05/04/2013

Aquele um onde eu posto 10 músicas aleatórias

Fazia um tempo que eu não colocava meu player em modo aleatório para postar as 10 primeiras músicas que ele escolher e falar sobre o porquê de eu gostar delas.

Atualmente, não tenho mais tantas músicas no computador. Desde que comecei a usar o Spotify, não armazenei mais muitas músicas por aqui. Eu sei, eu sou um exemplo.

Bom, essas foram algumas das que sobreviveram. Vamos ver quais o player escolherá:


1. Johnny Cash - A Boy Named Sue

Não sou muito de ouvir country, mas Cash é uma exceção (acho que pra muita gente). Essa música nunca me fará não rir; é a história de um cara que foi batizado com nome de mulher, tudo pelo que teve que passar e o que aconteceu quando ele finalmente encontra o seu pai, responsável por tal desgraça. Acompanhem a letra e riam:



2. Joe Strummer and Long Beach Dub Allstars - The Harder They Come

Outro estilo que não ouço muito, reggae. Originalmente por Jimmy Cliff (que é a minha exceção do estilo), como trilha sonora do filme de mesmo nome. Na verdade nunca cheguei a ver o filme, embora seja considerado um indispensável para os fãs do gênero. Mas essa música é muito bacana!



3. Roger Daltrey - Let Me Down Easy

Adoro essa. Da carreira solo Hard Rock do vocalista do The Who, fica dias na cabeça (como todo hard rock, aliás).



4. Descendents - I Don't Wanna Grow Up

Do álbum de mesmo nome, onde a caricatura clássica do vocalista Milo aparece de fraldas na capa. Bom, é um punk rockzinho sobre não querer crescer porque ser adulto é um saco. O de sempre.



5. The Mighty Mighty Bosstones - A Pretty Sad Excuse

É um skazinho (que desbanca pro third wave da metade pro fim), com uma letra bem boa; sobre se sentir inútil pra vida e sempre triste, de maneira geral, mas se questionando sobre os motivos e tentando superar. É isso que eu curto no ska, a positividade nos momentos mais meh da vida.



6. Left Alone - Sad Story

Ska-punk grudentinho que fala sobre, sei lá, essas coisas dessas bandas que fazem isso, da vida difícil nas ruas e tudo o mais.


7. Paul McCartney & The Wings - Picasso's Last Words (Drink to Me)

Eu realmente preferia que essa não tivesse tocado. Ela. É. MUITO. GRUDENTA.


8. The Clash - Career Opportunities

Um hino de 1977 que ainda é atual, e acho que sempre será, para toda a classe trabalhadora. As oportunidades de emprego nunca são aquelas que almejamos, temos que aceitar as oportunidades que conseguimos, mesmo que não seja aquela para a qual estudamos ou com o salário que queremos. Me lembro de que postei a letra dela aqui aquela vez que fui recusada em uma entrevista por "ser qualificada demais".


9. Caro Emerald - Stuck

Descobri essa mulher no blog do Rafhael e amei de cara. Essa música é muito, muito grudentinha. E uma delícia.


10. John Lennon & Yoko Ono - I'm Stepping Out

Boa pra fechar a lista. Tô caindo fora.