Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Desafio de Leitura 2017: Quarto relatório

A quantidade física de livros lidos, nos últimos dois meses, não foi tão grande. Primeiro, porque um dos livros que li trata-se de três obras de Jane Austen em um único volume, e depois porque o que comecei a ler em seguida, e ainda não terminei, é um e-book com todos os romances de Machado de Assis em um volume só, também (ainda estou no quinto). Segue o relatório:



▼▼▼▼▼
Ficção:

Razão e Sensibilidade/Orgulho e Preconceito/Persuasão Jane Austen - Martin Claret - 2012 (1811/1813/1818) - 631p.
Já comentei algumas vezes que romance não é um gênero de literatura que eu procure ler, exceto quando se trata de clássicos. Estou com este volume de Jane Austen me esperando desde que aprendi sobre Literatura Inglesa em um curso, mas, desde então, não tinha saído no sorteio e não tive vontade de furar o esquema de sorteio com ele, tampouco. Entretanto, quando comecei a lê-lo, já gostei de Razão e Sensibilidade logo nas primeiras páginas. Gosto de ser surpreendida por leituras, e a história de Mari…

TAG: Pela casa

Roubei o questionário de uma das minhas fontes favoritas pra isso, o Sunday Stealing. O nome original é "Around the House".


🛌 Quarto: Qual a sua rotina de sono?
Quando estou trabalhando, não há horário definido mas, quando não estou, costumo desligar meu computador por volta das onze, escovo os dentes, faço mais ou menos meia hora de yoga, leio na cama até começar a divagar e capoto. Se não tiver trabalho na manhã seguinte, acordo sozinha em horários variáveis, arrumo a cama, faço 10~15 minutos de alongamento/yoga, me troco e começo o dia.
🍲 Cozinha: Qual a sua comida de conforto favorita?
Eu não como se não estiver com fome, então não tenho comida de conforto. Se estou ansiosa, nervosa, triste ou entediada, jogo, leio, faço exercícios ou medito. ("ai, que resposta chata, admita que você pisa na jaca de vez em quando!". Não, não piso mais. Tô educadinha :)
🚽 Banheiro: Banheira ou chuveiro?
A gente sempre teve chuveiro, mas acho banheira uma maneira meio porca de t…

Em defesa do que a gente faz em casa

- Fiquei sabendo que você está fazendo *tal coisa*, que legal! Onde você faz?
- Em casa, mesmo!
- Ah, tá, achei que você tava fazendo de verdade...

Existe toda uma crença popular de que o que a gente faz fora de casa (fora da própria cidade, então...) tem mais valor do que onde é mais conveniente para si. Quando duvidamos da credibilidade de cursos a distância ou trabalhos feitos em home office, acabamos ofendendo quem recorre a esses recursos ao inferir que essas pessoas são preguiçosas ou não têm "capacidade" de frequentar uma universidade ou trabalhar em uma grande empresa. O que geralmente ignoramos sobre essas pessoas é toda a gama de bons motivos que elas têm para tal escolha.
Como alguém que quase sempre aprende e faz tudo sozinha ou a distância, venho aqui defender o hábito e tentar convencê-los a mudar de ideia sobre atividades que fazemos no conforto do lar.

📚 Estudar
Sempre que comentam comigo que desejam estudar mas não têm tempo, sugiro os cursos a distância e ac…

Manu explica sobre assexualidade, de novo, devagarinho pra todo mundo entender (COM SARCASMO!) (METÁFORAS!) (E CIÊNCIA!)

Eu entendo que seja confuso. Acreditem, é mais confuso ainda pra quem é e precisa entender como e por que é assim. No processo de autoeducação, a gente tenta educar também os outros porque ouve muita, muita besteira e essas besteiras acabam ofendendo e atrapalhando um processo complicado de autoaceitação. Então, pra evitar que as pessoas das demais orientações continuem mal-interpretando os milhões de assexuais do mundo, venho aqui novamente explicar qual é a nossa.

👉 RECAPITULANDO:
Assexualidade é a orientação sexual em que o indivíduo não sente atração sexual por outros, de qualquer gênero. É ausência de atração, não de libido. Não é o mesmo que celibato, que é uma escolha de abstinência de atividade sexual.A demissexualidade (quando a atração sexual ocorre somente quando há forte vínculo emocional), muito comentada atualmente, é um espectro da assexualidade.Nem todo assexual tem repulsa e se priva de atividade sexual, embora muitos sim.Assexuais não são reconhecidos pela comunidade…

Nada antes do "mas" realmente conta

Eu sempre comentava no seu Fotolog quando suas fotos eram engraçadas, agora você tá sempre triste. Eu gosto de você... Mas você era mais legal antes de ficar assim.
Eu acho que todo mundo deveria assistir 13 Reasons Why e aprender empatia por quem sofre de depressão e entender por que as pessoas pensam em suicídio... Mas que bando de gente que só quer chamar atenção com essas correntes de Facebook. Quem liga pra quem você é ou do que você gosta?
Fiquei muito triste quando meu artista favorito se matou. Por favor, se você está pensando em suicídio ou conhece alguém que está sofrendo, converse. Cuidem uns dos outros... Mas não fale comigo, porque tô fugindo de gente que só reclama.
Entendi sobre a sua assexualidade e respeito que você seja assim... Mas não vejo a hora de você "liberar geral".
Obrigado por ser a única pessoa a aguentar meu período de depressão pós-término... Mas pare de falar sempre na mesma coisa, você é muito drama queen.
Você não pode conversar com os meus ex-nam…