Pular para o conteúdo principal

A curiosa história de como o Brasil conseguiu participar das Olimpíadas de 1932



As Olimpíadas de 1932, realizadas em Los Angeles, nos Estados Unidos, são mais famosas por terem sido pouco concorridas. Como aconteceu bem durante a Grande Depressão (a maior quebra econômica mundial até hoje), nenhuma outra cidade americana sequer quis participar do sorteio da escolha do local, tamanho o gasto que tal evento exige. Muitos países resolveram não participar dessas Olimpíadas, pois deslocar seus atletas significaria uma enorme despesa que não poderiam ter (ao todo, competiram 37 países, somando um total de 1332 atletas), e nem mesmo o presidente americano, Herbert Hoover, compareceu à cerimônia de abertura.

O Brasil também não tinha condições de enviar seus atletas para Los Angeles, mas usou de criatividade para não ficar de fora. Nossos 82 atletas viajaram a bordo do navio Itaquicê, juntos a 50 mil pacotes de café. A ideia era que os próprios atletas pagassem pela viagem, vendendo café em cada porto que parassem.

Fonte
Apesar de o café ser um produto de alta demanda, os atletas não conseguiram vender tão bem assim. Quando chegaram ao porto de Los Angeles, a alfândega cobrou uma taxa de um dólar (que hoje equivalem a cerca de US$17,50) de cada pessoa que fosse desembarcar, o que era uma despesa imprevista e cara. Os organizadores decidiram, então, escolher quais atletas tinham mais chance de trazer medalhas, por isso apenas metade da equipe conseguiu desembarcar (entre os atletas escolhidos estava a nadadora Maria Lenk [foto], única mulher da equipe e a primeira sul-americana a participar das Olimpíadas). A outra metade teve que continuar a bordo do navio, subindo mais pela costa. Quando o navio chegou a São Francisco (a cerca de 640 km de Los Angeles), a equipe já havia conseguido o suficiente para mais alguns atletas desembarcarem; mas, ainda assim, 15 deles ficaram no navio e não chegaram a competir.

Ainda assim, o Brasil não se saiu muito bem nessas Olimpíadas. Dos 67 atletas que competiram nas modalidades atletismo, natação, polo aquático, remo e tiro esportivo, nenhum levou uma medalha sequer - o mais perto que chegamos do pódio foi um 4º lugar em remo, e a equipe de polo aquático foi desclassificada por ter agredido os oficiais após o primeiro jogo.




Fonte







Dentre os nossos atletas que competiram em 1932, o mais curioso é, sem dúvida, Adalberto Cardoso. O maratonista só conseguiu desembarcar em São Francisco, então desceu até Los Angeles pegando caronas pelo caminho. Chegou para a sua prova 10 minutos antes de começar, não teve tempo de colocar o uniforme completo e acabou correndo os 10.000 metros descalço. Ele já estava sozinho na pista nas últimas três voltas, mas seguiu encorajado pelos aplausos do público. Os jornais americanos, no dia seguinte, o chamaram de "Iron Man", e foi assim que ele ficou conhecido.

















.

Fontes: Now I Know | COB | Wikipedia

Postagens mais visitadas deste blog

Algumas das bandeiras mais interessantes do mundo

As bandeiras dos países do mundo são mais do que uma demonstração de cores e padrões: cada detalhe - a escolha e predominância das cores, as faixas, os símbolos, as formas - carrega um significado histórico e/ou cultural que ensina muito sobre o país representado. Selecionei para essa postagem algumas das histórias mais interessantes.
(Não vou falar da nossa Auriverde porque todos nós já estamos carequinhas, certo?)



Reino Unido Union Flag ou Union Jack (azul, vermelho e branco)
Essa bandeira não é a da Inglaterra, como muitos pensam, mas representa os quatro países que formam o Reino Unido: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Esse desenho é usado desde 1801, quando a Grã-Bretanha se uniu à Irlanda do Norte, e é uma mistura das bandeiras desses países: a cruz vermelha de São Jorge (patrono da Inglaterra) sobre a cruz branca de São Patrício (padroeiro da Irlanda), por sua vez sobre a cruz de Santo André (padroeiro da Escócia). O País de Gales não está representado na …

O Dia dos Namorados e a visão de romance por uma assexual arromântica

Vejo que isso vem mudando lentamente, mas, como regra geral, todo mundo é naturalmente criado e tratado como heterossexual (e, consequentemente, heterorromântico). Eu, claro, cresci com essa absoluta certeza e não questionei isso até meados dos meus 20 anos. Até então, achei que eu só era mais "devagar" pra certas coisas, mesmo. Mas vamos ter que voltar um pouco e compartilhar informação demais.
Como expliquei na página de educação e visibilidade, o fato das orientações sexual e romântica serem coisas separadas e muitas vezes não serem correspondentes é o que mais confunde quem demora a "sair do armário". Eu mesma ainda me vejo questionando ambas, embora esteja convencida de que estou, ao menos, em algum espectro de ambas (confira a página mencionada). Não posso falar por todos os assexuais arromânticos porque, obviamente, cada pessoa é diferente da outra e as coisas são diferentes pra todo mundo. Então vou falar por mim.
Embora só tenha percebido isso recentement…

Conhece o teste de personalidade Myers-Briggs?

O MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um teste psicométrico altamente difundido pelo mundo, embora não seja completamente validado pela psicologia.
Baseadas nas teorias tipológicas propostas originalmente por Carl Jung, Katherine Briggs e sua filha Isabel Myers desenvolveram este indicador na época da Segunda Guerra com a intenção de que, com tal teste, as mulheres descobrissem que trabalhos poderiam desempenhar com mais eficiência e conforto de acordo com os aspectos das suas personalidades. 
O teste considera 16 tipos de personalidades, representados por siglas que são combinações de quatro dicotomias. São elas:


EXTROVERSÃO x INTROVERSÃO SENSORIAL x INTUIÇÃO RAZÃO (Thinking) x SENTIMENTO (Feeling) JULGAMENTO x PERCEPÇÃO

Os 16 tipos são, portanto (clique para ampliar):



Ao realizar o teste, que consiste de várias perguntas a respeito de suas preferências pessoais, o indivíduo é apresentado a um relatório com a sigla das quatro dicotomias que representam seu tipo de personalidade. Um tes…