02/12/2012

Clichês da TV e do Cinema Que Você Nunca Verá na Vida Real

Adaptação porca do artigo original no Mental Floss, olhem lá que é melhor.

.

Clorofórmio:


Cena clássica nos filmes de suspense, o vilão chegando por trás com um lenço encharcado de clorofórmio na intenção de desmaiar alguém. Na prática, não é assim tão fácil nocautear alguém com clorofórmio: a substância perde rapidamente seu poder ativo assim que entra em contato com o oxigênio (ou seja, não dá pra ficar escondido atrás da porta segurando um lenço encharcado até a vítima aparecer). E, pra melhorar, o clorofórmio não faz efeito na hora: dependendo de fatores como o tamanho e peso da vítima, pode levar até 10 minutos para que ela desmaie.

Cair atravessando vidros:

Aí o mocinho se joga pela janela do décimo quinto andar, cai em pé e sai andando, e tudo o que ele exibe é um cortezinho charmoso na maçã do rosto. Tirando os absurdos como não quebrar ao menos meia dúzia de ossos, o fato de atravessar vidros dessa forma não poupa a pele de ninguém. Estilhaços de vidro cortam tecidos com facilidade, e mutilam carne como se não fosse nada. Atravessar uma parede de vidro produziria tantos cortes em uma pessoa que, mesmo que ela sobrevivesse, pareceria recém saída de um banho de sangue.

Explosões de carros:


Parece que toda perseguição de automóveis termina em um deles perdendo o controle, batendo em alguma coisa e explodindo. Ou capotando e explodindo. Ou caindo de um penhasco e explodindo antes de chegar lá embaixo. A verdade é que a gasolina não é tão inflamável assim, e para que seu vapor realmente cause uma explosão, o contato dele com o oxigênio tem que ser bem específico (entre 1,4 e 7,6%). Fora dessa escala, o máximo que pode acontecer é o automóvel pegar fogo - mas não explodir.

Afogamentos dramáticos:


Nada de fazer aquela barulheira, gritando por socorro e chamando todo mundo e espirrando água pra todo lado. Vítimas de afogamento raramente são resgatadas a tempo porque ninguém perto delas percebe que alguém se afogou. A tendência da pessoa que se afoga é esticar o corpo e esticar os braços para os lados, numa tentantiva de "empurrar" a água pra baixo para poder alcançar a superfície. Não há oxigênio o suficiente para que a pessoa se debata, e é difícil conseguir colocar a boca pra fora da água e gritar.

Lápides prontas no enterro:

Elas sempre aparecem depois de um cena tensa, num funeral (geralmente debaixo de chuva) pra nos esclarecer que o personagem não sobreviveu ao que quer que tenha acontecido com ele. Na prática, lápides levam, no mínimo, quatro semanas para ficar prontas - se forem das mais simples. Lápides personalizadas com detalhes a mais levam pelo menos 90 dias.

Entre outros:

  • Vítimas de amnésia que recobram a memória após um segundo trauma na cabeça. Uma segunda pancada só pode piorar a situação, nunca melhorá-la.
  • Pessoas que levaram um tiro e pronto, me deixem aqui e vão sem mim. Mesmo que tenha sido no coração, ainda levam uns minutos até que percam a capacidade motora - ou seja, elas ainda podem revidar ou correr. O tiro só imobiliza instantaneamente se for na cabeça ou na coluna.
  • Pessoas atingidas por um tiro de revólver e são arremessadas longe. Um tiro de revólver não tem pressão o suficiente pra isso e, se tivesse, o atirador também seria arremessado para trás.
  • Silenciadores milagrosos que permitem um atirador matar todo mundo num lugar fechado sem levantar a mínima suspeita. Os silenciadores não abafam o som do disparo; na verdade, ele apenas dá um tempo para que a bala resfrie um pouco antes de ser lançada, então o que ele faz é suavizar um pouco o som do BANG!. Mas o tiro ainda é bastante audível, especialmente em lugares fechados.
  • A polícia chega, os detetives chegam, tiram umas fotos, recolhem umas evidências, mandam limpar tudo e vão embora. Numa cena de crime real, ninguém pode sair do lugar até que todas as evidências necessárias sejam recolhidas e, se algum policial esteve envolvido na cena, ele deve ficar lá até ser interrogado pelos seus superiores. E a limpeza fica sempre por conta do dono do lugar.


Há outros pontos que não colocarei no post, mas vocês podem sempre comentar o que costumam ver nos filmes e que os deixam intrigados. Partos a jato? Câmeras de vigilância de resolução melhor que a Tekpix?