29/11/2014

... e ainda mais livros interativos!

2014 está sendo um ano muuuito esquisito... Não sei se tá todo mundo com essa impressão, ou se eu só estou prestando atenção nas coisas esquisitas, mesmo.

De qualquer forma, comentei em alguma postagem anterior sobre a necessidade da terapia que não vou fazer, e como esses livros interativos que tanto estão na moda andam me ajudando a aguentar toda a esquisitice desse ano.

Depois de Destrua Este Diário, que não vou terminar, e Termine Este Livro, que já terminei, peguei outros dois lançamentos: Listografia, de Lisa Nola, e 1 Página de Cada Vez, de Adam J. Kurtz.



O Listografia eu havia visto pelo Pinterest e achei a proposta atrativa pra mim: listar a vida de acordo com os mais variados tópicos. Os temas vão desde coisas simples, como os lugares em que você já morou, o nome de todos os animais de estimação que você já teve, seus programas de TV favoritos, as cidades que você conhece, até assuntos mais reflexivos, como as coisas sobre você que quase ninguém sabe, seus maiores atos de bondade, o que você tentaria salvar se sua casa pegasse fogo, as coisas pelas quais você gostaria de ser lembrado... São 65 listas ao todo, ele é todo ilustrado, e, no final, há páginas com linhas para que você crie outras listas. Achei que fosse aquele tipo de livro que você acaba em algumas horas e pronto, mas já o tenho há semanas e todo dia me lembro de algum item e aumento alguma das listas. É muito bacana e tenho me divertido com ele. Sei que a autora lançou vários livros da série Listografia, e os demais são temáticos. Tô só esperando vir pro Brasil os de Literatura, Música e Cinema!

essa lista está seriamente incompleta

ostentando o pseudo-poliglotismo
Já o 1 Página de Cada Vez eu estava namorando platonicamente há vários meses, até que finalmente o consegui. A Amazon lindíssima fez uma promoção muito legal do kit com o livro mais um marcador de páginas, um lápis personalizado e uma caixinha de lápis de cor por R$13! O livro é bem grosso e funciona como um diário: todo dia você faz uma página dele, de acordo com as instruções. Não precisa ser em ordem (eu, ao menos, abro aleatoriamente e faço o que vier), e confesso que é difícil fazer só uma por dia. Algumas, entretanto, exigem tanta reflexão que as guardo para dias mais propícios. Gosto muito dele porque não exige talentos artísticos, como os da Keri Smith (que teoricamente não os exigem, mas são chatos de fazer se você não sabe desenhar), e te dá vazão a um monte de pensamentos que você não sabe onde mais escrever. Como um diário, mesmo, mas um que "conversa" com você. Algumas das páginas não têm regras, e nelas você pode fazer o que bem entender. É divertido e te faz pensar em um monte de coisas - emails que você não tem coragem de mandar, playlists para todas as ocasiões, histórias tristes e engraçadas, conselhos recebidos e dados, e também alguns rabiscos. Uma gracinha.


E vocês, também já se renderam aos livros interativos? Conhecem ou já ouviram falar de algum outro do gênero que possam me indicar? :D

2 comentários:

  1. Os da Keri eu não tenho vontade exatamente porque não tenho talentos artísticos. Mas eu também comprei 1 página por dia na Amazon. Morri de vontade de comprar Listografia agora.
    Amei o post.

    ResponderExcluir
  2. Listografia seria perfeito pra minha mania de listas hahs

    ResponderExcluir

Bom senso, respeito e educação são esperados e sempre bem-vindos nos comentários. Obrigada pela visita!