14/04/2012

TOP 3: Armas mais Letais do Mundo Animal

Me lembro de uma aula de Evolução, na faculdade, quando minha professora nos explicou por que o ser humano é, biológica e fisiologicamente falando, o animal mais indefeso do planeta: Nós não temos garras ou dentes para nos defendermos de predadores, também não somos fortes e nem ágeis ou rápidos o suficiente para fugirmos deles, e nós também não contamos com espinhos ou ferrões ou esporas ou qualquer tipo de veneno, caso sejamos pegos por eles. Além disso, não temos pelos suficientes para nos protegermos do frio, e nem pigmentos cutâneos suficientes para aguentar os raios solares. Ou seja, se não fosse nossa capacidade intelectual de criar substitutos para tudo o que não temos, o homem com certeza não daria o ar da graça neste mundo por muito tempo.

Pensando nessa maravilhosa característica que a Evolução proporciona a todos os seres vivos - a de se adaptar ao meio para que possam sobreviver e, assim, evitar a extinção da espécie -, selecionei os métodos de defesa/ataque mais impressionantes do Reino Animal.



3. O soco do Stomatopoda

Chamado de Tamarutaca por aqui, esse camarão pode medir alguns milímetros ou chegar até 40 cm, e pode ser encontrado nos Oceanos Pacífico e Índico, próximo da África e do Havaí, principalmente. Uma das características notáveis desta espécie, além da capacidade de enxergar muito bem (e detectar raios infravermelhos e ultravioletas) - o que é raro nos animais marinhos -, este camarão possui duas patas dianteiras que são verdadeiros punhos de boxeador.



A potência do soco deste animal é comparada a um tiro de .22. Há relatos de que espécimes grandes chegam a quebrar o vidro de aquários com apenas um golpe.




2. A mandíbula da Odontomachus

Formigas são animais surpreendentes. Acho que todos devíamos passar mais tempo as observando do que tentando matá-las com uma lupa (a não ser, é claro, que elas estejam roendo a sua fiação de telefone - longa história). Todos sabemos que, apesar de serem animais pequenos, as formigas são extremamente fortes e contam com muitos truques de defesa contra seus predadores naturais, como o a picada que libera ácido fórmico (o motivo da picada ser tão ardida pra gente - em animais menores, o veneno é mortal).



Esta espécie Odontomachus, nativa da Austrália (chamada lá de trap-jaw, "mandíbula-armadilha", porcamente traduzindo) e também encontrada na Índia, possui um mecanismo a mais de ataque: um par de mandíbulas (sabem aquelas pinças que ficam no rosto delas?) que ficam sempre abertas num ângulo de 180°. Essas mandíbulas são cobertas por pelinhos supersensíveis que, se tocados por qualquer coisinha à toa, se fecham imediatamente... Numa velocidade de 225 km/h. Isso é mais rápido do que um piscar de olhos! Não há inseto que escape do ataque de mandíbulas tão poderosas.



1. As habilidades ninjas da Scolopendra gigantea

Centopeias gigantes. Não bastam ser centopeias, têm que ser gigantes. Alguns espécimes chegam a passar dos 30 cm de comprimento. É natural da América do Sul, encontrada especialmente no Peru e nas ilhas de Trinidad, Puerto Rico e Jamaica. As centopeias normais geralmente se alimentam de insetos, mas não essa delicadeza aqui. Essa aí come até ratos, lagartos, pássaros, e, além disso, consegue predar... *música de suspense* ... morcegos durante o voo!!



Essa centopeia escala as paredes de cavernas e fica pendurada no teto com apenas 10 de suas 42 patinhas, esperando os desavisados morceguinhos passarem voando por ali, e daí...



Além disso, esse troço é venenoso. Tipo, muito. Tipo, não chega a matar pessoas, mas dá uma febre daquelas.

.

Bom,  espero que tenham gostado do post especial. Desculpem a demora ;(

5 comentários:

  1. Caraca!!
    impresionada!!
    E esse camarão?! /MEDO

    ResponderExcluir
  2. Essa centopeia é de arrepiar!

    ResponderExcluir
  3. Ri demais com o boxeador e a centopéia malandra. Muito bom o post!

    ResponderExcluir
  4. Credo, Manu! Onde você acha estas coisas? Tadinho do morceguinho...

    ResponderExcluir
  5. Adoro, adoro, ADORO essas curiosidades! Amo o mundo animal, acho o máximo! A loca do Animal Planet, hahahaha! Principalmente essas curiosidades me chamam atenção!

    Amei o post, valeeeu Manu!

    Bjooo!

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!