Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Tabacaria

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte disso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

[...]

Que sei eu do que serei, eu que não sei o que sou?
Ser o que penso? Mas penso ser tanta coisa!
E há tantos que pensam ser a mesma coisa que não pode haver tantos!
Gênio? Neste momento
Cem mil cérebros se concebem em sonho gênios como eu,
E a história não marcará, quem sabe?, nem um,
Nem haverá senão estrume de tantas conquistas futuras.
Não, não creio em mim.
Em todos os manicômios há doidos malucos com tantas certezas!
Eu, que não tenho nenhuma certeza, sou mais certo ou menos certo?

[...]

Serei sempre o que não nasceu para isso;
Serei sempre só o que tinha qualidades;
Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta,

[...]

Vivi, estudei, amei, e até cri,
E hoje não há mendigo que eu não inveje só por não ser eu.

[...]

Fiz de mim o que não soube,
E o que podia fazer de mim não o fiz.
O dominó que vesti era errado.
Conheceram-me logo por quem não era e não desm…

Meus 5 livros favoritos de não-ficção

Vi esta postagem no Momentum Saga e, como sempre, achei uma boa ideia e vim fazê-la, também. Nunca me canso de sugerir leituras e espero sempre inspirar alguém a aprender mais sobre assuntos interessantes. Por isso, aqui vão meus cinco livros favoritos de não-ficção:




A expressão das emoções no homem e nos animais, de Charles Darwin  [resenha]
Sou grande entusiasta da etologia (estudo do comportamento), área em que quis me especializar após a faculdade, e este livro é tudo o que eu esperava ler sobre o assunto. Darwin, quando o escreveu, já não podia mais sair de casa devido a sua doença, então os métodos de pesquisa para ele foram bem criativos. E é ilustrado, o que ajuda bastante na compreensão das descrições.

As línguas do mundo, de Charles Berlitz [resenha]
O ganhei de presente da minha mãe e tenho vontade de ficar abraçada nele pro resto da vida, de tão sensacional que é. Berlitz, mesmo, foi uma pessoa sensacional, cuja erudição admiro muito. Como amo aprender línguas, este livro t…

6 coisas que entendemos errado sobre o mundo

Adoro desmitificar as coisas.




Não se pega resfriado por causa do frio

O resfriado é causado por infecção virótica e independe do clima. Como existem cerca de 200 vírus que causam o resfriado, ainda não existe uma cura ou vacina pra isso, então a gente fica a vida toda suscetível a pegar um resfriado de vez em quando. A razão pela qual parecemos ficar mais resfriados no inverno ou quando expostos a baixas temperaturas por longo tempo é que passamos esses momentos presos em lugares fechados, compartilhando o ar com outras pessoas que podem estar contaminadas. Ou seja, quando ficamos resfriados depois de um longa viagem, por exemplo, é porque alguém no ônibus ou avião já estava resfriado; não tem a ver com o ar-condicionado do transporte.


O chifre do narval não é um chifre

É um dente, que nem os marfins do elefante. Esse dente do narval é um canino que atravessa o lábio superior e se estende de 1,5 m a três metros. É mais comum nos machos, embora algumas fêmeas talvez apresentem o marfim p…