15/05/2011

Sugestão da Semana

Salut, mes amis, comment allez-vous?

Não me lembro se comentei aqui no blog, mas me dei de presente de aniversário um pôster gigante do Monty Python e ele só foi chegar essa semana :P - Agora ele está aqui, emoldurado e pendurado na parede, de frente pra mim, com toda a sua sabedoria. Tentei tirar umas fotos pra mostrar, mas ficou bem difícil pra amadora aqui conseguir tirar uma sem reflexos por causa do vidro... Mas o pôster é exatamente este da imagem abaixo:

não tem em tamanho maior pra vocês poderem ler ;(

O título diz: "Tudo o que sei na vida, aprendi com o Monty Python", e essa lista reúne os conhecimentos que só podemos adquirir assistindo aos sketches e filmes dessa turma. Por exemplo, um dos itens diz: "When your walk becomes specially silly it can take longer to get to work", que faz referência ao Ministry of Silly Walks (sobre o qual falei brevemente aqui). Outro item diz: "Being a lumberjack is a very masculine occupation", sobre o sketch que já postei aqui. Entre muitas, muitas outras referências. É pura sabedoria em 61x91.

Alors, allons-y:



  • FILME: John & Yoko: A Love Story

Eu não fazia ideia de que esse filme existia. O encontrei por acaso enquanto fuçava uma das minhas fontes de imagens beatle-nescas e topei com esse post. Tentei pesquisar mais sobre ele e não encontrei muitas informações, a não ser de que foi filmado em 1985 e produzido especialmente para a televisão. Também sabe-se que teve dedo da própria Yoko Ono por trás da produção, cuidando dos direitos das músicas da trilha sonora. Ela também meteu o dedo no script, cortando uns pedaços convenientes. Bom, o filme não vai muito além do título: é uma história de amor, somente. Não foi muito bem recebido pela crítica por ser "romanceado e dramático demais", tipo uma novela mesmo, mas pessoalmente o achei bastante interessante; especialmente porque nunca liguei muito pra essa parte da vida do John Lennon e com certeza aprendi umas coisas novas. A história aqui começa quando os dois se conheceram, aos fins de 1966, e vai até o dia do assassinato de John, em dezembro de 1980. Passa pelo fim do seu primeiro casamento, pelo fim dos Beatles, bem como a luta de Yoko pela guarda da filha e contra o preconceito que recebia dos ingleses por ser oriental; a luta de John pra se livrar da heroína, a luta de ambos pelos seus direitos de permanecerem nos EUA. Também mostra o trabalho de ambos como artistas em conjunto (o cartaz do filme faz referência ao álbum experimental Two Virgins, acredito que todos já tenham visto a capa superpolêmica :P), também mostra a "lost weekend", quando o casal se afastou por pouco mais de um ano, por conta de umas recaídas de Lennon, e época em que ele se envolveu com May Pang e voltou a fazer música com seus amigos. Enfim, o bed-in, as prisões, a morte de Brian Epstein, tudo isso. Achei o fim meio tosco, mas de maneira geral recomendo, sim, que assita quem tiver interesse. Com exceção dos atores principais, que achei bem convincentes em seus papéis e caracterizações (e da atriz que interpretou a May Pang, que é A CARA dela), os demais foram uma escolha infeliz (os atores que interpretam George e Ringo nesses filmes sempre deixam muito a desejar, mas esse Paul McCartney que escolheram foi a coisa mais triste que eu já vi na vida, que decepção). O filme está dividido em partes pelo YouTube, mas a autora do post juntou todas elas no link que vou passar. Está em inglês e sem legenda, mas dá pra acompanhar bastante bem.

Assista aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!