Guia para economizar nos gastos com a leitura



Há muitas desculpas para a falta do hábito da leitura de muitos de nós: trabalho de mais, tempo de menos; distração com internet ou jogos; déficit de atenção e hiperatividade que impossibilitam uma rotina de leitura; ou até a sincera completa falta de interesse... Mas a desculpa que não justifica mais é a do preço dos livros. 

Ler voltou à moda, então as livrarias estão novamente investindo em promoções. Além disso, vários outros lugares atualmente comercializam livros. E a Internet tem várias opções, para todos os bolsos e gostos. 

Para ajudar quem ainda se sente perdido sobre onde procurar, ou acha que está gastando demais, preparo este guia de sugestões. Sintam-se à vontade para passá-lo para quem quiserem. Afinal de contas, quero ver todo mundo resenhando loucamente no fim do ano!

(Óbvio, bibliotecas são sempre a melhor recomendação. Não somos obrigados a comprar livros, se não quisermos, e as bibliotecas existem justamente para que todos possam ler de graça. Eu mesma não as frequento já há alguns anos, pois temos uma biblioteca enorme aqui em casa que ainda precisa ser lida. Pra quem tem problema com os prazos, quem sabe a pressão da devolução não seja um incentivo a ler com mais frequência? ;) )


▼▼▼▼▼▼

Lojas físicas:

Nem todas as cidades têm livrarias, infelizmente. Aqui onde moro há apenas uma, com exceção das papelarias que vendem livros didáticos e as livrarias religiosas. Se este for o seu caso, fique atento a:

Bancas de revistas. As duas de nossa cidade vendem best-sellers e alguns romances. O preço é tabelado, mas normalmente custam menos do que em uma livraria como a Saraiva ou a Fnac, por exemplo.

Supermercados. Têm se tornado cada vez mais comuns as bancas de livros em supermercados, pelo menos aqui. Há os best-sellers, os clássicos em edição adaptada ou de bolso,  e alguns meio desconhecidos que são mais baratos. Já comprei muito livro legal entre estes, na faixa dos R$ 9,90. Vale a pena a garimpada.

Sebos. Aqui não tem nenhum, infelizmente, mas a grande maioria das cidades tem ao menos um. Se você não se importa em adquirir livros usados, ainda é a melhor opção de preço. Nem todos os livros usados estão destruídos (muitos sebos são bem exigentes na compra dos livros de segunda mão, então têm livros em estado bastante novo). A variedade de acervo é geralmente bem grande.

Feiras de livros. Normalmente ocorrem em períodos esporádicos, mas contam com acervo regional e livros usados (às vezes algumas livrarias aproveitam o evento para expor e fazer umas boas promoções).



▼▼▼▼▼

Lojas virtuais:

Há dezenas de livrarias virtuais e muito mais sebos. Não posso dizer que recomendo todos, mas aqui vão as minhas recomendações:


- ATENÇÃO -
Cadastre seu e-mail nesses sites para receber as promoções (algumas só são válidas via e-mail!):


Submarino: O Submarino é o louco das promoções de livros: quase todo dia tem. É frequente encontrar milhares de títulos a R$ 9,90. Além da variedade, também tem os boxes com coleções completas, geralmente exclusivos do site. O frete, hoje em dia, não tem saído mais em conta do que em outros sites, mas vale pelas promoções.

Americanas: Com menos alarde, o site das Lojas Americanas também tem excelentes promoções (não sei como é a loja física na cidade de vocês - a daqui até vende livros, mas são pouquíssimos, e todos num estado podre de super manuseamento...). O frete é como no caso do Submarino.

Livraria Cultura: Dentre os sites de livrarias propriamente ditas, este é o meu favorito absoluto. As promoções não são frequentes como nos dois mencionados anteriormente, mas eles costumam fazer algumas, normalmente 50% de desconto em todos os livros de determinada editora. O frete deles também é barato (ao contrário do que acontece com o site da Saraiva ou da Fnac). A variedade também é grande (difícil não encontrar o que você está procurando aqui), e eles vendem livros importados, em várias línguas, também. Cadastrem-se!

Saraiva*: Até alguns meses atrás, eu não a recomendaria; mas as coisas mudaram de lá pra cá. Como agora temos serviço de transportadora na cidade, o frete pra cá não tem mais sido cobrado pelo Sedex - então, o envio que custava em torno dos R$45 hoje custa R$5! As promoções de livros na Saraiva não são muito frequentes e nem sempre saem em conta, mas dá pra encontrar bons negócios pelos e-mails promocionais (especialmente em filmes!).

Fnac*: Exatamente o mesmo caso da Saraiva, quanto ao frete - com a vantagem de que as últimas coisas que comprei lá têm saído com frete grátis (quando eu imaginaria na vida que compraria da Fnac sem pagar frete?!). As promoções deles são muito mais interessantes, e várias vezes encontrei itens mais baratos lá do que em outros sites.

Extra* e Ponto Frio*: Também evitava comprar desses por causa do frete, mas a vinda da transportadora mudou a minha vida, haha. Ambos têm promoções sensacionais de livros e HQs, e houve muitas vezes em que só encontrei o que procurava em um desses dois lugares.

*Marquei estas com asterisco pois elas não usam mais a transportadora para envio, então os fretes voltaram a ser absurdos pra mim. O frete de um livro pela Fnac, por exemplo, tem me saído entre 60 e 80 reais!

