25/04/2014

Em algum lugar entre as duas coisas

original:

versão acústica, pra quem quiser menos metais na mensagem :P


You were gone when we found you
Você já havia partido quando o encontramos
You were practically surrounded, you were trapped;
Você estava praticamente cercado, encurralado;
But the opposition stalled, their blood ran cold
Mas a oposição desacelerou, o sangue gelou
When they saw the look of love in your eyes.
Quando viram o amor em seus olhos.

Maybe the times we had, they weren't that bad
Talvez o tempo que tivemos não tenha sido tão ruim
And everything else was part of the plan
E todo o resto fizesse parte do plano
We sang: "I don't know where we go from here"
Nós cantávamos: "Não sei pra onde a gente vai daqui"
This is the alpha, omega, beginning and the end
Este é o alfa, o ômega, o começo e o fim
And we all just idolize the dead.
E todos nós idolatramos os mortos.

So you were born, and that was a good day
Aí você nasceu, e foi um dia bom
Someday you'll die, and that is a shame
Um dia você vai morrer, e isso é uma pena
But somewhere in the between was a life of which we all dream
Mas em algum lugar entre as duas coisas teve uma vida com a qual todos sonhamos
And nothing and no one will ever take that away.
E nada nem ninguém pode jamais tirar isso de nós.

You had a love, and that love had you
Você teve um amor, e esse amor lhe teve
And nothing mattered, you were fine
E nada importava, vocês estavam bem
And some will complain - they're just bitter, what a shame!
E alguns vão reclamar - eles são amargos, que vergonha!
They know that loving and losing is better than nothing at all.
Eles sabem que amar e perder é melhor do que coisa nenhuma.

Maybe the times we had, they weren't that bad
Talvez o tempo que tivemos não tenha sido tão ruim
And everything else was part of our path
E todo o resto fizesse parte do nosso caminho
We sang: "I don't know where we go from here"
Nós cantávamos: "Não sei pra onde a gente vai daqui"
This is the anthem, the slogan, the summary of events
Este é o hino, o lema, o resumo dos acontecimentos
And we all just idealize the past.
E todos nós idealizamos o passado.

And someday soon, my friends
E algum dia muito em breve, meus amigos
This ride will come to an end
Essa corrida vai chegar ao final
But we can't just get in line again.
 Mas não podemos simplesmente entrar na fila de novo.


Somewhere in the Between
Streetlight Manifesto
Somewhere in the Between (2007)

17/04/2014

E ainda mais curiosidades biológicas inúteis

A gente vai descobrindo as coisas e dividindo com todo mundo. É assim que o mundo deveria funcionar, não é?

▼▼▼▼▼

Cães e gatos são tipicamente destros ou canhotos

Tendemos a pensar que os animais utilizam suas patas de maneira indiscriminada, diferentemente de humanos, mas esse pensamento não é correto. Pesquisas conduzidas em 1991 e 2006 determinaram que cerca de 50% dos gatos estudados eram destros, 10% ambidestros, e 40% canhotos. Já os cães se dividiram em cerca de 50% destros e 50% canhotos, com uma porcentagem mínima de ambidestros.

Mas, como descobrir qual é a pata de preferência do seu cão ou gato? Apenas um teste não é o suficiente para descobrir (especialmente se estão brincando, quando não demonstram preferência), mas existem várias maneiras de tentar:

1. Enquanto seu cão ou gato estiver brincando deitado, estenda sua mão fora do alcance dele e veja com qual pata ele tentará lhe alcançar.

2. Esconda um brinquedo favorito dele ou uma guloseima qualquer embaixo de um móvel ou de um tapete, e veja com qual pata ele tentará pegar. (Nota: isso não funciona com a Akira - ela sempre tenta alcançar tudo com a boca...)

3. Se ele estiver em um ambiente fechado com você e pedir para sair, note com qual pata ele arranhará a porta.

Porém, como eu disse, apenas um teste não basta, e talvez você queira tirar a prova várias vezes para ter certeza. E há ainda a possibilidade, embora não tão provável, do seu animalzinho ser realmente ambidestro.

