Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Desafio de Leitura 2016: Segundo relatório

Este segundo relatório vai ter pouquinha coisa. Os demais livros que li são parte de séries (uma trilogia e uma outra série de 7 volumes) e estou esperando acabar todos para falar sobre tudo de uma vez e deixar tudo mais fácil de pesquisar depois. Fora eles, li pouca coisa diferente, mas vou postar conforme o programado pra não acumular demais para o próximo (quem liga?). Destes que serão listados, nenhum faz parte do desafio, mas mantive o título para padronizar as postagens.

▼▼▼▼▼

Não-ficção:


Dicionário de máximas e expressões em latim
Christa Pöppelmann - Escala - 2010 (2008) - 142p.

Comprei este há um tempão em uma banca de revistas mas é a primeira vez que o pego pra ler inteiro, em vez de só consultar algumas entradas (foi, inclusive, de onde tirei a inspiração pra essa minha tatuagem). Venho "estudando" latim por conta própria há algum tempo e sou fascinada por essa língua hoje considerada tão erudita - e nem um pouco morta, ao contrário do que se pensa, pois, além de …

TAG: Como você era nos tempos de escola?

Peguei do Momentum Saga, de novo. O nome da brincadeira atualmente é "tag" mas continuo etiquetando como "meme" porque sou uma mula resistente a mudanças (na época de Fotolog era "maldição", gente, me deem um tempo pra me adaptar de novo).
Escola! A maravilhosa jornada obrigatória que cumpri entre 1993 e 2004. Quis responder a essa justamente por achar chato falar no assunto. Eu sempre achei que gostava de ir à escola mas, entendendo melhor a vida agora, quando me lembro desses longos anos tenho certeza de que eu só gostava de estudar, mesmo. Estar na escola raramente foi legal e trago poucas lembranças carinhosas da época - tanto que até hoje é comum eu sonhar que, por algum motivo, voltei a frequentar a escola agora depois de adulta e são sempre pesadelos. Engraçado eu não ter tido essa impressão quando estava realmente lá.

1. Quem era você na escola, como você era? E como era a sua escola?
Eu era a boa aluna que os professores usavam de exemplo para o …

8 curiosidades sobre o nosso planeta

22 de abril: Dia da Terra e do Descobrimento do Brasil (quem disse que eu não faço poesia?).
O Brasil não é nada sobre o qual eu queira falar (a não ser que seja o outro Brasil), então pesquisei e compilei curiosidades sobre a Terra, que é muito mais que o nosso país e que todos deveríamos conhecer melhor, admirar e respeitar.

Atualmente, vivem na Terra cerca de 14 milhões de espécies diferentes de seres vivos (entre animais de todos os tipos, plantas e micro-organismos). Se 14 milhões de coisas diferentes parece muito, lembrem-se de que, desde o surgimento do nosso planeta, 99% das espécies que já viveram aqui agora estão extintas.
Nossos oceanos cobrem cerca de 70% do planeta. Ainda assim, só conhecemos 5% deles. Sabemos muito mais sobre o espaço do que sobre a nossa vida marinha.
A Grande Barreira de Coral, na costa da Austrália, é a maior estrutura viva do planeta. Tem 344.400 km² e pode ser vista do espaço (ao contrário da Muralha da China).
A maior temperatura já registrada na Terr…

9 macetes pessoais pra lidar com a ansiedade

Talvez a ansiedade, bem como todos os distúrbios psicológicos, como a depressão, seja tratada com certa leviandade por parte de quem não entende realmente que ela é uma doença como qualquer outra. Afinal, "todo mundo se sente ansioso de vez em quando", e isso é tremendamente invalidador para quem sofre com isso cronicamente. A ansiedade é uma sensação que todos eventualmente experimentamos, claro, mas há diferença entre não conseguir dormir por estar inseguro ou excitado quanto a uma novidade e não conseguir ir trabalhar porque se tem crises de pânico incapacitantes sem qualquer explicação racional. A ansiedade como distúrbio crônico não se cura com um tapinha nas costas e um "relaxa que passa", mas somente com remédios e muita terapia, e nem todos temos como cuidar disso como deveríamos.


arte que fiz no extinto tunewiki para essa música do Against Me! 


Porém, tem como aliviar. Sou reconhecidamente ansiosa desde que me lembro de existir e não consigo evitar o pânic…