Pular para o conteúdo principal

As 3 letras mais violentas dos Beatles

E, vejam bem, não tô falando de Helter Skelter e seu suposto pioneirismo de "heavy metal" - apesar de ser pesada, a letra é bem inocente. Tô falando de letras bizarramente violentas que jamais esperaríamos de uma bandinha aparentemente brega que chacoalhava os cabelinhos e falava sobre amor.



... só que não.




Maxwell's Silver Hammer (Abbey Road, 1969)




Bang, bang, o martelo de prata de Maxwell desceu na cabeça dela
Bang, bang, o martelo de prata de Maxwell garantiu que ela estava morta.

Já fiz uma brincadeira com ela por aqui, inclusive. Um ritmo animadinho que gruda na cabeça disfarça a história de Maxwell Edison, que matou a marteladas sua namorada, uma professora e, finalmente, o juiz de seu próprio julgamento. O mais bizarro nisso talvez seja que a letra foi composta por Paul McCartney, que era quem costumava compor as baladinhas românticas, e não John Lennon, que era quem tinha as tendências perturbadas. Segundo Macca, o personagem seria um símbolo para "os acontecimentos ruins da vida que surgem do nada". Pra mim, continua sendo uma música sobre um serial killer.


A Day in the Life (Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, 1967)




Eu li a notícia de hoje, oh cara
Sobre um homem de sorte que se superou
E embora a notícia fosse bastante triste
Eu tive que rir
Porque vi a foto.


Considerada uma das músicas mais ambiciosas da banda, essa foi composta em partes por Lennon e McCartney e fala sobre um dia normal. Só que Paul ficou com a parte rotineira de se levantar, se arrumar e tomar seu café da manhã e fumar um cigarro, e John achou mais legal falar sobre um acidente de trânsito com uma morte horrível em que a vítima tinha quebrado a cabeça e isso foi "engraçado". E isso porque ele tirou essa inspiração de uma notícia real!


Run For Your Life (Rubber Soul, 1965)




Prefiro te ver morta, garotinha, do que com outro cara
(...)
Sebo nas canelas, garotinha
Esconda a cabeça na areia, garotinha
Se eu te pegar com outro cara
É o fim, garotinha.

Provavelmente a pior de todas. Nessa, John Lennon faz uma ameaça categórica contra a vida da moça caso a veja com outro homem. Lennon mais uma vez confessa ter "uma mente ciumenta" e ser "mau", como já havia feito em You Can't Do That (que já postei) e I'll Cry Instead, bem como em várias outras de sua carreira solo.


.


Fonte: TURNER, Steve. The Beatles: A História Por Trás de Todas as Canções. Cosac Naify, 2009.

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…