Amazon: Demorou, mas chegou! Comprei pouquíssimo das Amazon gringas por causa do frete (quase sempre) mais caro do que o produto, e especialmente por causa das taxas de importação. Mas, agora que temos uma Amazon nacional, facilitou. Embora só venda livros, no momento, o frete ainda é o mais barato de todas as outras opções. Os preços não são melhores do que em outras livrarias, mas eles têm muitas promoções, e o frete barato às vezes compensa o preço do livro.


- DICA VALIOSA -

Se você já sabe exatamente que livro está procurando, antes de acessar os sites, busque pelo Buscapé:



Ele não só vai listar vários sites onde você pode encontrá-lo e já dar os preços, como melhor que isso: alguns deles vêm com um desconto exclusivo de quem acessa pelo Buscapé! Por exemplo: este primeiro resultado acusou o preço R$ 33,58. Se você acessar diretamente o site da Siciliano e procurar pelo livro lá, ele custa R$ 39,95. Não é nada, são uns 7 reais de desconto, o que às vezes paga o frete. Lembrem-se, então, de procurar aqui primeiro (vale pra qualquer produto, aliás, mas nem todos os sites oferecem o desconto)!

30Porcento: Oferece 30% de desconto no preço tabelado dos livros de todas as editoras - não é promoção, é o preço cobrado sempre. Por ser bem abrangente, tem coisa que só encontramos lá, então lembrem-se de dar uma procurada lá quando já estiverem sem esperança...! E os livros são enviados por carta registrada, então o frete é baratinho!

Book Depository: Pra quem não tem medo de fazer compras em dólar, e está procurando um determinado livro sem tradução em português e não se importa em lê-lo em inglês, tá aqui a solução! O Book Depository tem um acervo (acho que) infinito. E o melhor de tudo: o frete é grátis pro mundo todo! Já comprei muito livro aí por menos de dez dólares (alguns por 2 ou 3!), que em sites brasileiros, sendo importados, custam mais de 60 reais. Mesmo com os impostos do cartão de crédito, ainda vale a pena. Recomendo este site acima de qualquer Amazon gringa, já que lá temos que pagar a taxa de importação e mais o frete, que geralmente não é barato. Pode confiar nesse aqui!

Estante Virtual: Como eu disse antes, se você não se importa em comprar livros usados, este site é uma comunidade gigantesca de sebos de todo o Brasil. Muitos dos livreiros, porém, vendem livros novos - normalmente pelo preço tabelado, mas vários vendem mais barato. É só procurar. As formas de pagamentos são variadas, e você não precisa entrar em contato ou negociar com o vendedor: a compra é toda realizada através do site. É ótimo pra encontrar as coisas que não se vendem mais por aí.


▼▼▼▼▼

E-books:

Para quem não se importa com a leitura virtual, aqui vão boas dicas para curtir boas leituras gratuitamente:

Domínio Público, Projeto Gutenberg e Classic Reader: Obras em domínio público não possuem direitos autorais válidos (geralmente clássicos muito antigos ou produções disponibilizadas gratuitamente ao público, mesmo). Nosso Ministério da Educação tem um site riquíssimo. Busquem pela mídia "texto", tentem filtrar a busca por categoria ou autor, e tenham acesso a muitas obras clássicas. O Projeto Gutenberg funciona nos mesmos moldes, mas é internacional, com um acervo em português não muito amplo e não muito literário (é mais fácil encontrar ensaios e estudos). Fica a dica pra quem precisa de livros de estudo difíceis de encontrar. Já o Classic Reader só tem obras clássicas da língua inglesa, mas o acervo é vasto e pode ser interessante para quem quer lê-los assim.

Books Should Be Free: Este também tem conteúdo de domínio público, mas o acervo em português é realmente bem pobrezinho. Geralmente o recomendo aos meus alunos porque ele disponibiliza muitos clássicos em formato de áudio, também: dá pra ouvir a narração enquanto lê o texto, e isso pode ser online ou pode ser baixado para o seu computador ou celular. Pra quem achar interessante, super recomendo.

Free-ebooks.net: Disponível em várias línguas, este site disponibiliza livros digitais de vários gêneros, antigos ou novos, e também permite que você envie os seus, se você for escritor. Na verdade, estes livros são pagos, MAS se você se cadastrar, tem direito a baixar 5 e-books de graça por mês! O cadastro é gratuito, pode até ser pelo Facebook.


▼▼▼▼▼


Outra dica:

Existe uma rede social de leitores chamada Skoob:


Lá, você não apenas pode manter organizadas as listas de livros que já leu e os que ainda quer ler (e classificá-los, comentá-los, favoritá-los e etc), como pode colocar e pedir livros em troca. Não precisa necessariamente ter perfil Plus pra isso: pode negociar com outros leitores (pela lista de desejados) e trocar livro por livro. Já fiz isso muitas vezes e descolei livros muito legais em troca de alguns que não gostei tanto. Além disso, o site disponibiliza cortesias com bastante frequência. É difícil ganhá-las, mas não custa tentar. Há também a livraria própria, mas a acho meio cara, ainda.

▼▼▼▼▼

Ok, galera, as dicas são estas. Se me lembrar de mais, atualizo a página e os aviso. Espero que seja de ajuda para alguém. Boas leituras!


(não ganhei nada por esse jabá todo, aliás)