Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Ainda sobre livros interativos

Comentei aqui, no ano passado, sobre meu gosto por livros interativos e como eles me ajudam com a ansiedade [1, 2]. Este ano, a moda foi os livros de colorir para adultos, aos quais não cheguei a aderir (até gosto de pintar mas, sinceramente, gosto muito mais do meu caderno de atividades da Marvel, hahah) (po, vem com adesivos, não me julguem).
Com exceção do Termine Este Livro (que adorei fazer), ainda não terminei nenhum dos outros - como eu disse, o Destrua Este Diário não me pegou; o Listografia está sendo complementado aos poucos, e o 1 Página de Cada Vez (meu favorito) é meio intenso e não é todo dia que dá pra completar algo nele. 
Existem ainda vários por aí; são tantos que não sei bem quais são mais legais, então acabo escolhendo meio "no escuro". Recentemente, resolvi experimentar outros dois, que são o Livro de Marcar Livros, organizado pela Increasy, e o The Pointless Book, de Alfie Deyes.



O Livro de Marcar Livros eu peguei por curiosidade, porque, afinal, tem a…

15 músicas aleatórias

Tava eu aqui fuçando o arquivo do blog e me lembrei que eu costumava fazer uma postagem dessa por ano, apesar de a última ter sido há 4 anos :P [2009, 2010, 2011]. Claro que, de lá pra cá, fiz várias listas de indicações musicais; mas as fiz seguindo padrões diferentes e, sei lá, deu saudade de fazer como antes.
A ideia era pegar uma playlist favorita, colocá-la para tocar em modo aleatório e listar as 15 primeiras músicas que tocassem, sem pular, e dizer por que elas estão na sua playlist. O caso é que eu não tenho mais meu iPod, e minhas playlists do Spotify são pequenas e têm as mesmas músicas de sempre, que já postei aqui várias vezes. ENTRETANTO, tenho a opção da rádio personalizada da Last.fm, que manda tudo o que tem na minha biblioteca pessoal. Então, vou pegar as 15 primeiras que tocarem lá (procurando não repetir o que já postei aqui antes).
Não precisam ouvir tudo (não precisam ouvir nenhuma). Acho legal postar porque gosto de comparar essas listas de ano em ano, já que me…

Mais dicas de filmes para ver na Netflix

Os que indiquei nas postagens anteriores provavelmente não estão mais lá [1, 2] e, de lá pra cá, já assisti a mais filmes legais. Então, acho que já está na hora de mandar outras sugestões.
Como nas outras vezes, procurei fugir das recomendações muito óbvias (os filmes que todo mundo já viu ou já cansou de ouvir falar). Segue uma escolha pessoal para cada uma das principais categorias:


[ PARA ASSISTIR, CLIQUE NAS IMAGENS ]


► AÇÃO



Este eu assisti antes de entrar pro catálogo do Netflix. Quem não gosta de distopias, certo? O filme, além de ter bastante ação e ser emocionante, é cheio de surpresas. 

► CLÁSSICO



É um clássico meio perturbador, daqueles que a gente fica nervoso enquanto vê. É até estranho ver o Robert De Niro tão novo e tão insano, haha. 

► COMÉDIA



Já assisti várias vezes; é muito bacana e bem divertido (especialmente pelo Jeff Bridges). Foi baseado em uma HQ que nunca consigo achar pra ler. :(

► DRAMA



Minha mãe sempre falava desse filme quando víamos algo com Edward Norton, e …

A palavra é: Immortelle

Em um momento de breve tédio, lembrei-me de uma brincadeira que já fiz por aqui em duas ocasiões [1, 2]. A regra era pegar um dicionário, abri-lo aleatoriamente em qualquer página, bater o olho em uma palavra e postar sobre o que tal palavra me lembra.
O dicionário que estava à mão aqui era o de Francês, e a primeira palavra que vi ao abri-lo aleatoriamente foi immortelle, adjetivo feminino que significa "imortal". Poxa, que sorte, isso me faz pensar em muitas coisas:

1.Immortelle, mesmo, me lembra de uma banda gótica austríaca da qual gostava bastante, L'Âme Immortelle
Conheci a banda ao assistir ao vídeo de Brennende Liebe, da banda OOMPH!, no qual a primeira banda teve participação. Já falei sobre a vocalista, Sonja Kraushofer, por aqui anteriormente. Estou completamente por fora do que esse povo anda lançando ultimamente, mas de vez em quando ainda ouço as minhas favoritas da época. Segue o vídeo que mencionei e mais um dos meus favoritos da banda.







2. Inevitavelme…