Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Sugestões de leitura de 2015: Maio - Junho

Tô preocupantemente devagar. Não sei por quê, mas não ando conseguindo me concentrar em muita coisa, ultimamente. :(

Segue tudo o que li nos dois últimos meses. Tem de tudo um pouquinho, como sempre. Vamos lá?

▼▼▼▼▼
Stonehenge Bernard Cornwell - Record - 2008 (2000) - 503p.
Livro que eu já tinha em casa há um tempão e que resolvi ler agora por ter sido recomendado (sim, eu levo suas recomendações a sério, por mais que eu demore :B). Os pontos que me fizeram gostar muito dele: 1) é de Bernard Cornwell, autor das Crônicas Saxônicas, que devorei ao longo dos últimos meses. O homem escreve ficções históricas como poucos, inserindo História naturalmente durante os romances, sem entediar o leitor com listas de datas e eventos. 2) É um volume só, o que anda me ganhando com facilidade, ultimamente. 3) É ambientado numa época da História da qual pouco ou nada se sabe e muito se especula: 2000 a.C., quando o homem neolítico estava entrando na Idade do Bronze. Stonehenge é um dos grandes mistéri…

Vier Mauern

ABERTURA.
"Alguma coisa existe que não aprecia o muro."


A PRIMEIRA PAREDE.
Tento imaginar quem construiu a primeira parede. O que ele tinha em mente. Ou ela. Proteção? Privacidade? Ou outra coisa.
Construímos nossas civilizações com paredes, que nos dão abrigo e fortaleza. Mantêm distantes "os outros": as intempéries, os animais selvagens, as pessoas que são diferentes. Ao nos dividirem, as paredes nos definem.
As paredes separam as pessoas; e não só as paredes que construímos. Talvez as mais assustadoras sejam aquelas que não somos capazes de ver, mas em cuja existência acreditamos.


A SEGUNDA PAREDE.
Eu tive um sonho a respeito disso quando era pequeno.
No meu sonho havia uma nota, uma nota musical, um som; e quando ela era tocada todas as paredes começavam a ruir. E todas as pessoas de todos os lugares podiam ver...
Podiam ver umas às outras, fazendo as coisas que as pessoas fazem entre quatro paredes. Ninguém tinha mais onde se esconder.
Então acordei, e nunca soube se nã…

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Baratas não sobreviveriam a uma guerra nuclear. Tardígrados, sim.

"Tard- o quê?", vocês me perguntam.
Amigos: a partir desse momento, jamais ignorem a existência dos tardígrados. Esses bichos ainda vão dominar a Terra. E, talvez, toda a porcaria do Universo.



Ok. Nem é tão feio. Por que preciso ter medo dele?

Bom, versão resumida: porque ele é praticamente imortal.
Estudos comprovaram que os tardígrados sobrevivem bastante bem em qualquer ambiente, inclusive nos de condições mais extremas. Já se sabe que eles aguentam de boa desde o zero absoluto (que equivale a -272°C) até 151°C, bem como aguentam uma pressão até seis vezes maior do que a dos pontos mais fundos dos oceanos, e também níveis de radiação centenas de vezes maiores do que é letal para seres humanos. Ah, e também aguentam o vácuo do espaço sem qualquer tipo de proteção (sério, mandaram os bichos pro espaço). Foi após essa constatação que surgiu a teoria de que esse animal teria origem fora do planeta e se estabeleceu aqui.
E... Eles também aguentam ficar sem água e comida por mai…