22/12/2013

Top 10 Álbuns de 2013 HCtZ


Nem vou fazer resenha elaborada, só algumas palavras. Tô salvando meu cérebro pro big post literário de logo mais. 

Seguem meus lançamentos favoritos do ano, sem ordem específica:

▼▼▼▼▼

The Hands That Thieve
Streetlight Manifesto

Na verdade suposto para ser lançado no ano passado, por enrolações burocráticas com a gravadora foi adiado para esse ano, e por enrolações burocráticas ainda piores com a gravadora, acabou não sendo lançado. A banda, mais do que descontente com a frequente palhaçada da Victory, mandou a gente baixar o álbum ilegalmente pela maneira que preferíssemos. Os que já haviam(os) pago pelo álbum físico na pré-venda tiveram a opção de pedir o dinheiro de volta, ou o deixar como donativo para a banda poder pagar pelo processo contra a gravadora. O que eu fiz. Muita injustiça um álbum excelente desses ficar no vácuo. (A versão acústica do álbum que o vocalista Toh Kay lançaria junto também foi boicotado pela gravadora)



 
Such Hot Blood
The Airborne Toxic Event

Descobri essa banda esse ano e foi amor instantâneo. Tudo é lindo.




New
Paul McCartney

Nada muito diferente, Macca nem precisa mudar também. Só pela diversão desse vídeo cheio de gente linda já vale a pena:



 
Doctor Who Soundtrack Series 7
Murray Gold

Sim, coloquei trilha sonora na lista. Só por essas músicas que já trazem lágrimas involuntárias (peguei vídeos sem spoilers, caso alguém queira me xingar):




AM
Arctic Monkeys

Coisa que não fazia há um tempo, ouvir um álbum só o dia inteiro. Fiz com esse, o dia que saiu. Sexy.



 
Anthems
Pure Love

Desde que o vocalista Frank Carter saiu da banda de hardcore Gallows e montou essa de rock alternativo, só quis ouvir essa. Como ele mesmo diz em uma das letras, "I'm so sick of singing about hate/ It's time that I made a change". Acompanhei, Frank.




Old Sock
Eric Clapton

Um álbum de versões de suas músicas favoritas da infância (e mais duas composições inéditas), com participações especiais. Mais uma gracinha do meu melhor amigo (já disse que o Clapton é o meu melhor amigo? Um dia eu conto isso direito).



 
Tape Deck Heart
Frank Turner

Mais do mesmo folk punk do magrelo inglês que mora no meu coração.




Immer in Bewegung
Revolverheld

Sem novidade, só tava com saudade de músicas novas em alemão cantadas pelo Johannes ♥ E essa música dá um carnaval.



 
The Shocking Miss Emerald
Caro Emerald

Minha escolha pessoal acima de qualquer Adele. Classe, graça, e voz no tom certo.



► Extra:


Waiting For The Dawn
The Mowgli's

Outra que conheci esse ano, graças à aleatoriedade sem noção da rádio personalizada do Spotify. Eles ainda não têm muita coisa, mas esse álbum é tão bonitinho e divertido. Dá pra sacar por esse vídeo:






Outros álbuns que curti:

  • Signed and Sealed in Blood - Dropkick Murphys
  • True North - Bad Religion
  • 13 - Suicidal Tendencies
  • The House of Gold & Bones Part 2 - Stone Sour 
  • To Be Loved - Michael Bublé
  • Selfhood - Sharks
  • Stroll / Stomp - Big D & The Kids Table
  • Dead Language - The Flatliners
  • Devour - Dave Hause
  • The Album After The Last One - The Toy Dolls
  • Grafitti On The Train - Stereophonics
  • Call Your Friends - Zebrahead
  • Absolute Zero - Little Green Cards
  • BE - Beady Eye

► E vocês, quais foram seus lançamentos do ano favoritos? Divide com a gente nos comentários!

2 comentários:

  1. The Truth about Love - Pink!

    Pretty much this... eu ouvi muita coisa velha esse ano! Creedence, Queen, Lynyrd... e ouvi coisa que ouvia antigamente tbm... E ouvi todos os CDs da Pink!, por quem estive in love o ano todo... rs

    E ouvi muito o que anda tocando no rádio, pq é o que toca no Just Dance 2014, e acabei curtindo as músicas de Boite! kkkkk Quem diria? =D Bjos

    ResponderExcluir
  2. Como a gente tem gosto diferente e igual ao msm tempo, uhahuahauha.
    De todos os q vc postou, só ouvi o do Arctic Monkeys. Quis dar uma chance de gostar deles, mas não passou da terceira faixa (desculpa :p)
    Mas adorei a capa do Streetlight! Adoro capas simples assim, me fascinam. E msm não tendo ouvido o álbum, é uma das bandas q escuto online de vez em qd mas ainda não assimilei à minha coleção pessoal. Quem sabe em 2014, né? xD
    Mas um que vc postou deve entrar na minha lista pessoal: Grafitti On The Train! Custei a me acostumar, mas depois não parei de ouvir. Acho q ficou pau a pau com o disco do Eisley na disputa do disco q mais ouvi no ano.
    Tenho q preparar esse post tbm, mas vai ficar só pro dia 31, pq ainda tenho q ouvir os discos todos de novo :p
    =* s2

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!