Bônus: Ainda outros animais apresentam preferência destra ou canhota, entre eles cavalos. Ter essa informação é importante para quem aposta em corridas: como eles precisam fazer curvas várias vezes no trajeto, apostar no ambidestro frequentemente é a melhor jogada.



Ovos brancos e ovos marrons não têm nenhuma diferença além da casca

Não importa o que a sua avó lá da fazenda diga, o sabor não é diferente, ovos marrons não têm mais nutrientes, e os brancos não são melhores ou piores para fazer bolo. Porque ovos de galinha são ovos de galinha e, portanto, iguais em conteúdo.

O mito começou com o fato de que os ovos marrons são mais caros do que os brancos (e tudo que é mais caro é melhor, certo? Nem sempre!). Ovos marrons são mais caros porque as galinhas que os botam normalmente comem mais, dando mais despesas para quem as cria. Elas comem mais porque são normalmente maiores dos que as que botam ovos brancos (embora não seja regra geral, normalmente galinhas de crista clara botam ovos brancos, e galinhas de crista vermelha botam ovos marrons).

Entretanto, o sabor dos ovos pode ser realmente diferente de um pro outro, mas isso não tem a ver com a sua cor, e sim com a dieta das galinhas que os botaram. Galinhas criadas em casa tendem a botar ovos mais saborosos, devido à dieta mais natural do que as criadas em granjas, voltadas ao comércio em grande escala. 

Bônus: Nem todos os ovos de galinha são brancos ou marrons. Algumas espécies exóticas põem ovos azuis ou até verdes. | Existem cerca de 25 bilhões de galinhas no mundo, sendo a ave com maior proliferação do planeta.



Nariz e orelhas não continuam crescendo até a velhice

Não, não é impressão sua: pessoas mais velhas realmente têm narizes e orelhas maiores do que as mais jovens. Mas não é porque essas partes continuam crescendo: é por causa daquela inevitável e anatomicamente indesejável força da gravidade.

Todas essas partes são feitas de cartilagem e, tendo ela estrutura diferente da nossa pele e de outros órgãos, a gravidade atua sobre ela de forma diferente. A cartilagem é feita de colágeno e fibras de elastina que, com o tempo, começam a afrouxar. É como um elástico que para de funcionar depois de um tempo. Como a pele que sustenta a cartilagem também tem sua parcela de elastina, também ela começa a afrouxar com o tempo e, portanto, permite que nosso nariz e orelhas aumentem. Estudos mostram que nossas orelhas aumentam cerca de 0,22 milímetros por ano, o que também ajuda a ciência forense a identificar a idade da vítima.



Todo mundo tem hemorroida

A gente não costuma usar essa palavra em conversas saudáveis, mas a verdade é que as hemorroidas estão sempre lá por você, protegendo os músculos do esfíncter, e mantendo tudo ali fechadinho em casos de grande pressão abdominal (por exemplo, quando a gente tosse, são as hemorroidas que impedem que uma catástrofe aconteça nas nossas calças). 

Elas só se tornam um problema e um incômodo quando incham, e os motivos para isso são vários: prisão de ventre, obesidade, gravidez, e alguns estudos até sugerem que esse inchaço é hereditário. O avanço da idade também contribui para o inchaço das hemorroidas (estudos mostraram que 50% dos americanos na faixa dos 50 anos de idade apresentam hemorroidas inchadas, independentemente de seu tipo físico). 



Nossa língua não tem zonas de paladar 

Lembram quando a gente aprendeu que a nossa língua é dividida em áreas e que cada área é responsável por identificar os diferentes gostos (doce, salgado, azedo e amargo)? Fomos enganados. E tudo por causa de um erro de tradução.

