Que fera o vídeo, adorei!
    Esse filme eu já vi, é muito triste mesmo!

    Beijão e feliz páscoa lindona!

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!