Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Desafio de Leitura 2016: Primeiro Relatório

Mantendo a tradição de fazer as recomendações bimensalmente, trago o relatório das primeiras leituras do ano, bem como quais itens do desafio já cumpri. Como ainda estou sorteando o que ler, na verdade tudo aqui é coincidência e alguns dos livros estarão inevitavelmente fora do desafio. Também estão fora do desafio alguns livros relacionados aos que fazem parte dele (sequências ou similares), já que uma leitura acaba puxando outra, sabem como é.
Como leio muitas HQs e só há um item desse no desafio, eu talvez as considere como válidas para outros itens, ao fim do ano, se não conseguir ler de fato um livro que se encaixe. Acho que eu tô trapaceando.

E olhem só, consegui retomar meu ritmo habitual de leitura! Tomara que eu não o perca durante o ano, haha!

▼▼▼▼▼
Ficção:

O Temor do Sábio Patrick Rothfuss - Arqueiro - 2011 - 960p.
Segundo volume d'A Crônica do Matador do Rei, acompanhando o segundo dia em que Kvothe narra ao Cronista a história de sua vida em busca do Chandriano e seu c…

10 curiosos animais híbridos

(Por "curiosos" entendam "que quero no meu quintal")



Ligre

Um ligre é o resultado do cruzamento entre um leão e uma tigresa. É o maior felino em existência atualmente, chegando a pesar 400 kg e medir até 3,6 m de comprimento. Ligres só existem em cativeiro, pois leões e tigres não convivem na natureza, e vivem cerca de 20 anos. 

Tigreão

O tigreão é o inverso do ligre, ou seja: resultado do cruzamento entre um tigre e uma leoa, apesar de não ser tão comum quanto o ligre. Eles não crescem muito, por causa dos genes na mãe, e chegam a pesar 180 kg - entretanto, se cruzados com leões ou outros felinos maiores, os filhotes podem ser bem grandes. Ao contrário dos ligres, os tigreões têm saúde frágil e não vivem muito.

Gato Savannah

Este é o resultado do cruzamento entre um gato selvagem e um gato doméstico, e é um dos únicos híbridos que ocorrem sem manipulação. Eles são maiores que gatos domésticos e têm alguns traços selvagens, como a coloração, o comprimento da cauda e d…

As últimas 10 músicas favoritas

Já foram seis meses desde a última, tá na hora de novo.



♫♫♫♫♫


Biblical
Biffy Clyro





It could have been a wonderful year
Instead we might not make it to the end
Everybody cares, but nobody knows
Fazia um tempão que o Spotify estava me recomendando essa banda com base nas outras que costumo ouvir, aí resolvi finalmente ceder e admito que tem sido quase só o que ando ouvindo agora.

Shadow Moses
Bring Me The Horizon





Can you tell from the look in our eyes?
(we're going nowhere)
We live our lives like we're ready to die
(we're going nowhere)
You can run but you'll never escape
(over and over again)
Will we ever see the end?
(we're going nowhere)
Escolhi essa mas são várias. O BMTH se tornou uma das minhas bandas favoritas e saber que vou vê-los ao vivo logo mais tá me deixando ansiosa (por mais que o Oli não esteja lá aquelas coisas ao vivo, atualmente, se o show for algo como aquele DVD sensacional gravado recentemente em Wembley, já tá legal).

Wake Up Call
Maroon 5



If you needed lo…

Então, a tal da Síndrome de Asperger...

Não vou saber dizer com exatidão quando foi que eu comecei a desconfiar de que tinha algum grau de autismo rolando no meu cérebro, mas aconteceu mais ou menos assim.
Quando, por curiosidade, refiz o teste Myers-Briggs (sobre o qual falei aqui), entrei para um grupo no Facebook onde INTJs do mundo todo se reúnem pra conversar sobre opiniões impopulares e compartilhar artigos interessantes sobre psicologia. Nisso, foi levantado várias vezes que as características que distinguem os INTJs são exatamente as mesmas das pessoas diagnosticadas com a Síndrome de Asperger; mas isso sempre gera algumas discussões com argumentos infundados e acabam deixando o assunto de lado.
De qualquer forma, eu sempre paro pra ler quando algo assim surge e percebi que, realmente, eu conseguia me identificar facilmente com tudo aquilo. A ideia do autismo já estava me preocupando havia um tempo, mas eu nunca consegui me identificar completamente com os sintomas do autismo clássico (que se caracteriza, especialm…

Mais 4 fatos científicos que precisamos desmitificar

Designed by Freepik


Desde que começou a ser praticada, a Ciência nunca parou de avançar; e, com toda a tecnologia que fomos capazes de criar e estamos constantemente melhorando, a tendência é que ela avance cada vez mais e mais rápido. O que já se sabe sobre o nosso planeta, o Universo e nós mesmos, em todos os níveis imagináveis, é tão impressionante que chega a ser difícil acreditar que ainda haja mais o que saber. Bom, como constantemente vemos, sempre há mais. Ainda há muito que ignoramos, e o papel da Ciência é não deixar perguntas sem respostas.
A Ciência, como muitos gostam de resumi-la, não se restringe apenas a Física, Química e Biologia (como regra, as matérias mais detestadas da escola). Ciência é todo estudo baseado em observação e experimento da matéria física, ou seja, coisas que podemos ver, tocar e cuja existência podemos provar de alguma forma. A Ciência, por si só, deixa de lado questões filosóficas e metafísicas, mas jamais deve-se assumir que elas não possam se mis…