Um pesquisador alemão escreveu um artigo, em 1901, sobre um experimento em que várias pessoas saboreavam os diferentes gostos em diversas áreas da língua, e foi concluído que não há significante diferença entre uma porção e outra - o gosto é basicamente igual em qualquer área da língua. Mas um psicólogo americano se confundiu na tradução do artigo pra o inglês, e interpretou os dados de tal forma que o inspirou a desenhar as zonas de paladar que todos conhecemos. Desde os anos 1970, porém, cientistas vêm tentando derrubar esta concepção, conduzindo os mais variados tipos de estudos, e é fato comprovado que as papilas gustativas presentes em nossa língua funcionam exatamente igual em qualquer região do órgão. (ainda bem, porque eu sempre achei sacanagem que o amargo ficasse lá no fundo da língua, justo quando já estamos engolindo o troço ruim)

06/04/2014

Cinquentões em 2014

Ano passado, comemoramos o cinquentenário de muita coisa e gente legal. 

Este ano, mostro alguns novos cinquentenários para comemorarmos.

(Tô sendo bem parcial)

(Acho que vou fazer isso todo ano :P)

▼▼▼▼▼

Sandra Bullock,  Keanu Reeves, Russell Crowe, Christopher Eccleston...














Sandra Bullock, mais conhecida pelas comédias, estrelou recentemente em Gravidade; Keanu Reeves, mais conhecido pela trilogia Matrix, estrelou recentemente em 47 Ronins; Russell Crowe, mais conhecido por Gladiador, estrelou recentemente em Noé; Christopher Eccleston, mais conhecido pela nona encarnação do personagem principal de Doctor Who, estrelou recentemente em Thor 2. E também Nicholas Cage e vários outros atores e atrizes. Escolham seus favoritos.

Dan Brown e Rick Riordan






















Ambos autores de livros de sucesso. Dan Brown é mais conhecido pelas aventuras do professor Robert Langdon, algumas delas adaptadas para o cinema. Rick Riordan é mais conhecido pelas aventuras de Percy Jackson e companhia, que também viraram adaptações para o cinema. (Descobri há pouco tempo que Dan Brown tinha uma banda. Foi... estranho)

Demolidor


Matt Murdock é um advogado de dia e justiceiro à noite (teoricamente, todo advogado teria de ser um justiceiro, mas...). O acidente que o deixou cego, ainda garoto, foi também o responsável por seus dons: Matt tem uma audição tão aguçada que lhe serve de "radar". É um dos meus super-heróis favoritos, criado por Stan Lee e Bill Everett em 1964. No mesmo ano, também foram criados o Gavião Arqueiro e a Viúva Negra, ambos como vilões, mas agora conhecidos pelos Vingadores.


You Really Got Me, House of the Rising Sun, Oh Pretty Woman, The Times They Are A-Changing, The Sound of Silence...


Ah, que ano fenomenal para a música... Me contive pra não colocar muitas mais. Essas são algumas das muitas que ocuparam o topo das paradas do ano, e todas são clássicas lembradas até hoje. (House of the Rising Sun, na verdade, é uma canção folclórica muito antiga - ninguém sabe exatamente de quando, mas a versão mais conhecida é essa do The Animals)

The Who, The Band, The Jackson 5, The Velvet Underground...



Dentre as muitas bandas que surgiram em 1964. The Who ainda está na ativa, com apenas dois dos membros originais. The Band foi originalmente banda de apoio de alguns artistas (incluindo Bob Dylan), que depois se virou sozinha. The Jackson 5, que marcou o início da carreira de Michael Jackson, quando ele ainda tinha 5 anos de idade. The Velvet Underground, considerada uma das pioneiras do punk rock, liderada por Lou Reed.

A Hard Day's Night


O primeiro filme dos Beatles, no qual eles satirizam a própria vida e a própria banda, focando no comportamento absurdo dos fãs em plena Beatlemania, com bastante humor e música.


Também: a morte de Sam Cooke; a criação de Família Addams, Pantera Cor-de-Rosa, Mary Poppins e o livro Charlie e a Fábrica de Chocolates; Bonequinha de Luxo; TVs de plasma e LCD (sim, já há 50 anos); as primeiras fotos da Lua; e muito mais...